História Verdades Dolorosas - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 0
Palavras 906
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Violência
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 14 - Texto 14


Meu melhor, é isso que venho fazendo para te ajudar, já passei noites chorando por conta de achar que eu não era suficiente para te ajudar nesse momento.

Acontece, que eu percebi que eu sou mais que o suficiente, eu sou uma amiga chata ás vezes, eu sou bipolar, eu bato para demonstrar carinho e eu também choro por ver uma situação na qual um dos meus amigos estejam tristes.

Eu estou sempre aqui quando um dos meus amigos precisam.

Há algum tempo eu não sabia mesmo o que era amar tanto uma amizade, como eu amo a de algumas pessoas (poucas)

Eu estou sempre disposta a ajudar, estou sempre disposta a fazer as pessoas sorrirem, eu estou sempre disposta á correr atrás de vocês.

Eu sou uma amiga quase perfeita, com meus defeitos e qualidades, eu sou simplesmente uma amiga que muitos por aí iam querer.

Nem sempre eu fui assim sabe..

Eu não me importava com as pessoas, eu não dava a miníma, pois nunca tinha conhecido pessoas como vocês.

Sei que muitas vezes sou insuportável... Mais eu amo muito vocês (todos vocês).

Eu te ajudei das melhores formas possíveis, mais você com esse seu pessimismo conseguiu fazer da minha ajuda pouca coisa, não fui eu que não te ajudei, foi você que não acreditou em si mesma.

Eu nunca desmereci ninguém por encontrar pessoas melhores, eu nunca esqueci as minhas outras amizades, ainda guardo elas dentro de mim. E quero sim poder encontrá-las novamente, e eu vou.

Mais nem por isso eu penso em deixar minhas novas amizades de lado, o "para sempre" era apenas coisa da nossa cabeça? Eu não sei... Só o tempo pode nós responder essa pergunta.

Se eu vou querer me afastar? Claro que não.

Até porque você vai fazer isso, eu sei que vai.

Se é que já não está fazendo não mesmo?

Eu realmente não sei como será daqui pra frente, eu não sei o que a vida me reserva.

Eu não sei quem eu ainda vou deixar permanecer na minha vida, na verdade, eu sei quem eu quero, mais talvez quem eu queira se vá por vontade própria.

Ano passado meus pensamentos eram diferentes, nunca imaginei que se de alguma forma acabasse... Seria assim

E também não sei bem o que está acontecendo, não sei se pode ser um recomeço, não sei se pode ser um aprendizado, não sei se pode ser um final de uma história tão louca e uma das melhores histórias que fizeram parte da minha vida.

O que a vida nos reserva? Bom, eu espero que um futuro brilhante não é mesmo?

Um futuro no qual não exista amizades que se vão pelo simples fato de conhecer novas pessoas.

Um futuro no qual não exista depressão.

Um futuro no qual nenhum de nós sofra por amizade.

Sabe por que penso dessa forma agora?

Porque apesar de não contar para vocês, é por vocês que eu sofro, não porque em algum momento me fizeram mal, ou pelo menos não é só por isso, também é pelo medo de perder vocês algum dia

Eu não quero fazer com que você volte atrás da decisão que vai tomar, eu não quero que você sofra pela minha amizade e nem de outras pessoas.

Quero que você supere mais um problemas, porque sei que você consegue, mais você precisa acreditar nisso também.

Eu quero que você seja feliz, com ou sem mim. Se eu souber que está feliz eu irei ficar mais ainda, e se eu souber que estar triste vou ficar mais triste ainda.

Eu não decido quem vai ficar e quem vai sair da sua vida, só você pode fazer isso.

Mais fique sabendo que para mim valeu a pena cada texto, cada risada, cada momento de carinho e cada lágrima derramada.

E eu sei que para você também valeu a pena, afinal eu sou sim uma boa amiga, pena que demorei tempo demais achando que eu não era.

Eu fiz meu papel de melhor amiga, eu fiz meu papel de grossa, fiz meu papel de trouxa, e fiz meu papel de irmã.

Irmã, isso que eu considero as pessoas nas quais eu escolhi amar, eu fiz meu papel de AMIGA.

E fico feliz por saber que eu tive a capacidade para escrever textos enormes, fico feliz por saber que em algum momento da sua vida eu te ajudei, fico feliz por saber que cada momento não foi atoa, pois foram tantos aprendizados.

E se o que quer agora é se afastar de alguma maneira... Seja temporariamente ou se é definitivamente, eu fico feliz por saber que fui sim uma melhor amiga para você.

E pelo o que você me falou... Eu já não sou mais tão útil, você não disse com essas palavras, mais foi o que quis dizer.

Só queria que soubesse que eu não me arrependo e que amo todas vocês que nem o maior texto descreveria.

EU FUI UMA HIPER, SUPER, MEGA AMIGA PARA VOCÊ.

Seja feliz, por eu quero isso mais do que ninguém, porque apesar de tudo você merece o melhor, e foi isso que eu te dei O MEU MELHOR.

Mais se agora o meu melhor não é mais suficiente tudo bem... Eu dei o meu máximo e já fico satisfeita com isso.

Amo você, mais se a sua decisão for se afastar... Você vai enfrente. Siga o que seu coração mandar.

E espero que sua decisão não tenha consequências nas quais você irá se arrepender delas.

Fica bem e isso é tudo!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...