História Verdades secretas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Visualizações 1
Palavras 340
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Policial
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo 1 - 1


Fanfic / Fanfiction Verdades secretas - Capítulo 1 - Capítulo 1 - 1

19/07/2017  19:46 havana 


 Na casa dos cabello Calma pai não faz isso não atire na mamãe eu dizia quando eu via meu pai com uma arma apontada na cabeça da minha mãe  . vocês querem saber como tudo isso começou?  Pois vou contar ,meu nome é camila cabello tenho 24 anos e moro com o meus pais ou morava sei lá? 


  Havana inverno 1978

No belo  inverno de 1978

 havia uma festa que rolava todos os anos no nosso bairro minha mãe sempre ia e foi lá que ela encontrou o meu pai como ela dizia ele era o rapaz mais bonito e bem vestido da festa  ele começou a paquerar a minha mãe que acabou gostando dele três anos depois eles casaram tiveram três filhos eu a Taylor, e cris  depois do cris ter nascido o relacionamento deles mudou radicalmente ele quase nunca ficava em casa sempre chegava bêbado e sempre batia na minha mãe nos três crescemos no meio de tudo isso e a minha mãe sempre dizia que ele ia melhorar eu sempre me perguntava o que foi que aconteceu pra tudo isso tá acontecendo ele sempre batia nela e depois vinha pedir desculpas como se nada tivesse acontecido e sempre minha mãe perdoava ele mas ela nunca achou que a situação chegaria a esse ponto.

 19/07 /2017 19:46    

       Continuação Enquanto eu gritava para que ele não atirasse nela ele só ria eu não conseguia acreditar no que ele se transformou e isso que me deixava preocupada eu vi que o celular estava próximo a mim mas mesmo assim teria que distrair ele é tentar pegar o celular e ligar pra a polícia mas quando eu ia pegar o celular escuto o barulho de dois tiros e começo a ouvir meus irmãos chorarem entro em desespero não quero olhar para trás mas é preciso ter coragem quando me  viro  vejo minha mãe tô ensanguentada no chão corrir e me joguei ao lado da minha mãe chorei como se não ouvesse amanhã meus irmãos também antes dela morrer     . 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...