História Velhos Novos Aimores - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Demi Lovato, Fifth Harmony, Selena Gomez
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Selena Gomez
Tags Camren, Dinally, Fifth Harmony, Vercy
Visualizações 34
Palavras 1.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá leitores!!
Como estamos?
Espero que muito bem...

Como prometido, aqui está mais um capítulo para vocês! Espero que gostem e se divirtam...

Capítulo 6 - Capítulo Seis - Dinah and Ally - Amor a primeira vista?


Ao conhecer algumas amizades de Camila a morena logo sumiu sem deixar rastros. Dei de ombros já esperando isso da parte dela e fui em direção a mesa de ponche. Era a terceira vez que me servia quando Alysson, uma loira baixinha que se dizia melhor amiga da Camila, se aproximou servindo-se também. Abri um sorriso de lado um tanto quanto maldoso ao observá-la beber o líquido despreocupada e em seguida fazer uma careta.

_ Esse ponche está com um gosto ruim, não acha? - ela perguntou dirigindo a palavra a mim.

_ Não, pra mim está ótimo! - disse dando de ombros enquanto a via bebericar mais o líquido.

_ Tem certeza? Ele está diferente da última vez que bebi. - ela disse fitando seus olhos nos meus um pouco dubitativa. Não pude aguentar uma risada discreta antes de lhe informar.

_ Talvez ele esteja batizado! - eu disse normalmente sem dar muitos créditos, mas a loura logo arregalou os olhos enquanto observava a bebida rapidamente.

_ O que? - sua voz se elevou um pouco fazendo-me soltar uma risada. - Isso era para ser algo clássico, não um encontro onde todos estão para beber.

_ Bota clássico nisso! Ponche é da época em que minha tataravó ainda dava. - eu disse negando com a cabeça escondendo o divertimento em minhas palavras. Pude ver ela revirar os olhos estressada.

_ Quem será que fez isso? - ela perguntou observando o salão rapidamente tentando encontrar o autor do grave crime.

_ Oh, não se preocupe. Se for para agradecer nem precisa, não foi mais que minha obrigação! - eu disse virando-me finalmente para encará-la de frente.

Alysson estava com um vestido branco curto, todo detalhado a mão, havia um decote enorme que fascina qualquer ser humano em sã consciência, usava um salto preto clássico, seus cabelos estavam presos em um coque charmoso chamando a atenção para a maquiagem leve que deixava meiga, mas ao mesmo tempo mulher.

Voltando a atenção em suas afeições pude notar Alysson me observar com o semblante um pouco irritada.

_ Garota, como você pode fazer isso? - ela perguntou enquanto eu arqueava minha sobrancelha em sua direção. - Isso era para ser algo divertido! Um encontro tranquilo e só porque você não está satisfeita acha que pode "batizar" a bebida?

_ Acho... - disse vendo-a ficar vermelha de raiva. - Alysson, né? - perguntei apenas para vê-la se irritar mais. - Ninguém estava se divertindo! Não acredito que você é aquelas garotas que não sabem viver uma brincadeira! É só uma bebida, não vai dar problema nenhum...

_ Porque você não vai embora daqui!? Assim evita que dê problemas mesmo. - ela falou demonstrando raiva. Para alguém baixinha ela até poderia bancar a durona e deixar alguém com medo.

_ Não me lembro de ser convidada por você anã de jardim. - disse mas sem realmente tomar noções de minhas palavras. O som alto da música já envolvia completamente o salão inteiro enquanto observava rapidamente.

- Olha, todo mundo está feliz! Para de ser chata e se diverte...

A loura não disse nada, apenas revirou os olhos se afastando em seguida. Não que eu me importasse... mas acho que ela não era minha fã número um. Respirei fundo aproveitando o som de Beyonce enquanto tomava mais um gole da bebida que desceu queimando pela garganta.

Praticamente me lembrei de arrumar alguma forma de torturar Camila por ter me convencido de acompanhá-la. Praticamente estava plantada morrendo de tédio, pelo menos podia me agraciar da bela visão que o salão permitia. Se soubesse que em Miami havia muitas mulheres bonitas, teria vindo antes. Não me lembro de quantos ponches havia tomado, mas não estava em total consciência, mas tinha alguma noção do que estava fazendo.

Procurei rapidamente pelo ginásio até focar meu olhar na loura à alguns metros de distância. Ela conversava com um garoto bem mais alto que ela, tinha os cabelos loiros e os olhos claros, seu corpo era musculoso, mas nada fora do comum. Aproximei-me sem chamar a atenção observando os dois que riam de algo. Assim que me aproximei senti o cheiro forte do perfume que exalava dela fazendo-me suspirar em seguida.

_ Alysson! - falei mais alto chamando atenção dos dois. O semblante da loura se irritou em apenas alguns segundos e do louro a sua frente se tornou confuso ao me ver.

_ Quem é ela? - ele perguntou para Alysson baixo, mas ainda audível, que respirou fundo antes de responder.

_ Uma idiota que Camila trouxe, Troy. - ela disse olhando para ele, mas depois se virando em minha direção. - O que você quer Dinah? - sua voz se manteve firme e seu olhar parecia querer sair faíscas.

_ Vamos dançar? - perguntei abrindo um sorriso animado vendo-a me olhar incrédula enquanto Troy olhava mais confuso ainda e até mesmo sem graça.

_ Está ficando louca? Bebeu? - ela refletiu sobre o que falou para depois negar com a cabeça e levantar a mão num pedido de silêncio no momento que fui responder. - Não responda.

_ Eu acho que vou deixar vocês conversarem. Ally depois conversamos, ok? - o garoto loiro comentou focando a atenção de Ally nele que pareceu chateada com o comentário, mas que mesmo assim assentiu. Ele se despediu com um beijo na bochecha da pequena e um aceno rápido em minha direção desaparecendo entre o mar de pessoas.

_ Está vendo o que você fez? - ela perguntou cruzando os braços.

_ uuuuh... Alguém estava flertando com o boy! - disse dando uma pausa enquanto sorria divertida. - Alysson, isso é certo? Garotas como você pode flertar com alguém sem a bênção da igreja? - perguntei dramática. Seus olhos novamente reviraram enquanto bufava impaciente, mas corando em seguida. - Oh meu Deus... Ele é da igreja! - disse divertida enquanto ela perdia a pose de durona.

_ Idiota! - ela disse irritada. Estava prestes a sair quando segurei seu pulso fazendo-a me fitar seriamente.

_ E minha dança? - perguntei encarando suas órbitas castanhas com intensidade. Pude vê-la respirar fundo e umedecer os lábios mordendo-os em seguida, para então se aproximar seriamente e consequentemente fazendo-me perder em seu hálito doce.

_ Preste bem atenção! - deu uma breve pausa. - Eu não vou dançar contigo, não quero ficar próxima de você, nem se quer te ver a metros de distância de mim. Eu não gosto da sua pessoa, não gosto do seu jeito e por isso não quero contato. - fitou minha mão segurando seu pulso para me olhar ameaçadora. - Então, acho bom você me soltar, pois acredito que seu treinamento militar não é capaz de se defender de uma mulher com raiva.

Seu olhar em nenhum segundo vacilou e por incrível que pareça ela sustentou meu olhar sobre o dela como a muito tempo ninguém fazia. Foi nesse momento que percebi que ela é diferente e no mesmo momento, talvez, diga-se de passagem que TALVEZ, meu coração errou uma batida.

Soltei seu pulso um pouco em choque pelo que havia pensado e a forma como ela havia falado, vendo-a me olhar surpresa para depois abrir um sorriso superior e sair rebolando desaparecendo em seguida. Permaneci parada observando o caminho pelo qual ela passou. É só desejo Dinah, tem muito tempo que tu não fica com ninguém. Fixei na minha mente essas palavras voltando a realidade e esquecendo Alysson. Foquei minha visão nas pessoas a minha frente que permaneciam dançando na pista, aproveitei para seguir em direção arriscando alguns passos enquanto observava uma ruiva a minha frente que volta e meia sorria para mim, mas podia sentir o olhar de alguém queimando sobre mim enquanto me aproximava da ruiva.


Notas Finais


Leitores, espero que estejam gostando...
Sei que demorei um pouco hoje, mas aqui estamos... E me desculpem por qualquer erro, este capítulo não está revisado.

Até amanhã!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...