História Velha Infância - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), James Rupert "Rhodey" Rhodes, Loki, Maria Hill, Natasha Romanoff, Nick Fury, Pantera Negra (T'Challa), Phillip Coulson, Sam Wilson (Falcão), Steve Rogers, Thor, Visão
Tags Futuramente: Stony, Nick/coulson, Spideypool, Winterfalcon
Exibições 30
Palavras 1.590
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção Científica, Fluffy, Super Power, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem!

Bem os erros nas falas das crianças são (alguns) de propósito!

Capítulo 3 - Xixi na cama é culpa dos adultos!


 

Ele estava tendo um sonho muito, muito bom, quando sente pequenos dedinhos cutucando seu rosto, nesse momento ele respirou fundo, e percebeu que seu sonho era só um sonho, abriu lentamente os olhos para ver Peter, do lado dele, o olhando alarmado, ele olhou para o relógio e viu que ainda eram seis da manhã.

- O que houve Peter? -  Perguntou calmamente.

- Eu, xixi cama. -  Disse ele apontando para o colchonete onde ele dormia junto de Wade. -  Desculpa. -  O pequeno falou olhando para baixo estava envergonhado, seu lábio inferior estava trêmulo.

- O baixinho isso acontece, não precisa pedir desculpas. -  Falou pegando ele no colo.
Então Wade levantou correndo para o banheiro.

- Não raiva? -  Perguntou olhando um sorriso esperançoso para o adulto.

- Claro que não, a gente só tem que trocar de roupa antes de ficar com cheirinho de xixi. -  Falou arrancando um sorriso do pequeno Peter. -  E também foi minha culpa, eu esqueci de por a fralda em você. 

- Não fazi isso mais! -  O pequeno falou apontando o dedo para Phil com um sorriso brincalhão no rosto.

Então Wade voltou, parou na frente de Phil com a mão na cintura, Phil ainda estava pensando em como iria convencer Wade a tirar aquela roupa vermelha, mas não iria pensar nisso agora por que ele ainda tinha de fazer café para todos aqueles pestinhas.

- Não intendo, se fiz xixi agora, como eu fiz na cama? -  Perguntou com a cabeça jogada de lado, Phil não pode deixar de pensar que era adorável.

- Foi minha culpa, o Peter é pequenininho e eu não coloquei a fralda nele, então por minha culpa ele fez xixi na cama. -  Phil explicou.

- Ah! Tudo bem. - Wade se aproximou e pediu para Phil abaixar junto de Peter e falou em um tom conspiratório. -  Pode falar que fui eu tá? 

- Obrigado Wade! -  Disse Phil e Peter abraçou o amiguinho.

Phil ligou para S.H.I.E.L.D e pediu para trazer roupas de mangas compridas para Wade, já que roupa do menino teria que ser lavada.

Depois do episódio do xixi já ter sido totalmente resolvido, Phil foi fazer o café e enquanto Wade se trocava (o menino era incrivelmente independente para idade que aparentava.) ele disse que não queria ouvir qualquer comentário sobre a aparência de Wade, nenhuma das crianças disse nada.

- Eu não quero isso! -  Loki falou apontado para os ovos, torradas e bacon. 

- Toma o suco pelo menos! -  Disse Phil.

- Não! - Falou fazendo pirraça.

- Irmão, olha só!  -  Thor deu uma mordida em uma das suas próprias  torradas. -  É gostoso!

- Mas não é da mamãe. -  Sussurrou. 

- Mas a mamãe ia querer que você come! -  Disse Thor e o pequeno Deus da trapaça suspirou e começou a comer.

- Um bando de bobos! -  Logan sussurrou.

- Logan! -  Phil brigou com ele, mas o menino apenas pegou o prato e copo de suco e saiu da mesa indo para sala comer sozinho. 

- Por que ele tá triste? -  Perguntou Steve.

- Ele tá com saudades da casa dele. -  Respondeu Clint, que aparentemente era um ótimo observador.

- Não quero mais tio. -  Wanda falou e Pietro pegou o prato dela e comeu o que a irmã não queria mais.

Wade estava no quarto, não queria que ninguém visse que ele era muito feio, por que se todo mundo visse ele daquele jeito e então Phil entrou no quarto.

- Vem tomar café!  -  Ele chamou o menino.

- Não tô com fome. -  Disse emburrado.

Ele se abaixou ao nível dos olhos do menino que estava de capuz, ele se perguntava por que se a tal bruxa mudou as formas deles, não ajudou com a aparência do Wade, mas a teoria de Coulson era que talvez ela só pudesse mudar o que ela poderia ver, por que provavelmente ela podia ler as mentes deles e talvez não a de Wade por ele ser um tanto quanto... instável. 

- Não se preocupe com nada. -  Coulson falou. -  Ninguém vai falar nada. 

- Como você sabe?

 -  Por que eu sou adulto e adultos sabem de tudo. - Coulson falou e o menino sorriu.

Ele pegou o ex mercenário no colo e o levou para cozinha para tomar café. 

- Uau! Seu casaco é muito legal! -  Tony falou. -  Um dia quando eu crescer vou fazer um robô igual a esse! 

Sky havia comprado para Wade um casaco do Homem de Ferro.

- Eu tenho certeza que vai. -  Phil disse.

Depois do almoço Fury trouxe o Professor até a Torre, era sabido que Logan via o mais velho como não só um mentor, mas também como um pai, já que o mais velho o ajudou mais que ninguém.

- Você vai me levar para casa? -  Perguntou o agora menino com um olhar esperançoso.

- Não.  -  Respondeu e é claro que ele tinha razão, não seria bom para Logan ficar agora na mansão, ele não sabia de boa parte seu passado e lá é muito cheio e o Professor não teria tempo para cuidar dele. -  Mas o Coulson e o Fury vão cuidar se você, eu tenho que fazer uma viajem e também quero você mude sua atitude com o Coulson ele só está querendo ajudar e você é mais velho tem que agir como tal, você me entende? -  Disse firme, mas ainda assim tinha um sorriso acolhedor nos lábios que passava muita tranquilidade.

- Quando terminar a viagem você vai me levar para casa? -  Perguntou.

- Sim. -  Respondeu passando a mão nos cabelos do menino. -  Agora vai brincar com as outras crianças. -  O menino assentiu, sorriu e saiu.

- Por que mentiu para ele? -  Perguntou Coulson.

- Por que... bem eu só vi a mente dele e ele realmente acredita que eu sou... pai dele, acho que isso que vocês dizem ser um feitiço fez os laços que eles tem se reforçar e intensificar, como eu disse eu só vi a mente do Logan, mas acho que o padrão deve se repetir, mas as memórias antigas ainda estão lá,  apenas protegidas por um muro que aparentemente tem prazo de validade. -  Disse o telepata. - Mas vocês estão pensando em deixar eles aqui?

- Onde mais? -  Perguntou Fury.

- Além da mansão eu tenho outras propriedades, poderia ceder uma a vocês. - Falou. -  Por que aqui eu temo pela segurança deles.

- Esse lugar é muito seguro. -  Coulson disse.

- É, mas vocês vão ter chamar outros heróis para serem os Vingadores e aqui é base dos Vingadores, ou seja, o local pode ser atacado e vocês não querem crianças em meio a ataques. -  Falou de maneira seria.

- Entendo seu ponto, mas eu preciso verificar a casa antes, e deixar ela totalmente segura. -  Fury diz.

- Por mim tudo bem. -  Falou o professor. -  Mande alguém a mansão, enviarei as chaves e documentos da casa.

- Onde fica isso? -  Perguntou Coulson.

- É um casarão um pouco antigo, mas é perto e não chama a atenção. -  Falou guiando sua cadeira até o elevador.

Depois que o professor se foi, Nick foi dar uma olhada nas crianças, que estavam quietas enquanto assistiam "Como Treinar Seu Dragão."

- Tio Fury! -  Natasha gritou e pulou no colo dele, depois ela pediu para usar o sobretudo de couro dele.

A menina ruiva estava muito engraçada com aquela peça de roupa que era gigante para ela, então ela parou na frente da televisão e começou a fingir que estava atirando, claro que os outros não gostaram nada da brincadeira da menina.

- Sai da frente! -  Loki falou.

- Eu não tô brincando com você! -  Diz  a menina.

- Eu falei para sair da frente! -  Ele empurrou a menina que antes que alguém pudesse fazer alguma coisa deu um soco no pequeno Deus, que machucou bastante o lábio do menino.

- Você bateu no meu irmão! -  Thor gritou.

E enquanto Coulson levava Loki para ver o tamanho do estrago que Nat havia feito, Fury conversou com a menina.

- Não foi certo o que você fez! -  Disse ele ajoelhado para ficar ao nível dos olhos da menina.

- Mas ele também empurrou ela! -  Bruce falou.

- Ela tava brincando com a gente! -  Foi a vez de Bucky sair em defesa da amiga.

- O Loki é chato! -  Tony disse.

- Não importa e  a Natasha não precisa de advogados, você vai sentar lá no quarto e vai ficar sentada na cama por seis minutos. -  Ele falou e a ruivinha  foi batendo e segurando as lágrimas.

- Não é justo! -  Clint falou.

- O que? -  Perguntou Fury.

- Ele também bateu nela e só ela vai ficar de castigo? -  Perguntou o menino.

E Fury não o respondeu, sabia que Coulson iria cuidar disso.

No banheiro Coulson viu que o corte no lábio nem era isso tudo e em boa parte era manha  do menino, então ele decidiu que também colocaria o pequeno Deus de castigo.

A questão é que Clint foi ficar com a amiga e Thor foi ficar com o irmão, claro que os dois agentes sabiam que isso iria acontecer, mas não brigaram com as crianças.

Depois do lanche, todos tiraram uma soneca e Nick foi embora.


Notas Finais


E então o que acharam?
Comentem por favor!
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...