História Verdadeira eu - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 374
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem!!

Capítulo 1 - O Começo


#Naomi P.O.V’S ON#
Lá estava eu pela milésima vez, sentada naquela cadeira gigante, preparando-me para uma nova simulação.

Mrs. M- SIMULAÇÃO 986 DO UTENTE 584!

Quando dei por mim eu já estava dopada, num mundo cheio de borboletas e arco-íris! Realmente, quem é que gostava daquilo? Dava até nojo só olhar! E como todas as outras simulações eu tinha duas escolhas matar todo o mundo para eu sobreviver, ou matar-me para todo o mundo viver.
#Dentro da simulação#
Eu estava sozinha com várias armas à minha disposição, mas eu decidi pegar numa AK-47, para mim era a melhor. Como sempre, só podíamos levar uma arma e teríamos à nossa disposição as munições que precisasse-mos.

Robot- QuAnDo EsTiVeReS PrOnTa PoDeS SeGuIr CaMiNhO!

Naomi- Ok! E vê se arranjas uma namorada. Sabes… para ajudar a passar o tempo! HAHAHA!!

Não dei tempo nem para responder e saí disparando em tudo o que era pessoas. Muitas delas assustadas e decidiam fugir, mas algumas sabiam que a Hora delas chegou e não se atreviam a mexer. As pessoas que mais gostava de matar eram aqueles que realmente achavam que podiam tentar parar-me! HAHAHA, coitados não sabem com o que estavam a lidar.
Mas, a certo momento era como se o tempo tivesse parado, exatamente à minha frente estava aquele pela qual eu deixei tudo para trás … Sean!

Sean- Naomi, tu não o precisas fazer!

Naomi- Fazer o quê?

Sean- Ora, matar inocentes!

Naomi- VOCÊS NÃO ME ENGANAM, EU SEI EXATAMENTE QUE ISTO SÃO COISAS DA MINHA CABEÇA!!!

E sem demora dei um tiro na minha cabeça. Se eu decidisse matá-lo eu estaria a quebrar a minha promessa, aquela na qual eu decidi não o matar. Todos os dias era mais difícil, eles arranjavam novas formas de ele interagir comigo, porque afinal a verdadeira razão pela qual eu sofria simulações era para aqueles cientistas imundos descobrirem porque matei todos os meus colegas da escola e professores, todos menos Sean!
#Fim da simulação#
Mrs. M- Mais uma vez ela conseguiu passar-nos a perna.

Wolohitz- Ela não conseguirá para sempre!

Naomi- Pois não, tal como eu não viverei para sempre. Mas não vos preocupai, que antes mesmo de ele tentar perguntar alguma coisa eu já enfiei um balázio na cabeça!

Notas Finais


Até ao próximo capítulo!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...