História Versos Vagos - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Bem, Cristo, Desconhecido, Deus, Jesus, Loucura, Mal, Pensamentos, Perdão, Poema, Poesia, Sentimentos, Vagos, Versos
Exibições 12
Palavras 81
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Poesias, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Escrito para uma amada.

Capítulo 18 - Manhã, tarde e noite


Apesar de estar nublado,

Eu vejo meu sol brilhar,

Iluminando meu dia,

Secando meu rosto molhado.

 

Hoje o tempo não se fez passar

Para que eu pudesse aproveitar

Cada segundo que te observei.

Sua presença é minha alegria.

 

Hoje o tempo não se dividiu

Em manhã, tarde e noite.

Houveram horas ao teu lado

E horas infelizes.

 

Na madrugada, fria e vazia

Chamo pelo meu próximo dia.

Quando o sol raiar,

Quero te encontrar e te abraçar

Até o mundo acabar.


Notas Finais


Escrito em 1 de junho de 2014.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...