História Verdadeiro amor - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Chanbaek, Exo, Hunhan, Kaisoo, Yaoi
Exibições 31
Palavras 884
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente!! Obrigada pelos favoritos!! Vocês são mto lindos, mto msm❤️ Desculpem qualquer erro :*

Capítulo 8 - Pertenço só a você


Fanfic / Fanfiction Verdadeiro amor - Capítulo 8 - Pertenço só a você

O tempo passou e eu e Kyung resolvemos ir pra casa. 

- Pessoal, já vamos indo ok? - eu falo para Baek e Chan que estavam sentados no sofá ao meu lado e ao lado de Kyung. 
- Ok, nos daqui a pouco vamos também. 

Nos despedimos e eu e Kyung saímos do baile. Estávamos andando a caminho de casa quando sentimos alguns pingos caindo sobre nós, começou a chover. 

- Droga! Meu cabelo! - Kyung reclama. 
- Calma, eu te protejo princesa! Haha. - eu digo dando risada e começamos a correr para chegar em casa logo. 

Chegamos na minha casa e estávamos encharcados, Kyung entrou e fomos direto para o meu quarto, minha mãe já estava dormindo. 

- Jonginnie, pode ir tomar banho, eu espero. - Kyung diz enquanto fecho a porta do quarto. 
- Pode ir Kyung, não se preocupe, eu vou no outro banheiro. - eu digo em seu rosto. - Tem alguns moletons nessa gaveta, pode pegar se quiser, ok? - eu digo apontando pra gaveta. 
- Ok, pode deixar. - ele diz com um sorriso. 

Eu o beijo na bochecha, pego algumas roupas pra mim e vou tomar banho. Chego no banheiro, deixo as roupas dobradas encima da tampa do vaso sanitário e entro no banho. Depois de um tempo, saio, me seco, me visto e volto para o meu quarto. Kyungsoo estava sentado na cama me esperando. 

- Desculpa meu amor, demorei demais. - eu digo sentando ao lado dele. 
- Não demorou não. - ele diz com aquele sorriso lindo de coração nos lábios. 
- Vem. - eu me arrumo e dou algumas batidas na cama para ele se deitar ao meu lado. 

Kyungsoo se ajeita do meu lado e coloca sua cabeça em meu ombro, eu puxo os cobertores e eu fiquei acariciando os cabelos de Kyungsoo até ele dormir. O ajeitei deitado na cama, me ajeitei e depois dormimos abraçados. Estava chovendo e o barulho dela só deixava o ambiente mais aconchegante, o calor dos cobertores junto ao calor do corpo de Kyungsoo, aquilo era maravilhoso e eu queria que aquele momento durasse para sempre. 

Acordei com alguns pássaros cantando. Kyung ainda estava dormindo, levantei e fui verificar as horas no meu celular. "Nossa, que cedo" eu pensei quando vi que o relógio marcava 6h10 da manhã. Fui ao banheiro e depois voltei a deitar ao lado de Kyungsoo. Fiquei acariciando seus cabelos e seus braços, até que dormi de novo. 

PV MÃE JONGIN 
Acordei com uma dor de chance chata, fui verificar as horas e eram exatamente 8h36, até que lembrei de Jongin. 

- Meu deus, será que esse menino voltou pra casa?!! - eu falei pra mim mesma e fui correndo até o quarto de Jongin. 

Cheguei no quarto dele e abri a porta. 

- Jongin, meu fi.... - eu travei na hora em que vi uma que jamais pensei que veria. 

Jongin estava dormindo abraçado com Kyungsoo. Eu arregalei os olhos pois não tinha certeza disso, apesar de desconfiar, nunca tive certeza. Sai de fininho e fechei a porta, fui para a cozinha tomar café e aquela cena não saia da minha cabeça. 
"Era óbvio né, eu nunca vi uma 'amizade' tão próxima entre dois meninos assim" eu pensei comigo. 
MÃE JONGIN OFF

- Hey, Nini. Bom dia! - acordei com a voz linda de Kyungsoo e com os lábios dele encostando nos meus. 
- Bom dia baby. - eu disse com voz de sono e me espreguiçando. 
- Já são 11h00, acordei um pouco antes, mas você estava dormindo tão bem que eu não incomodei. 
- Você não incomoda baby. - eu digo passando a mão em seu rosto. - Vamos descer pra comer alguma coisa? - eu pergunto me sentando na cama. 
- Vamos. - Kyung fala e me dá um beijo na bochecha. 

Saímos do quarto, descemos as escada e quando chegamos na sala minha mãe estava vendo televisão. 

- Oi mãe! - eu digo indo em sua direção.
- Bom dia senhora. - Kyung dos me seguindo. 
- Oi meninos, você dormiu aqui Kyung? 
- Dormi sim. 
- Ontem quando a gente estava voltando do baile começou a chover, ai ele aproveitou e ficou aqui. - eu expliquei pra minha mãe. 
- Ah entendi, tem algumas coisas pra comer na geladeira, podem pegar. 

Fomos até a cozinha, comemos e depois voltamos para o meu quarto. 

- Quer fazer alguma coisa hoje?  - eu pergunto pra Kyung enquanto ele se deita em meu colo. 
- Pode ser.... Quer ir pra onde?? 
- Poderíamos ir ao parque... - eu digo passando a mão em seus cabelos. 
- Sim!! Eu adoro ir ao parque

     •••

Chegamos no parque e Kyungsoo escolheu um lugar perto do lago para sentarmos, nos sentamos e ficamos ali sentindo a brisa em nossos rostos. 

- Kyung. - eu o olho. - Algum dia se apaixonaria por outro? 
- ele vem mais perto de mim e me olha com aquele sorriso lindo de coração e aqueles olhinhos lindamente grandes. - Claro que não Jonginnie, meu coração pertence só a você. - ele responde e eu passo a mão em seu rosto. 
- Mas e se você tivesse dois corações? 
- ele ri. - Os dois pertenceriam a você. - ele fala e selamos nossos lábios delicadamente. 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!! ^^
Gente eu estou com uma fic nova Chanbaek, pretendo deixar ela bem amorzinho no começo, depois no final vai ficar bem..... Deixa, vou falar nada OoO https://spiritfanfics.com/historia/only-you-6717206/capitulo1


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...