História Verdadeiro Amor - Vhope - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), K.A.R.D
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Somin, Suga, V
Tags Hoseok, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Kookmin, Namjin, Namjoon, Somin, Suga, Taehyung, Taeseok, Trama, Vhope, Yaoi, Yoongi
Visualizações 64
Palavras 1.575
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessoas lindas ^^

VOU EXPLICAR A DEMORA LÁ NAS NOTAS FINAIS!!

boa leitura ^-^

Capítulo 3 - '' Eu te amo...''


Fanfic / Fanfiction Verdadeiro Amor - Vhope - Capítulo 3 - '' Eu te amo...''

Hoseok on

 

Os dias estavam passando divagar e isso chegava a ser torturante, eu queria ver taehyung falar pra ele sobre Bum, ver o que ele diria sobre eu ser pai solteiro. Eu nesse período de dias fiquei pensando nisso que se taehyung não gostasse do meu filho ou o tratasse mal eu iria ficar sozinho como sempre fiquei...

Eu estava com medo, por ser a primeira vez que alguém se interessou em mim depois de anos sozinhos, mais meu filho vem sempre em primeiro lugar.

[...]

 Em um momento eu acabo ficando muito nervoso já fazia uma semana que eu não falava com ele isso era tão diferente, por que eu nunca mais tinha me sentido assim com ninguém. Depois de horas de frente pra um guardar roupa eu acabo escolhendo uma jaqueta de couro preta, uma bota, calça jeans preta e uma blusa azul com detalhes. Ok, aquela era a quinta vez que eu tinha trocado de roupa.

- Bum, está roupa está boa? – Perguntei para meu filho um pouco preocupado se ele iria gostar

- Omma! Já é a quinta vez que você troca de roupa, eu já lhe disse que você é lindo de qualquer jeito. Não se preocupe ele vai gostar de você.

- Aigoo! Estou tão nervoso, não sei o que falar pra ele, o que fazer assim que o ver.

- Vai ficar tudo bem, não se preocupe eu vou estar aqui se der errado, sempre vamos estar juntos como você me prometeu, lembra?

- Sim eu me lembro, foi depois de uma discussão com aquele inútil...

Flashback on

SEUL- COREIA DO SUL

2010

Jung Bum on

 

- Some daqui moleque! Olha o que você fez com os meus documentos seu bastardo inútil!

- De...desculpe senh..nhor, eu não queria sujar foi sem que...querer....

- Não mandei você abrir essa boca pra nada! Seu órfão estúpido! Vou te ensinar a nunca, mas mexer nas minhas coisas – Ele me pega e me coloca de frente para parede, acabo o vendo tirar o cinto.

 -Não! SENHOR NÃO ME BATA POR FAVOR! Eu já pedi perdão...

- Mas seu perdão não vale nada pra mim, agora cala a boca! – faltando um pouco mais para o cinto me acertar omma aparece.

- O que você pensa que vai fazer com meu filho seu monstro? Tira as suas mãos imundas dele agora!

- Hoseok, só estou querendo dar um corretivo nesse órfão, olha o que ele fez com os meus documentos!

- Em primeiro lugar você não tem o direito de bater no meu filho. Em segundo você pode muito bem fazer de novo estes documentos, Bum não tem culpa, ele só é uma criança!

- Uma criança inútil que você nunca deveria ter trazido para nossa vida! Eu odeio crianças, imagina um órfão bastardo...

- Chega! Não vou escutar você falar mais do meu filho! Vamos meu pequeno, não chore por causa dele – omma diz indo até mim que chorava em um canto da sala, ele me pega no colo e me tirou dali de dentro.

Estávamos agora no meu quarto, eu ainda chorava. Tudo que ele me falou me machucou tanto, eu sei que fui rejeitado pela minha mãe na verdade sempre me lembravam disso. Mas eu só sou um menino de sete anos que de alguma forma consegui ter o amor de alguém:

- Não chore mais meu amor, não deixe suas lagrimas caírem por ele – omma me falava olhando em meus olhos.

- Omma, eu sou inútil?

- Não, você não inútil meu pequeno.

- O senhor vai me devolver para o orfanato?

- Claro que não Bum! Você é meu filho, e eu te amo muito, nunca vou de deixar lá de novo.

- Eu estraguei sua vida. Se o senhor não tivesse me adotado não teria essas brigas com seu marido.

- Bum olhe bem nos meus olhos – ele diz e eu o olho – vou fazer uma promessa pra você, preste atenção.

- Sim omma, pode falar.

- Sempre vamos ter um ao outro, nunca vamos ficar sozinho por que sempre vamos ficar juntos. Eu te prometo isso Bum, mas se um dia eu tiver que te deixar ou escolher algo, saiba que eu vou fazer o melhor pra nós dois por que eu te amo muito filho!

- Eu também te amo omma! Sempre vamos ficar juntos, eu sempre vou ficar do seu lado como você disse – depois disso eu o abraço.

- Eu te amo filho.

- Eu te amo omma.

Jung Bum off.

Flashback off

 

- então não se preocupe eu vou estar aqui ok?

- tudo bem filho, eu confio em você.

- Agora chega de tristeza, e vai se arrumar pra ele se apaixona pelo senhor mais rápido ainda ahhahah!

- Pare de falar besteira seu moleque eu sou seu omma!

Depois de conversar com Bum ou pelo menos tentar, sem ele me zoar, fui para meu quarto deixei minha roupa em cima da cama e fui ajeitar alguns documentos que jimin me pediu para entregar no dia seguinte.

[...]

‘’ depois de sete anos te procurando eu não vou desistir agora, mesmo que eu só te ache velho eu vou te encontrar, pode escrever isso... ’’

 

Três horas foi o que eu passei para ajeitar esses documentos que jimin me pediu, essas horas também me fizeram pensar muito, talvez algumas coisas bobas por isso acho que nem vou comentar. Bum achou melhor ir pra casa de um amigo como ele disse pra mim ‘’ Não quero atrapalhar você com o cara lá, então vou me mandar, beijo!’’ achei engraçado não posso negar, mas deixei ele ir, não que eu tenha drago taehyung pra casa no primeiro encontro isso demorou um pouco... o bom dele ter ido é que eu pude me arrumar melhor e também não ficar com vergonha do meu filho de 14 anos por que na real eu estava parecendo aquelas meninas que tem seu primeiro encontro.

Ainda estava nervoso o jantar seria as 20:00 e eu ainda passaria na empresa para deixar os documentos.

Eu já estava no taxi indo para a empresa. Demorou mais ou menos meia hora ate eu chegar à empresa, naquele dia foi ate rápido às vezes demora cinquenta minutos ou ate mais. Chego na Park’s e pego o elevador quando saio vejo Lia a secretaria de jimin.

- Olá senhor hoseok – diz com um sorriso no rosto.

- Olá, jimin está?

- Sim está na sala dele, pode ir ele está sozinho.

- Ok, obrigada Lia.

-Por nada senhor.

Depois de falar com Lia sigo direto para a sala e jimin. Chego na porta da sala do mesmo e a bato, entro depois de escutar um ‘’entre’’  

- Oh! É você hoseok, conseguiu terminar aqueles documentos?

- Sim, por isso achei melhor trazer logo, por que hoje eu vou sair...

- Eu sei, Tae me falou que vocês vão jantar.

- E..ele fa...falou sobre mim?

- Sim. – me responde simples

- O que ele falou pra você? Ele disse coisas boas? Você falou de Bum pra ele? – naquele momento estava muito nervoso eu sei.

- Calma hobi, uma pergunta de cada vez. Bom, ele me falou que fez coisa que não devia e então para se sentir melhor e ter uma chance com você ele te convidou para um jantar. Sobre Bum eu não falei pra ele achei melhor você dizer, não se preocupe ele gosta de crianças.

- Obrigada, eu acho...

- Não fique assim vai dar tudo certo!

- Eu espero... e você está bem?

- Estou, só trabalhando muito como sempre.

- Precisa achar alguém pra você.

- Eu sei, mas como eu lhe disse a pessoa certa ainda não chegou.

- Vou ficar muito feliz quando essa pessoa aparecer.

- Eu também.

[...]

‘’ Não vou desistir, eu vou encontrar ele, estou falando que vou! Eu não sou louco, só quero o que é meu... ’’

 

Fiquei algumas horas conversando com jimin que nem percebi as horas passando tão rapido. Gosto muito de jimin e eu espero que ele encontre um amor, que ele tenha uma família e que ele seja muito feliz.

Aquela empresa virou praticamente a vida dele, o consume por completo. Ele me ajudou tanto, merece alguém bom para ele.

Faltava uma hora para Taehyung vir me busca, eu estava mais nervoso ainda não sabia o que fazer pra hora passar rápido ou devagar... Então fui assistir televisão, depois tentei dormi, dancei, me olhei no espelho por quase meia hora, depois me sentei no sofá.

A campainha toca, e eu do sofá ate a porta vou tento uma pequena parada cardíaca, uma coisa jimin deu o meu endereço para taehyung sem me falar eu só descobri isso hoje. Abro a porta e taehyung está na minha frente com um lindo sorriso.

- Olá hoseok, tudo bem?

- Oi, tu...do e você?

- Estou bem só estava com saudade de você. – meu coração foi na garganta e voltou.

- Eu...eu também estava com...com saudade...

- Você é fofo! – fala com um sorriso maior ainda, e que sorriso... e eu coro – É melhor irmos logo não acha?

- Oh! É mesmo. – o respondo ainda corado.

- Então vamos, pode ir na frente.

- Tudo bem. – passo por ele e vou andando na frente.

 

[...]

‘’ Se aquele órfão não tivesse aparecido ele ainda estaria aqui! Ah aquele bastardo vai pagar tudo que vez a se vai! ’’  

Hoseok off


Notas Finais


hihih eu sei que eu não fiz o jantar, isso foi mais o dia do hobi e se eu continuasse talvez o capitulo seria de 3.000 palavras então eu preferir deixar assim ....

Capitulo não revisado.

Bom hora de explicar a demora...

eu iria escrever esse capitulo sem muita demora, só que na mesma semana em que eu queria postar os professores de s português e de Ciências passam 2 trabalhos muito grande para apresentar, então eu tive que larga tudo e estudar pra merda. ok, ai tudo bem só que eu resolvo entrar em um projeto para escrever uma One que por falar nele ainda nem terminei ;-; depois eu começo a escrever outra Fanfic só que essa eu acho que vai ter só 2 capítulos, estou já na metade agora eeeee!!^^ e tambem começo a fazer esse capitulo de Verdadeiro amor. por ai tudo bem, tudo ótimo só que uma coisa acontece... a pessoa aqui é tão burra, vulgo eu, coloco meu lindo celular em cima da geladeira... e resolvo abrir o freezer e depois dali só escuto o barulho dele caindo....
quando fui olhar pra ver se ele ligava ... Não, ele não ligava .
perdi tudo que eu tinha escrito naquela época...;-; minhas fotinhas,musicas,videos, TUDOOOO!!
graças a Min yoongi eu tenho notebook... então comecei a escrever tudo de novo;-; agora tá tudo bem, consegui escrever isso !! EEEEEEEEEEEE!!!

VOU TENTAR NÃO DEMORAR! MEU CELULAR NOVO CHEGA DIA 09/09 ENTÃO TALVEZ EU SEJA MAIS RÁPIDA.

Obrigado pra quem chegou ate aqui hihih...

bom foi isso, a eu vou postar uma historia nova eeeee é de jikook !! otp^^ espero que vcs gostem!!

Hora de comentar o tiro:

O QUE FOI AQUILO PARK JIMIN! EU TIVE 4 PARADA CÁRDICA !! BIAAAAAAAAASSS LINDOOOOOO!!!
MANO, JÁ VICIEI NA MUSICA ;-; IMAGINA NAS OUTRAS....

Ok to falando(digitando) muito hihih! Chega!

bjss no kokoro ^^

FUiiiiiiIIIIIIIIIIIII

~Ray


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...