História Vengeful realms or friends? - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, JR, Jungkook, Kai, Lay, Lisa, Lu Han, Mark, Rap Monster, Rosé, Sehun, Suga, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Baekhyun!uke, Bambam(uke), Chanbaek, Chanyeol!seme, Chen(seme), Chenmin, Jackson!seme, Jaebum!seme, Jaejae, Jikook, Jimin Uke, Jungkook!seme, Mark!uke, Markson, Xiumin(uke), Youngjae!uke, Yugbam, Yugyeom!seme
Exibições 9
Palavras 1.167
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oieee Eeeeeeuuuuuu amo vcs

Capítulo 5 - Wolf


~POV Autora~
Após as conversas de jimin e jungkook os dois foram dormir ambos precisavam descansar para por a mente em ordem e resolver oque fazer em relações as guerras.
REINO DE BLOODY:
Yugyeom havia acordado após uma noite de sono já tinha se arrumado. Havia colocado um terno de cor preta e bagunçado seus fios de cabelo ficando com um ar de jovem.
Passou a manhã inteira fazendo esquemas para a reunião que teria a noite, deixaria tudo pronto. Havia se arrumado pois a tarde ia participar de uma outra reunião essa bem  importante também, falava sobre as finanças, custos, oque já havia gastado quanto tinha etc.
Após essa reunião com seus conselheiros, percebeu que já estáva tarde. Olhou para o relógio viu que estava marcando 19h
Tinha que se arrumar para a reunião com Bambam.
Depois de se arrumar com uma calça jeans colada uma camisa de botão branca e um blazer preto. Ficou a espera de seu convidado.  O mesmo não estava nada contente mais tinha que fingir para não dar tanto na cara assim.
Esperou mais alguns minutos e logo a campainha foi tocada, se pôs a andar até a porta e atender. Abriu a porta revelando
Um ser menor que si cabelos castanhos meio bagunçados olhos azuis usando um terno vermelho (roupa usada no mv de if you do). Ficou encantado com o mesmo esquecendo de o convidar para entrar, percebeu o que estava fazendo quando o ser que ainda estava em sua frente coçou a garganta (toce forçada) chamando sua atenção.
~POV Yugyeom~
Atendi a porta e me encantei com a beleza daquele ser vulgo ser Kunpimook Bhuwakul rei de Claws. Logo o convidei para meu escritório precisávamos resolver como vamos lutar.
Me sentei em minha poltrona atrás de minha mesa e indique que ele se sentasse em minha frente.
-Então Kunpimook Bhuwakul lhe chamei aqui para lhe falar que estão  vindo guerras por aí precisamos nos juntar para derrotar los
- em primeiro sem muitas formalidades por favor me chame apenas de Bambam. Em segundo o que houve para guerras acontecerem??
- estou vendo que está atrasado nas notícias Bambam ~resolvo provocalo~
- hahaha sei oque aconteceu apenas estou pedindo para você contar para confirmar que o senhor não esteja mentindo!! Pois não é uma informação fácil de acreditar que um anjo matou seu pai até porque era um anjo e anjos não fazem isso e em segundo havia só você é seu pai nesse piquenique de pai e filho. Era mais fácil você ter trazido o corpo de seu pai para o reino de volta. Não acha? ~ele fala se levantando com as mãos em cima da mesa e com o rosto próximo a o meu. Continuou falando
- Outro fato é que foi detectado Yugyeom que o corpo de seu pai tinha sinais de envenamento. Isso não colidi com sua versão da história não e mesmo?!?!~ o mesmo falou isso enquanto andava  ao redor da mesa parando atrás de min falando a última parte em meu ouvido eu já havia levantado estava om os olhos azuis de raiva. Meus olhos já estavam mudando para a cor vermelha indicando que é tava com muita raiva. Me virei com movimentos rápidos o prensando na parede que estava atrás do mesmo o olhei com meus olhos penetrantes já mostrando minhas presas.
O mesmo me olhava com cara de vitorioso misturado com deboche, peguei em seus pulsos e os botei em cima da cabeça segurando com uma mão enquanto a outra ia paciando pelo seu tronco até chegar em seu pescoço. Apertei minha mão em seu pescoço, o puchando contra min deci meus lábios até parar e  sua orelha sussurrando em seu ouvido
- Você não pensa. Porque eu mataria o meu proprio pai!! 
-hahaha~deu uma risada sarcástica aproximando seus lábios do meu encarando os mesmos~ rei de Bloody perde sua mulher e tem que criar seu filho Kim Yugyeom sosinho.
Rei de Bloody cria seu filho de maneira errada o tornando uma pessoa fria. Kim Yugyeom termina com sua namorada em público a humilhando... hahaha~outra risada sarcástica~ você é uma pessoa fria Yugyeom gananciosa. Você não me engana.
Imagina se sai se uma matéria no jornal dos reinos dizendo que Yugyeom matou seu próprio pai. Que interessante não é mesmo. Tirariam seu trono e seu título dei rei...puft sumiria!!
Hahaha. ~Falava em quanto olhava para os meus lábios~
O problema não era à aproximação e sim que ele havia descobrindo tudo.
- Não fale asneiras - hahahahahahahaha ~riu como se fosso a piada mais engraçada do mundo~
-um piquenique de pai e filho , os dois vão para o bosque, quando chegam seu filho ganancioso cansado de esperar para ser coroado bota veneno na bebida de seu pai o matando e depois de morto joga ele no reino vizinho botando culpa nos mesmos~ fala se afastando e olhando nos meus olhos com um olhar desafiador
Solto seus pulsos e tiro minha mão  de seu pescoço o olhando espantado. Como ele descobriu?!?!
-Hahaha parece que eu acertei não é mesmo?!? Hahaha
- cale a boca!!~falo alto~
-porque?!? Só porque eu estou falando a verdade??
Me irrito completamente, esse garoto não tem medo não??
-cachorro lobo insolente!!
-hahaha não fui eu que matei meu próprio pai!
Cansado de escutar desaforos. Pego seus cabelos e os punho para trás mostrando seu pescoço branquinho. Botei minhas presas para fora e fui me aproximando de seu pescoço o mesmo disse coisas que eu não escutei e começou a se debater nos meus braços. Batia em meu peito tentando me afastar de seu pescoço mais não conseguindo. Eu já estava inebriado pelo cheiro maravilhoso de seu corpo. Gostaria de ter ele nu na minha cama. Com esses pensamentos que mordi ele, seu sangue era tão bom. O mesmo se debatia mais ainda, soltei seu cabelo e segurei seus pulsos, depois de um minuto sugando seu sangue, percebi que ele estava ficando fraco e parei. Tirei minhas presas de seu pescoço e o soltei. O mesmo caiu em meus braços desacordado. O peguei e levei até meu quarto. Coloquei o em cima da minha cama. Desci para o andar de baixo novamente preparar uma comida eu havia despençado as empregadas hoje então teria de fazer a comida eu mesmo pois o mesmo acordaria com muita fome.
~POV Bambam~
Durante o tempo que o Yugyeom sugava meu sangue conseguia ver visões do que ele pensava. A primeira visão foi o dele botando o veneno no copo de seu pai e o segundo quando ele jogou seu pai para o reino vizinho. O terceiro era de eu de quatro numa cama. Pelado. ESTRANHO DEMAIS .
Mas tudo bem.
Abri meus olhos lentamente e vi que eu estava em um quarto, mais não era o meu. De quem seria? Levantei da cama e acabei caindo na mesma novamente por estar muito fraco fiquei olhando pro teto e associe as coisas chegando a conclusão de que este era o quarto do Yugyeom.


Notas Finais


Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...