História Vhope - Please, Don't Cry. - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Fanfic, V & J-hope, Vhope
Visualizações 106
Palavras 767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VRUMMM
Oii bolinhos, Td bem?
Fiquem com o cap ❤

Capítulo 15 - Cap 15


Fanfic / Fanfiction Vhope - Please, Don't Cry. - Capítulo 15 - Cap 15

1 semana depois

P.O.V TAEHYUNG

Tudo me atinge, tudo. Porquê eu não tenho uma vida normal, eu sei que tenho Hoseok para pelo menos ser um único que goste de mim e quer o meu bem, o resto quer nem saber de mim, nem sabem da minha existência. Eu choro escondido de Hoseok, eu digo que está tudo bem, saio com ele para que ele fique feliz, mas na verdade eu só queria estar no quarto chorando no canto, sem nem querer ir pra escola, só vou por casa do Hobi.

Eu dou um dos melhores sorrisos, que por trás tem uma dor insuportável, eu tento, mas não consigo.

- Eu não consigo.. - Sinto uma ardência em meu pulso, fiz um corte em cada lado. Larguei a lâmina e sentei no chão com os braços esticados, lágrimas insistiam em vir. Meus braços sangravam e eu? Chorava cada vez mais.

Eu não tenho salvação?

                P.O.V HOSEOK

Eu estava fazendo algumas compras, deixei Tae em casa e vim rápido. Já estou na porta de casa com as chaves na mão. Entro e coloco as sacolas em cima da mesa e fui a procura de Tae que não estava na sala.

- Tae? - Saiu passando pelos cômodos - Cade Você TaeTae? - Paro ao ouvir um soluço de choro no banheiro, será que.. - Tae? Você está bem? Abre a porta.

- Eu e-estou - Ele soluça, não, ele não ta bem.

- Por favor, eu sei que não está bem, e se você não abrir essa porta agora eu vou arrombar! - Digo com a mão na maçaneta, ele bufa e parece ter se levantado.

- Tudo bem.. - Ele começou a destrancar a porta, ele abriu me dando sua visão, Tae estava cheio de sangue pelos braços, estava com os pulsos cortados, ele mentiu pra mim..

- Tae, o que você fez - Olho nos olhos vermelhos e inchados dele - Eu falei que não era pra se cortar.

- D-desculpa - Ele começa a chorar - Eu não c-compri com nosso combinado, m-me desculpa - Ele antes de fazer algo vai bambeando, ele desmaiou em meus braços.

- Tae? Ai meu deus - O pego em meu colo e o coloco na banheira que estava sem água, eu pego a caixinha de primeiros socorros e começo a limpar e passar álcool nos  cortes que ele fez. Eu falei para ele não fazer isso.

                   ................ P.O.V AUTORA

Tae foi abrindo seus olhos minimamente, ele coçou os olhos e veio tudo que aconteceu. Ele olhou para seus pulsos que não estavam tão ruins quando ele os cortou. Ele coçou os olhos e rodeou a procura de Hobi que não estava ali no quarto.

- Hobi... - Tae o chama baixinho se sentando na cama, logo Hobi aparece, cruza os braços e fica o observando no batente da porta.

- Então, pode me explicar o porquê fez isso? - Ele diz o encarando, Tae olhou para o chão e começou a mexer os pés.

- Desculpa Hobi.. - Ele apenas diz isso em um sussuro audível para Hoseok - Eu..eu não sei tabom, eu sempre choro escondido de você, porque eu gosto de ver você feliz e sorrindo.

- Tae..se não está bem me conte, eu quero o seu bem, não me importo se não irá sorrir sempre, eu só quero melhorar você, eu só quero ver o seu bem, e vou fazer de tudo para você não ter mais isso tudo bem? - Hoseok senta ao lado de Tae.

- Tudo - Tae abraça Hobi que retribui afagando seus cabelos, Hobi era tão carinhoso, tão cuidadoso, Tae merece isso e muito. 

- Obrigado Hobi - Tae se separa o fita seus olhos - Eu não sei se estaria vivendo sem você, e se eu estivesse, seria infeliz - Hobi aproxima seu rosto de Tae que corou.

- E eu também não sei o que seria de mim - Hoseok acaba com o espaço entre seus rostos em um beijo, um beijo calmo.

- Eu te amo - Hobi diz e Tae ainda estava com seus olhos fechados como se ainda estivessem se beijando. Isso fez com que Hoseok risse, ele ficou o observando até o ponto de Tae corar e sorrir quadrado - É esse o sorriso que eu quero!

- Hobi.. - Tae ri e recebe um selinho.

- Eu queria te levar a um lugar, mas eu não sei se você quer ir - Diz Hobi o fitando.

- Por você eu vou - Tae sorri.

- Obrigado mas se não quiser ir, tudo bem eu entendo.

- Não, eu quero ir com você - Tae sorri novamente, um sorriso sincero, ele estava disposto a tentar enfrentar a sua depressão.

                

                     Continua



Notas Finais


ALALALAL
SOCORR
Espero que tenham gostado bjus bolinhos ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...