História Vejo Meu Irmão Como Deveria? - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Tartarugas Ninja
Personagens Anton "Bebop" Zeck, April O'Neil, Baxter Stockman, Casey Jones, Chris "Dogpound" Bradford, Donatello, Hamato "Karai" Miwa, Hamato "Mestre Splinter" Yoshi, Ivan "Rocksteady" Steranko, Leonardo, Michelangelo, Oroku "Destruidor" Saki, Personagens Originais, Professor Zayton "Fugitoid" Honeycutt, Raphael, Shinigami, Tiger Claw (Garra de Tigre), Triceratons, Xever "Fishface" Montes
Tags Leonardo, Leoraph, Raphael, Raphanardo
Visualizações 64
Palavras 763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Sei que demorei, mas estou de volta!!

Capítulo 26 - Declaração...


Em uma manhã como qualquer outra...

Leonardo estava dormindo em seu quarto, Raphael tinha acordado e havia ido ao Dojo, para o treinamento diário...

Próximo ao azul, estava um tipo de berço, onde descansavam quatro pequenas tartaruguinhas bebês...

Cada uma, estava enrolada com uma pequena manta definida por alguma cor...

Leandro, a tartaruguinha mais velha, estava enrolada em uma manta azul claro... Tinha os olhinhos cor azul-céu e a pele verde como a de Raphael...

Michael, era a tartaruguinha segunda mais velha, estava enrolada em uma manta laranja e tinha os olhos cor verde-tóxicos, sua pele era verde-esmeralda como a de Léo...

Daniela, era a terceira tartaruguinha e estava enrolada em uma manta cor roxa clara, seus olhinhos eram cor azul-safira e sua pele era de um verde intenso, como a de Raphael...

Raphaella, era a tartaruguinha mais nova, estava enrolada em uma manta vermelha forte, tinha seus olhinhos castanhos e sua pele era de um tom verde claro...

Estavam todos tranquilos, até que uma tartaruguinha começou a acordar...

Raphaella esticou suas mãozinhas para cima e falou pequenas palavras que não existiam para chamar a atenção de alguém...

Vendo que ninguém apareceria, começou a chorar...

Leonardo acordou de golpe, se levantou rapidamente e foi até o berço, suspirou ao ver que era apenas sua filhinha mais nova que tinha acordado...

Com cuidado, Leonardo segurou Raphaella no colo, entre seus braços e começou a balança-la, trantando de que se acalme...

A pequena, ao ver sua "mamãe", sorriu e soltou uma risada, estendendo os bracinhos até o rosto de Leonardo...

O azul sorriu com ternura pela atitude da pequena e continuou balançando ela, até que a pequena tartaruga, pegou no sono novamente...

Leonardo sorriu pra si mesmo ao ver que seus outros pequenos não haviam acordado e colocou Raphaella para dormir no berço novamente...

Ao se virar, se deparou com Raphael na porta...

Soltou um pequeno grito, mas cobriu sua boca para não acordar as tartaruguinhas...

Raph... Não faz isso... _Léo falou em um tom de reprovação e suspirou_ Você me assustou...

Desculpe por te assustar... _Raph falou e sorriu_ Não era minha intenção... _Raph falou e se aproximou de Leonardo_ Me perdoa, Bebê? _Raph segurou as mãos de Léo e olhou para ele fixamente_

Não tem problema... _Léo falou e se sentou na cama_

Raph estranhou um pouco a atitude de Léo, mas não comentou nada...

Tudo bem? _Raph se sentou em frente Léo_ Você tem andado meio... Distante...

Leonardo olhou para Raphael, que estava lhe olhando preocupado, então, o recordo da noite anterior, veio em sua mente...

FlashBack...

E então? O que queria me dizer, Jake? _Leonardo perguntou_

Estavam, Leonardo e Jake no topo da estátua da Liberdade, observando a vista da cidade...

Bom... Léo... Tem uma coisa que faz muito tempo... Eu quis te dizer... _Jake falou e olhou para Leonardo_ Eu... Me apaixonei...

Leonardo se surpreendeu por alguns segundos, logo, sorriu...

Fico feliz, Jake... _Léo disse e sorriu_ Posso saber quem é a afortunada?

Na verdade... É ele... _Jake falou com voz triste_

Ah... Entendi... Mas, ele é... Gay? _Léo falou com voz passiva_

Sim... _Jake falou_

Então, conte para ele... Acredite... Vai se sentir melhor... _Léo falou_

Mas e se receber um "não" como resposta? _Jake perguntou, sabendo que aquela era a provável resposta_

E se receber um "sim"? _Léo insistiu_ Pensa bem, confesse seus sentimentos, talvez, seja recíproco e ele acabe em seus braços...

É diferente! Sei que as coisas vão mudar entre nós... _Jake retrucou_

Então me diga quem ele é!! _Léo exclamou_

Ele é você!! _Jake exclamou de volta_ É você, Léo... _Jake sussurrou_

Leonardo apenas entrou em estado de choque, quando sentiu os lábios de Jake junto ao seus...

E acredite, Léo... _Jake falou após se separar_ Vou seguir seu conselho de não desistir nunca... E não vou desistir de você...

Dizendo isso, Jake lançou uma bomba de fumaça e sumiu em meio a noite...

Fim do FlashBack...

Não é nada demais... _Léo falou e sorriu falsamente_

Raphael não estava convencido, mas sabia que naquele momento, Léo não iria contar o que estava lhe incomodando...

Está bem, Léo... _Raph falou e suspirou_ Acredito em você... Mas, sabe que pode contar pra mim, qualquer coisa... Não sabe?

Eu sei... _Léo falou sorrindo sinceramente é se aproximou de Raph_ Raphie... _Léo deu um selinho em Raph_

Raph sorriu após se separarem e iniciou um beijo apaixonado entre os dois, Léo apenas correspondeu...

Pouco a pouco, Raph foi se colocando em cima de Léo, sem separar o beijo, acabaram deitando na cama... Léo de costas e Raph por cima, ainda se beijando...

Com o passar do tempo, Raph se separou alguns centímetros, deixando que um fio de saliva os unisse...

Raph abaixou um pouco o rosto, até o pescoço de Léo e sentiu o cheiro do azul...

O vermelho começou a destribuir pequenos beijos no pescoço do azul...

R-Raph... _Léo gemeu_

Continua...


Notas Finais


Um beijo na teta, outro na bochecha e TCHAUU! :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...