História Very gay, ok? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags A Capa Tá Gay, Baekyeol, Chanbaek, Chanchen, Chanho, Chanhun, Chankai, Chanlay, Chanlu, Chanmin, Chansoo, Chantao, Chanyeol Is New Puta, Chanyeol X Exo, Comedia, Gay, Kaiyeol, Krisyeol, Orgia, Ot12, Suruba, Te Amo Utt, Tiah Jiminnie, Viadagem, Xiuyeol
Exibições 566
Palavras 1.185
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Harem, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Alguém me diz que eu não tô sonhando e que essa fic tá mesmo com 350 fav com só um cap!
Eu tô muito feliz <3
Vou deixar de viadagem e vocês podem ler :)

Boa leitura e eu sei que não sei fazer nota :(

Capítulo 2 - Aquela foi a primeira vez que eu dei a rosca


Fanfic / Fanfiction Very gay, ok? - Capítulo 2 - Aquela foi a primeira vez que eu dei a rosca

Olha eu aqui de novo! 

 Hoje eu fiquei indignado - e estou até agora. 

 Ai você se pergunta: Mas porquê Chanyeol? 

 Sentem a bundinha não mais linda que a de Sehun que eu irei contar-lhes o que aconteceu. 

 X 


 Como não tivemos muito trabalho hoje eu e os garotos nos dedicamos a ser voluntários.

 Voluntários para ajudar uma organização carente, mas não era pra fazer doação nem nada, nós tínhamos que vender coisas pra eles na rua - esse já foi o primeiro motivo. 

 Podíamos até vender coisas normais, mas não, além de estar expondo a minha beleza a seres humanos eu ainda preciso vender a rosca, fiquei muito chocado quando disseram. 


 °°° 

 E lá estava eu, com uma mão segurando a rosca e na outra o dinheiro, a moça gritava que eu fosse mais rápido porquê não estava bom o bastante, então eu fui com tudo, meti o louco e deslizei meus dedos para dentro de seu interior. 


 - Que bolsa desgraçada, finalmente consegui seu troco, toma aqui moça! - entreguei as moedas a loira a minha frente 


 Ela pegou a minha - agora era dela, mas tô nem aí - rosca na maior brutalidade, não gostei, chama nem pra tomar um café e já vem assim. 

 Quando eu esvaziei a caixa de rosquinhas que deram para verdermos me sentei em um banco e permiti que os outros admirassem o meu ser enquanto descansava, afinal, vender a rosca não é fácil, cansa bastante e umas pessoas não sabem tratar com delicadeza. 


X


 Avistei Baekhyun junto a KyungSoo, ambos ainda tinham a caixa em mãos, haviam poucas na de Baekhyun, mas KyungSoo quase não havia conseguido vender nenhuma. 


 - Como vão os negócios meus queridos? - cheguei fabuloso, como sempre 

 - Você é cego? - respondeu KyungSoo, delicado como um cavalo

- Só se for de amor por você!- respondi sorrindo, bem barbiezinha


 - 'Tamo aí na atividade! - acho que Baek anda visitando o Brasil - Mas o Soo não vendeu muitas! - completou terminando de recolher o pagamento de um rapaz

 - Entendi! - exclamei antes de fazer uma pergunta - KyungSoo, você já pensou em dar a rosca? - perguntei na inocência, juro! 


 E recebi um tapa na cara que chega voei, ainda bem porque eu sempre " I believe in can fly.

 

- Não entendo o porquê de ser tão rude! - comentei com Baekhyun - Acho que foi por causa da pergunta não? 


- Afinal, você tá estranho esses dias Chanyeol! - acho que com estranho ele quis dizer mais gay 

 - Estranho como? - perguntei só pra confirmar

 - Mais colorido! - sorriu

 - Bem que você podia aproveitar isso e colorir nossa amizade! - disse na cara do que eu tenho de mais grande no corpo - e não são as orelhas - por que sou desses. 


- O que quer dizer com isso? - fez uma expressão indecifrável 

 - Eu vou te fazer perguntas e você só pode me responder na ordem de sim ou não, ou seja, se você respondeu sim, depois responda não, OK? - sugeri e ele aceitou

 - Você é hétero? 

 - Sim! 

 - Você está falando a verdade? 


Nesse momento o vi encher as bochechas de ar e me olhar meio bravo, como se já houvesse entendido o sentido da brincadeira. 


 - Não vai me responder? - provoquei 

- Não sou Thank you! - virou-se cruzando os braços 

 - Olha, você é hétero né? 

 - Sim! Por que? 

 - Porque se você é hétero e eu também sou e hetero pega hetero, porquê nós estamos perdendo tempo aqui em vez de estarmos se pegando? 


O ouvi rir, a risada dele era quase tão gostosa quanto o dono. E cala boca que nem adianta tentar discordar.


 - Por que você ainda não tinha me chamado ué! - ele me olhou sorrindo de canto


 Minha santa Carol Konka, tombei agora, tombei forte. 

 - Faz boca-a-boca porque tô morrendo! - deixei sair do nada 

 Ele riu novamente, porque as pessoas nunca me levam a sério? 

Até parece que tudo que eu falo é na brincadeira! 

 - Onde você tá aprendendo essas cantadas estranhas?

 - Por você eu aprendo muito mais coisa! 

 Eu sou o melhor né? Pode dizer, eu deixo. 


- Nossa eu casava! - brotou Yixing atrás de mim 

 Eu quem queria brotar - sem o 'r' - nele, e não ao contrário. 

 - Em que horas está disponível? - perguntei na brincadeira

 O que eu não imaginava era que Yixing 'manjasse das coisas. 

- Pra você eu tô o tempo todo! 


 Eu fiquei bem louco, o povo não entende que a carne é fraca, só a carne mesmo, porque todo o resto que eu faço e forte!

 - Não sou Hansol, mas vem ser minha lua! - OK, parei depois dessa, juro.

 Baekhyun se acabava de rir da minha cara e Yixing estava me olhando surpreso, talvez o impacto da cantada tenha sido de mais, eu espero ele se recuperar, tudo bem, até porquê quem não iria morrer se levasse uma cantada minha?

 Quando finalmente o moreno ia dizer alguma coisa Tao o chamou.

 Eu te amo Tao, mas essa foi golpe baixo, e embaixo de você eu só quero uma coisa a qual não posso citar nomes porque podem haver inocentes lendo isto. 

 But it starts with P and ends with the sound produced by the dog. 


 Se você sabe inglês parabéns, se não sabe fica aí na dúvida ou então faça como um bom eu fazeria, "jogue" no Google. 


 X 

 Yixing foi embora com Tao, depois ele reclama quando digo que o culpado desse amor se acabar foi ele. 


Aí fiquei sozinho de novo com KyungSoo porquê Baekhyun foi procurar Junmyeon para nos juntarmos e voltarmos para empresa. 


 - Se você quiser me dar a rosca eu compro! - sugeri sorridente 

 - Quer saber? Eu dou! - ele deu a louca e fechou a caixa a jogando encima de mim

 Eu não queria comer aquilo, então chamei Yifan que estava parado - juro que se fosse de noite ele estaria iluminando a cidade, se é que me entende - e dei a caixa a ele. 


 - Mas e aí, tô esperando o pagamento! - protestou o menor. 

- Você ainda não me deu a rosca! - Cruzei os braços o imitando

- Claro que dei, não só uma vez, mas 5! - ele apontou para a caixa que Yifan levava

 - Quer dizer que tu já me deu cinco vezes foi? - perguntei em um tom malicioso - Não gosto de número impar. Então o que acha de fazermos o par agora, eu e você? - chama o galinheiro porque eu tava soltando a franga 

E o que aconteceu?

Recebi outro tapa. {Adicione aqui um emoji 'sad'}

 Porra, KyungSoo só me bate, enquanto eu Bato pra ele - pros outros também mas deixa em off. 

 Mano, as vezes tudo que eu queria era alguém que me amasse como o Mika ama o Yu!

 Mas a vida não é como nos animes/doramas. 

 Bem, de qualquer jeito, só sei que:  

(Insira aqui o título do capítulo)                     


Notas Finais


Me desculpa o capitulo merda eu tô com sono :(
Digam-me o que acharam tá? ♥
PS: Se você assiste/já assistiu Owari no Seraph, me chama e ganhe um nudes rçrç


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...