História Verdades. - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Itachi Uchiha, Jiraiya, Kisame Hoshigaki, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Menma Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Temari, Tsunade Senju
Tags Akatsuki, Gaara, Kisaita, Lemon, Narusasu, Naruto, Sasodei, Sasori, Sasuke, Sasunaru, Temari, Yaoi
Visualizações 141
Palavras 2.254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoas, tudo bem?

Mais um cap, agora contagem regressiva faltam 3 caps 😊😊😊😊😊.

Ahhhh eu fiquei feliz demais da conta, com cada comentário lindo do último cap, não vamos perder o foco e diminuir novamente peoples 😍😍😍😍, obrigada a todos até aqui, amo muito você.



Nem vou falar muito, boa leitura!

Capítulo 27 - O amor venceu, mas a rivalidade reina.


Fanfic / Fanfiction Verdades. - Capítulo 27 - O amor venceu, mas a rivalidade reina.

Shikamaru encarava com tédio Chouji e Gaara. Após a saída de Naruto, os três conversaram sobre a possibilidade dos dois voltarem, e tudo indicava um Chouji dramático gritando com os braços erguidos :

— ELES VÃO TRANSAR NA MINHA CAMA! QUE NOJO!

— Para de escândalo, Chouji, eles não vão transar na sua cama! — o Nara falou insosso enquanto levava os punhos para apoiar a cabeça nos mesmos — No máximo no banheiro!

— AAAHHH! — o grandão gritou.

Shikamaru encarava a cena de um Chouji descontrolado meio que com vergonha alheia. Lógico que estavam trancados num quarto, mas se o Aikimichi continuasse a berrar daquela forma alguém iria acabar se dirigindo ao quarto para questionar se eles estavam transando ou matando aquele gordo sem noção, como Nara pensava. Estava próximo a perder a cabeça, quando Gaara com a voz suave falou:

— Pensa pelo lado positivo!

— E qual seria?

— Não vamos ter de aguentar o Naruto na bad, já não aguentava mais ele ouvindo Lana del Rey e Adele, pensei que ia ter que me suicidar!

— Podia ter de dividir com o Uchiha — Chouji estalou a língua no céu da boca. — ele está o cão chupando manga!

— Que quê aconteceu? – Gaara franziu o cenho, e Shikamaru começou a rir, atiçando a curiosidade do ruivo.

— Sasuke estava com o humor tão bosta, que um dia aquele doente me acordou na porrada, me jogou no chão e gritou a todo o pulmão enquanto me expulsava do quarto que “Não aguentava mais ter um colega de quarto porco!” — Chouji falou a última parte tentando imitar a voz do Uchiha.

O celular fora passado para Gaara, que arregalou os olhos quando o vídeo passava, a cena do gordinho sendo arrastado pelo Uchiha para fora do quarto, com os olhos estreitos por conta do sono, o rosto babado, e as lágrimas escorrendo de seu rosto. Tentou não rir, contudo era impossível.

— MARU, SEU BAKA... - Aikimichi gritou. — Para de divulgar esse vídeo, vai acabar com os meus contatinhos!

— Não sou eu ou este vídeo que vai acabar com seus “contatinhos” — o Nara fez aspas no ar enquanto pousava tediosamente as mãos nas coxas para apoia-las. — Só de respirar você já se encarrega disso!

— Vai se foder!

Shikamaru fechou os olhos e, ignorando por completo o palavreado de Chouji, formou com os dedos um círculo e após um longo silêncio completou:

— Levantei um dia desses apenas por diversão várias teorias sobre os seus relacionamentos não durarem e, com certeza, a sua higiene precária está no topo da minha lista!

— Vai se foder, Maru! — Desta vez, o xingamento veio acompanhado pelo dedo do meio.

— Não falei nada de mais, só a verdade! Sinto pena do Sasuke que tem que aguentar a sua bagunça.

Gaara, percebendo que a briga havia começado entre os dois, apenas falou novamente suave, tentando apaziguar a situação enquanto mexia os braços de um lado ao outro:

— Ignora isso Shikamaru, temos uma nova missão agora! Precisamos arrumar um boy para ele!

O Nara rolou os olhos com tédio antes de falar :

— Ele vai colocar tudo a perder!

Chouji e Shikamaru estavam realmente muito a fim de iniciar de uma vez por todas aquela briga, mesmo com Gaara tomando sua atenção hora ou outra para apaziguar a situação como um verdadeiro diplomata que era, porém a discussão cessou assim que a porta abriu com tudo, e um Naruto sorridente vestindo as roupas de cor sóbria, que Chouji tinha consciência que pertenciam a Sasuke, adentrou o pequeno quarto. Ele sorriu e falou do seu jeito escandaloso:

— Maru, não fala assim do Chouji!

Akimichi encarou de soslaio o amigo que acabara de entrar e gritou, enquanto colocava a mão no rosto, balançando a cabeça em negativo:

— Eles transaram na minha cama! — Chorou.

— Que nojo! — Sasuke surgiu atrás de Naruto. — Eu vomitaria naquele lixo que você chama de cama!

— Respeito no templo do Chouji!

— Hm! Templo do Chouji nos seus sonhos!

Naruto ignorou a futura briga entre o namorado e o amigo e questionou simples os outros:

— Qual era o assunto antes de chegarmos mesmo?

— Foi variado desde sua transa na cama do Chouji e o porque ele não arruma um namorado.

— Creio que tem haver com a higiene precária! — Sasuke falou ácido e Nara fez um ‘toca aqui’.

— Quem disse que meus relacionamentos não duram?

— Divido o quarto com você há pelo menos um ano e meio e já perdi as contas de quantos foram! Ou você é um pervertido ou seus namoros não duram!

—Vai se foder! — Um gesto não educado pode ser visto pelo Uchiha, que repetiu.

— Parem os dois, já deu de briga por hoje! — Gaara berrou, recebendo olhares curiosos já que na maioria da vezes ele era calmo.

Naruto riu daquela cena e falou animado:

— Vamos esquecer os trezentos e noventa e quatro namorados do Chouji e dar a devida atenção ao que interessa!

— Que seria? — Shikamaru perguntou de seu jeito habitual, ficara cansado de ser animado por muito tempo.

— Sasuke me desafiou para jogar, dizendo que vai me dar uma surra.

— Ohhhh! — um corro respondeu, fazendo Sasuke tremer. — Não deixava, Naru!

— Então, que horas são? — Naruto gritou e a resposta veio de todos em uníssono.

— De jogatina rules!

Sasuke encarou aquele bando de nerds estranhos e balançou a cabeça ao lembrar que aqueles tipos eram o topo de popularidade na universidade, depois sorriu de lado e falou sarcástico:

— Vamos logo Na-ru-to, quero acabar com essa surra logo.

— Ei, teme, cadê o respeito?

Sasuke imitou uma galinha fazendo pó pó pó, deixando Naruto vermelho de ódio. Estava decretado, aquela disputa iria até a morte.

...

Brigas, chutes, tédio (Shikamaru, Gaara e Chouji) apelidos idiotas, beijos e mais chutes depois, os dois estavam sentados com um único foco em mente: matar o outro na alma do soldado. Naruto escolheu Shun de Andrômeda e Sasuke escolheu Shiryu de dragão.

— Desista dobe eu vou acabar com você com meu golpe poderoso cólera do dragão!

— Um golpe não acerta o mesmo cavaleiro duas vezes desista e se renda a minha tempestade nebulosa, teme!

Os outros se encararam quando a primeira corrente de Andrômeda alcançou a face de Shiryu de dragão, e Chouji questionou um pouco confuso:

— É impressão minha, ou mesmo namorando a rivalidade da escola não os deixou?

— Eu percebi isso! — Shikamaru respondeu, embasbacado.

— Eles eram idiotas assim na época da escola?

— Pior teve uma vez que Naruto só participou de um campeonato de Shogi porque viu o nome do Uchiha na lista.

— Nossa, não sabia que o Naruto jogava Shogi! — Garra exclamou, surpreso.

— E não joga!

Gaara riu com gosto e depois todos encararam um Uzumaki saltitante e escândaloso.

— Na sua cara, Uchiha, eu provei novamente minha superioridade!

— Okay, Naruto, você ganhou na alma do soldado. — Sasuke lambeu os lábios antes de prosseguir maldoso: — Topa uma partidinha de Shogi?

O rosto de Naruto ganhou uma tonalidade escarlate, enquanto ele grudava nos fios com força.

—TEME SEU MALDITO!


(...)


As aulas na universidade voltariam com força total na outra semana e Suigetsu logo estaria dando as caras no Japão novamente, pois Mangetsu estava melhor, então Naruto havia marcado um encontro com todos os amigos num restaurante local para que os seus amigos confraternizarem. Sasuke batia o pé com força no chão aguardando o voo do amigo, quando Naruto ao seu lado falou para o namorado:

— Meu Deus do céu, Sasuke, dá para parar quieto? Bater o pé deste jeito não vai fazer o avião aterrissar mais rápido, homem!

— Okay! — murmurou o Uchiha.

— Não precisa esperar mais, olha ele ali.

O rapaz de cabelo Chanel saiu pela porta de desembarque, carregando um enorme carrinho com várias malas. Suigetsu levava no rosto óculos escuros e assim que viu os dois, acenou animado, então se aproximou do Uchiha e abraçou forte o amigo:

— Hm! Deixa eu adivinhar, o Juugo está com o Kimimaru em alguma empreitada pelo meio ambiente!

— Seria provável, se ele não estivesse nos esperando no restaurante junto aos outros!

— MENTIRA!!! — Hozuki soltou um grito , fazendo Sasuke levar a mão para acariciar a orelha.

— Maldito!

— Sabe, Sasuke, seja um fofo e por gentileza, leva minhas malas para o carro, preciso ter uma palavra com o Naru!

Sasuke encarou a face sarcástica do amigo, enquanto o mesmo já deixava o carrinho para-trás e segurava Naruto pelos ombros, levando-o à sua frente. Sasuke rolou os olhos vendo ambos se afastarem. Tinha ótimos amigos, pensou — Só que não. — concluiu o pensamento.

Naruto, curioso, encarou as orbes violeta ao seu lado, quando viu um risinho cheio de malícia escapar pelos lábios de Hozuki, antes da voz se fazer presente e presente e ele falar:

— Uzumaki, não sei como posso te agradecer por colocar um pouco de juízo na cabecinha do Sasuke - Naruto sorriu largo.

Os dois ouviram a voz do Uchiha ressoar atrás, com um “vai se foder Suigetsu”, que deu de ombros e prosseguiu:

— Quando o Sasuke me contou que estava andando com você eu quis te agredir, mas sou fino então não o fiz, aí eu acompanhei, assim como todo o país, o relacionamento de vocês dois através da mídia, e com a vantagem que o Sasuke me contava tudo, sabe...

— Então?

— Acompanhando de fora, percebi que o único que merecia ser agredido era o Sasuke!

— É, ele foi bem babaca na maioria das vezes!

— Confesso que dei alguns saltinhos quando ele me contou que você deu uma segunda chance para ele!

— É, agora está tudo bem! — o Uzumaki sorriu largo.

— Estou feliz por isso, ainda mais que fiquei sabendo ele está começando a se abrir com você, isso me enche de alegria. — Depois ele tossiu seco e perguntou tão rápido que Naruto só entendeu o que ele dizia porque ouviu o nome da sua prima. — E como karin reagiu ao saber?

— Ela está me ignorando desde isso, então sei lá.

— Hm! Pensei que surtaria, como quando contei que ele era gay!

— Pera aí, ele não contou?

— Ele tem essa maldita mania de não se abrir com as pessoas!

— Ela sabe que você gosta dela?

— Hey!!! — Ele coçou a cabeça — Sasuke ama uma fofoca!

— Nem, eu que sou curioso e quis saber sobre você e ele, aí uma coisa levou a outra!

— Hm, ela me odeia desde aquele beijo que você presenciou e eu já superei, então tanto faz se ela sabe ou não, Karin deve achar que eu tinha um chush forte no Uchiha, então não faz diferença! — Deu de ombros.

O carro do Uchiha pôde ser visto e ambos aguardaram ele surgir, o que não demorou muito. Sasuke estava putaço com o ocorrido das malas e falou bravo :

— Ei, garotas muito babacas, dá pra as duas pararem de conversinha, enquanto eu tenho que empurra essa porra pesada para lá e para cá!

— Como meu namorado é estressadinho! — Naruto jogou um beijinho no ar.

— Vai se foder!

— Como eu disse, precisava conversar com o Naru!

Sasuke ignorou o comentário de Suigetsu e levou as bagagens para a traseira do veículo. Quando terminou tudo, viu o rosto feliz do namorado conversando animado com o amigo, e, quando viu Sasuke adentrar, falou feliz:

— Naruto é melhor que todos seus ex juntos, eu gosto dele!

— Hm! Não que isso fosse da sua conta, sou eu que tenho que gostar, mas concordo!

— Naru, se precisar de ajuda para bater nele pode me chamar!

— Não precisa, já tem as surras que dou nele no vídeo game, então tá valendo!

— Sério? Ele sempre se gabou que era o melhor!

— HAHAHA! Ele nunca foi!

— Estou aqui ainda! — o Uchiha falou, irritado.

— Sabemos!

(...)

O pequeno restaurante local nunca ficou tão cheio, lá estavam os amigos dos dois, assim como Menma e Nagato. Era uma barulheira infernal, já que todos falavam juntos e, quando os assuntos acabavam, logo surgiam outros. Foi quando Hozuki questionou, com graça :

— Quando o nosso pequeno grupo se tornou tão grande assim?

— Naruto e Sasuke nos juntaram aqui! — Chouji respondeu simples.

Menma chamou a atenção de todos para ele, batendo no irmão quando este não lhe deu o devido crédito, e falou:

— Mano, ela não era sua namorada? — Apontou para Temari que levava uma xícara de chá nos lábios.

Todos cientes da história riram e Naruto respondeu :

— Foi a namorada mais cara que tive!

— Ei não fala assim, como se eu fosse uma prostituta! — A garota ralhou com ele.

Naruto levou um soco de Gaara no braço pelo comentário e, logo em seguida, se corrigiu:

— Não quis dizer isso, desculpa aí vou me redimir, você é uma ótima atriz melhorou?

A garota olhou de esguelha e depois, sorrindo, respondeu :

—Sou mesmo, ‘issaê’!

— Quer saber de uma coisa que eu estou muito confuso? — Naruto criou coragem e falou.

— O que?

— Em que parte da história eu me perdi que não lembro de nenhuma ligação dos dois para se pegar!

— Foi minha culpa, Naru! — Gaara o informou, chamando a atenção de todos para si.

— Sua Gaara?

— E minha também! — Chouji falou, rindo.

— Agora eu estou curioso!

Todos falaram: “eu também, eu também”.

— Alguém, pelo amor de Deus, pode narrar os acontecimentos?

— Eu vou narrar, Chouji, a borboleta!

— He? — Sasuke deixou escapar confuso.

— Só fiquem quietos que tudo vai ser contado!

Todos encararam Chouji, que estava performático, levando aquilo muito a sério, e compreenderam viria muita coisa gay daí por diante.

“...”


Notas Finais


Gostou? Favorita, deixa comentários lindos para me motivar a escrever mais.


Bjoes até o próximo. 💚💚💚💚💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...