História Vestigia Mobius - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sonic Boom, Sonic The Hedgehog, Sonic X
Personagens Amy Rose, Chaos, Cosmo, Cream the Rabbit, Dr. Ivo "Eggman" Robotnik, Knuckles the Echidna, Miles "Tails" Prower, Personagens Originais, Rouge the Bat, Shadow the Hedgehog, Silver the Hedgehog, Sonic The Hedgehog, Tikal
Exibições 35
Palavras 2.559
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Steampunk, Super Power, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Canibalismo, Drogas, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo para vocês! Aproveitem

Capítulo 3 - Capítulo 2: Sonic e Tails


Quando aquele vulto acabou jogando a gente para dentro do portal de uma forma brusca, nós estávamos no túnel do espaço-tempo, viajando até chegar ao mundo do Sonic. Eu estava muito bravo por causa do vulto, que havia nos enganado e pegado a nossa fita! Eu juro que, quando eu o encontrar novamente, eu irei quebra-lo até virar poeira.

Enquanto isso, eu e a Julie estávamos no túnel dimensional, que era todo azul brilhante, indo em direção ao novo mundo: o mundo do Sonic. Foi uma viagem bem longa, até que, quando chegamos ao final do túnel, nós caímos e batemos as caras em um chão. Foi uma dor bem forte, que quase fraturou o meu crânio! Ficamos inconscientes por um tempo.

Depois de alguns minutos com eu e a Julie inconscientes, finalmente, eu acabei por abrir os meus olhos bem devagar, e aos poucos eu comecei a notar o lugar onde estávamos. Aí eu me levantei depois de abrir os olhos, ainda com uma pequena dor na cabeça devido a batida forte no chão. Eu olhei ao meu redor, e pude ver várias árvores em torno de nós. Nós havíamos parado em uma floresta, com um chão todo feito de terra úmida e algumas pedras cinzas.

Eu olhei para o céu, e vi que estava de dia, com o sol bem no meio do céu, indicando que é meio-dia. Fiquei olhando o céu por um tempo quando a Julie, que antes estava inconsciente, havia aberto os olhos e se levantou, um pouco confusa. Ela também olhou ao redor, e também havia notado que estávamos numa floresta, com várias árvores de galhos grossos e folhas bem verdinhas.

Julie: Onde nós estamos?? Que floresta é essa??

Frank: Provavelmente estamos no mundo do Sonic, por causa da nossa fita que o vulto pegou da gente, era para ativar o portal, então, é muito provável que estamos no mundo do Sonic. Só que eu não sei que floresta é essa que viemos parar. Eu nunca vi essa floresta no jogo do Sonic!

Julie: Pode ser uma área secreta do jogo, você não acha??

Frank: Não é não, pois eu já descobri todas as coisas que existem no jogo! Eu sei de tudo que possui no jogo, mas eu sei que essa floresta não pertence ao jogo!

Julie: Ok, então... se essa floresta não pertence ao jogo... então que lugar é esse aqui??

Frank: Eu não sei! A gente só vai saber onde nós estamos se explorarmos o lugar.

Julie: É mesmo!

Frank: Ok, vamos primeiro sair dessa floresta e.... espera!! O portal!! Ele está desligado!!

Julie: O quê???

Eu mostrei para ela que o portal que nós usamos para vir até aqui, não estava mais ligado. Ele estava desativado. A Julie ficou muito desesperada.

Julie: Essa não!!! O portal está desativado!! Isso significa que nós estamos presos aqui nesse mundo!!

Frank: Calma, Julie! Não precisa ficar desesperada. A gente vai achar um jeito de reativar o portal. Não se preocupe.

Julie: Irmão! Você esqueceu que a única coisa que ativa esse portal é a nossa fita do Sonic, que o vulto havia pegado de nós. Ele é que está com a fita! E mais uma coisa: como vamos encontra-lo?? Esse mundo parece ser gigantesco! Ele pode estar em qualquer lugar desse planeta! Vamos demorar séculos para encontra-lo.

Frank: Eu não tinha pensado nisso! É bem provável que vamos demorar bastante para achar ele, mas pelo menos ele é uma criatura daqui. Ele só vive aqui, como ele havia dito ser uma criatura desse planeta! Então é 100% de certeza que ele está nesse mundo.

Julie: Ok, é certo o que você diz, mas existe a chance de a gente passar anos nesse planeta só para encontra-lo!

Frank: Ok, ok! Vamos sair logo dessa floresta e-

Nesse exato momento, eu a Julie pudemos ouvir o que parecia ser passos de alguma coisa se aproximando. Nós ficamos arrepiados.

Julie: Irmão, parece que tem alguma coisa se aproximando do local onde estamos!! É melhor a gente se esconder!!

Frank: É a nossa única escolha!! Mas onde vamos nos esconder??

Julie: Olha aquela pedra grande perto das árvores. Vamos nos esconder nela!!

Frank: Vamos!!

Eu e a minha irmã corremos o mais rápido possível em direção a pedra e nos escondemos rapidamente atrás dela. Nós ficamos bem quietos, fazendo o mínimo de barulho o possível, para a tal coisa não perceber que tinha mais alguém ali. Notei que a pedra tinha uma pequena abertura em baixo dela. Eu deitei na grama e passei a observar pela abertura, sem fazer nenhum barulho.

Nos primeiros dois minutos de observação, eu não vi ninguém nem nada lá no portal, mas eu ainda ouvia os passos da tal criatura, que ficavam cada vez mais altos, sinal que estavam se aproximando mais da área.

Foi aí que, eu percebi duas criaturas entrando na área do portal. A primeira criatura, tinha uma aparência muito igual ao Sonic, meu personagem favorito. Ele era um pouco alto, tinha cor de pele, possuía espinhos azuis na cabeça e usava luvas brancas e sapatos vermelhos com branco. Certamente seria ele.

A segunda criatura, que estava do lado dele, não se parecia com nenhum personagem que eu tinha visto no jogo. A criatura era semelhante a uma raposa, um pouco mais baixo que o Sonic, tinha uma pele alaranjada, usava luvas brancas e sapatos vermelhos com branco, que nem o Sonic. Outro detalhe era que essa tal raposa, não tinha apenas uma cauda! A raposa tinha duas caudas! Isso me deixou um pouco surpreso, pois nenhuma raposa tem mais de uma cauda!

Os dois andaram em direção ao portal desativado, e observaram ele. Depois disso, eles meio confusos, iniciaram uma conversa.

Sonic: Ei, da onde surgiu esse portal aqui??

???: Eu não sei, Sonic. Ele não existia aqui antes.

Sonic: Será que alguém usou esse portal??

???: Se ele está aqui, provavelmente alguém o usou para fazer uma viagem no tempo ou uma viagem dimensional.

Sonic: Isso é muito estranho... eu estou desconfiando que é obra do Eggman, talvez.

???: Mas por que ele viajaria em portais?? Ele quase não usa portais desse tipo! E esse portal não parece ser dele, pois, o seu arco possuí vários símbolos estranhos, que não é típico de portais do Eggman.

Sonic: Então se não é um portal do Eggman, de quem é esse portal??

???: Bem-

Enquanto eles falavam, a Julie, sem querer, acabou pisando em um galho, que acabou se quebrando e fazendo um som bem alto, que as duas criaturas, acabaram ouvindo.

Frank: Julie!!!

Julie: Opa, foi sem querer!

Sonic: De onde surgiu esse som?? Parece que alguém pisou em um galho??

???: Eu acho que tem mais pessoas aqui! Vamos tentar encontra-los.

Sonic: Onde é que eles estão??

???: Meus detectores de som detectaram que o som tinha vindo de trás daquela pedra grande ali. Eles devem estar lá.

Sonic: Vou ir lá vê!

O Sonic acabou correndo rapidamente até o lado de trás da pedra e acabou nos vendo. Ele ficou bem surpreso, e nós também. Eu fiquei tão surpreso, que quase gritei.

Frank e Julie: Oi, he he...

Sonic: Quem são vocês??? Vocês são humanos?? De onde vocês vieram??

Antes de eu ter respondido ele, eu me levantei da grama junto com a Julie, que estava agachada. Eu fiquei muito nervoso, pois ele era o Sonic!! Era o personagem que eu mais queria ver!!

Frank: Olha, eu vou me apresentar... eu me chamo Frank Omikami e essa aqui é a minha irmã, a Julieta Omikami, mas só a chame de Julie. Nós somos humanos e viemos de Corner Crook, uma cidade do estado de Nevada...

Sonic: Corner Crook?? Estado de Nevada?? Nunca ouvi falar desses lugares. Olha, eu percebi que vocês estão muito nervosos. Não se preocupem, eu não irei feri-los. Eu me chamo Sonic The Hedgehog, mas me chamem só de Sonic. É muito legal ver humanos novamente, pois eu quase não vejo muitos humanos aqui. Venham comigo! Vou apresentar um amigo meu para vocês.

Frank e Julie: Ok.

Eu e a Julie seguimos o Sonic, ainda meio nervosos, até o portal desativado, o mesmo lugar onde estava aquela raposa estranha. A raposa acabou ficando bastante surpresa ao ver a gente.

???:  Ei Sonic, quem são essas pessoas atrás de você??

Sonic: Bem, este aqui é o Frank Omikami e essa é a Julieta Omikami, mas só a chame de Julie. Eles são humanos que vieram da cidade de Corner Crook, no estado de Nevada.

???: Oh, prazer em conhecê-los. Eu me chamo Miles Prower, mas me chamem apenas de Tails. Eu sou um grande amigo do Sonic.

Julie: Prazer em conhecer você, Tails! Você é muito fofinho!

Tails: **Tímido** Oh, obrigado pelo elogio.

Julie: De nada!

Frank: Espera um pouco!! Você é amigo do Sonic??

Tails: Sim, eu sou!

Frank: Que estranho! O Sonic não possui nenhum amigo!

Sonic: Como assim eu não possuo nenhum amigo?? Eu tenho vários amigos!!

Frank: É por que no seu game, você não tem nenhum amigo nele!

Sonic: Meu game?? Como assim??

Frank: Ah, não é nada não! Esquece isso!

Sonic: Ok.

Tails: Mas e aí, como vocês vieram parar aqui??

Frank: Nós chegamos aqui por aquele portal que vocês estão vendo ali, aquele que está desativado.

Sonic: Então é aquele portal que nós estranhamos que vocês usaram??

Frank: Sim!

Tails: Então isso explica tudo. Vocês vieram até aqui usando aquele portal desativado, não é??

Frank: Sim! Foi esse portal!

Tails: Ok, certo.

Sonic: Mas o que vocês vieram fazer aqui??

Frank: Na verdade, eu e a Julie estávamos querendo vir aqui para conhecer o seu mundo, para ver como ele é. Para a gente vir até aqui, a gente entregou uma fita de game para um vulto negro, que acabou usando para ativar esse portal para irmos até esse mundo e-

Tails e Sonic: Calma, você disse que vocês entregaram uma fita de game para um VULTO NEGRO??

Frank: Sim, por que??

Tails: Por acaso esse vulto negro possuía uma forma de um homem??

Frank: Sim! Ele tinha uma forma de homem.

Tails: Aí meu deus do céu!! Não me diga que vocês entregaram uma fita de game para o Looming Darkness??

Frank: Looming o quê??

Tails: Vamos até a nossa casa e aí eu explico tudo, ok??

Frank: Certo.

Tails: Me sigam!

Sonic: Vamos lá!

Nós seguimos o Tails, junto com o Sonic, em direção a casa deles. Nós passamos pelo meio das árvores grandes daquela floresta. Não foi nada fácil passar por elas, pois elas eram muito altas e muito estreitas. Demorou um pouco, mas finalmente conseguimos sair daquela floresta e passamos a andar por um pequeno morro de grama. Enquanto a gente andava, eu pude ver com uma visão mais ampla, como era a paisagem do planeta.

Era maravilhoso! A paisagem era muito linda! Lá no horizonte, tinha várias montanhas e várias florestas que preenchiam aquela vista com várias nuvens no céu. Eu também vi vários pássaros voando sobre as montanhas. Tudo era muito bonito!

Nós subimos o morro, e quando chegamos no topo dele, eu pude ver uma casa toda simpática, com um telhado todo vermelho, cobrindo o teto de uma casa feita com paredes brancas e coberta com um jardim de flores ao redor da casa.

Tails: Chegamos! Aí está a nossa casa!

Sonic: O que vocês acharam dela??

Frank: Ela é bem bonita para uma casa simples.

Julie: E esse jardim ao redor dela, eu adorei! O jardim deixa a casa muito mais bonita!

Sonic: Obrigado por ter gostado! É uma decoração nova, que o Tails colocou na casa há umas duas semanas, não é Tails??

Tails: É. Eu acabei juntando várias flores que tinha ao redor da casa e acabei construindo um jardim bem bonito. Até instalei uma pequena fonte de mármore nela.

Frank: Tudo isso fez com que o redor da casa ficasse bem bonito até.

Julie: Isso mesmo irmão!

Tails: Ok, agora vamos entrar.

Eu e a minha irmã seguimos o Sonic e o Tails até a porta de entrada da casa. Aí o Tails pegou do seu cinto que ele estava usando, a chave da porta da casa e a enfiou na fechadura e abriu a porta. Todos nós entramos dentro da casa e o Tails fechou a porta depois que entramos. O interior da casa era bem bonito, tão bonito quanto o exterior.

Depois que entramos, eu e a Julie fomos até a sala e sentamos em um sofá feito de couro preto que era bem confortável, tão confortável que dava até uma sensação de sono. O Sonic falou para nós esperarmos na sala, enquanto ele ajudava o Tails a encontrar um arquivo que falava sobre o vulto. Depois disso, o Sonic foi ajudar o Tails, enquanto eu e a Julie esperávamos eles, sentados no sofá.

Frank: Julie, você não notou que o Tails, a raposa que nós conhecemos, ele é bem legal e bastante esperto, você não viu??

Julie: Sim, ele também é muito amigável e bem fofinho. Eu gostei bastante dele.

Frank: Eu também gostei muito dele.

Julie: Olha irmão, você sabe que horas são??

Frank: Para que você quer saber as horas??

Julie: Só para saber mesmo.

Frank: Ok, deixa eu ver se eu acho algum relógio aqui...

Eu me levantei do sofá e tentei encontrar algum relógio que indicasse as horas. Procurei na bancada da TV e nas gavetas, só que eu não encontrei nenhum relógio. Mas eu acabei encontrando um calendário bastante empoeirado. Peguei ele e soprei toda a poeira. O calendário estava marcado no mês de agosto, mas quase todos os dias desse mês estavam riscados com caneta, eu acho.

Em baixo dos dias riscados, eu pude ver uma anotação feita com caneta. A anotação dizia um dia do mês de agosto de um ano, que era:

17 de agosto de 3243

Eu acabei ficando surpreso com o ano que estava escrito na anotação.

Frank: Meu deus!! Julie, olha essa anotação aqui!!

Julie: Que isso?? Ano 3243?? Nós estamos em uma época muito distante da nossa!!

Frank: Sim, a nossa época é 1991!! E esse aí é 3243!! São 1252 anos de diferença!

Julie: Caramba!! São muitos anos de diferença!!

Nessa hora, o Tails e o Sonic haviam chegado na sala. Tails estava com uma pasta amarela com vários papeis em suas mãos.

Tails: E então, vocês ficaram no sofá e.… espera!! Por que vocês estão com o meu calendário??

Frank: Eu queria saber as horas, só que eu não achei nenhum relógio, apenas achei esse calendário riscado aqui. Eu queria perguntar para vocês uma coisa: em que ano nós estamos??

Tails: Nós estamos no ano 3243, no dia 17 de agosto.

Frank: Eu não acredito!! Nós estamos em um futuro muito distante!! Meu deus!!

Julie: Como é a tecnologia de vocês??

Tails: É bem avançada. Eu construo várias naves e carrego elas com energia das esmeraldas do caos, e mais um monte de outras coisas.

Frank: Tails, você disse Esmeraldas do Caos??

Tails: Sim, eu disse isso.

Frank: Caramba, então as esmeraldas também existem aqui!! Onde elas estão?? Quem é esse tal vulto Looming Darkness?? Eu tenho um monte de perguntas para perguntar!!

Tails: Calma, tenha calma. Todas as suas perguntas serão respondidas!

Frank: Ok, então tá.

Tails: Vou começar a falar as respostas das suas perguntas!

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...