História Vhope- Uma historia de amor e ódio - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope
Exibições 227
Palavras 1.667
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Droubble, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiii gente, então como prometido aqui esta o cap do Hoseok e sim esta grande,enfim eu botei a visão dele no capitulo em que ele e o Taehyung trepam kkkkk espero que gostem :3

~Tia Lu

Capítulo 13 - Extra Hoseok


Fanfic / Fanfiction Vhope- Uma historia de amor e ódio - Capítulo 13 - Extra Hoseok

Hoseok on*

Me chamo Jung Hoseok e tenho 19 anos, vim de uma família bem problemática. A minha mãe não liga pra mim, se duvidar não queria nem que eu tivesse nascido, meu pai infelizmente morreu... vai ver que é por isso que eu não sou tão amigável.

Sou apaixonado por um menino chamado Kim Taehyung, o qual eu humilho. E você me perguntam, porque você maltrata um menino que você gosta? Pelo simples motivo de eu não ser amigável e não saber me relacionar muito bem com as pessoas, pra ser sincero nem sei como eu consegui ter amigos...

Os meus amigos e eu somos conhecidos como os Bad Boy's só dois que não são pelo fato de namorarem.

A minha pessoa em si, é legal- só com meus amigos- e sou bem simpático quando eu quero.

Atualmente estou converssando com o menino que eu gosto o Taehyung por mensagens de texto, e é claro que ele não sabe que sou eu, até porque se soubesse não me daria nem um oi, pra ser sincero não sei como eu tive coragem nem de mandar um oi pra ele, deve ser pelo fato dele resolver mudar de estilo e atrair vários alfas e então eu devo ter ficado com um pouco de medo de perder ele.

Hoje vai ser a festa da faculdade, e é claro que eu convenci o Taehyung de ir só que de uma maneira bem peculiar, eu falei que ele iria me sentir, pra ser sincero estou bem nervoso em relação a isso... porque vai que ele inventa de me ver? Tipo eu pedi pra ele fechar os olhos mas vai que ele não fecha? É pois e estou muito nervoso e infelizmente não posso voltar atrás.

Nesse exato momento eu estou a caminho da festa, como eu moro um pouco distante  da faculdade estou indo de carro.. provalvelmente Taehyung ja deve estar la, oque me faz ficar mais nervoso ainda.

Cheguei na festa e realmente Taehyung ja hávia chegado e estava converssando com Jungkook. E falando em Jungkook o mesmo só deve estar aqui por causa que meu amigo Jimin deve ter pedido. Ces não deve ta entendo ne? Enfim deixa eu explicar.

Jimin é apaixonado de mais por Jungkook ele também faz o mesmo "jogo" das mensagens só que ao contrário de mim Jimin vai mostrar a cara hoje, como ele teve coragem? Não me pergunte.

Enfim voltando pro foco principal que sou eu.

Nesse momento estou dentro de uma cabine de banheiro esperando Taehyung, pois eu ja mandei mensagem pra ele avisando que eu ja estava o esperando. Não demorou muito e eu escutei o barulho da porta. Abri só um pouco a cabine e la estava Taehyung virado de costas com as mãos nos olhos, fui até ele e botei minhas mãos por cima das suas.

- Oi TaeTae- falei no pé de seu ouvido.

- Oi daddy, Porque caralhos eu não posso te ver hein- Oh TaeTae se você soubesse quem eu sou provalvelmente me odiaria pro resto da vida.

- Eu ja falei, o dia que você falar que me ama eu me mostrarei- respondi e depositei um beijo em seu pescoço

- Aish, ok, mas eu creio que esse dia não va demorar muito...- Falou e eu percebi que ele corou e logo falei.

- Oown que bonitinho esta corado

- Aigoo, pare- Falou e então eu o virei mas sem soltar as mãos dos seus olhos, e então eu o beijei e NOSSA como ele beija bem, pena que eu não terei isso direto....
 
Ficamos nos beijando até o ar se fazer presente.

- Waw, você beija muito bem- Falei

- Você também, Daddy, pena que eu não possi ver sua cara mas ok- Falou Taehyung.

- Agora meu bebê eu tenho que ir, nos falamos depois- Faleu e depositei um selinho na sua boca..- Não abra seus olhos ouviu?.

Ok- Falou e eu logo sai correndo as pressas desse banheiro e fiquei isolado em um canto, já que meus amigos não vinheram a festa só p Jimin mas ele não conta.

Fiquei um tempo observando o Taehyung, até que sinto um cheiro muito doce, muito doce mesmo e logo percebo que esse cheiro veio de Taehyung pois o mesmo saiu correndo e indo em direção ao banheiro. Ai eu fiquei com aquela pergunta, sigo ele ou não? Quer saber fodasse, não quero que ninguém encoste nele.

Chegando lá Taehyung estava todo encolido na parede e deu muito dó ve-lo dessa maneira

- Hoseok... Sai daqui!! Nem pense em encostar um dedo se quer em mim, eu sei me virar sozinho- Falou Taehyung virando a cara logo em seguida.

- To vendo como sabe, tanto sabe que ta se contorcendo pra cacete ai sem saber o que fazer, Olha Taehyung deixa eu te ajudar.- Falei me abaixando e ficando a sua altuta

- Você? Me ajudar? Haha até parece, do jeito que me trata se duvidar, quando eu fizer algo com você amanha a escola inteira ja sabe.- Pra ser sincero doeu muito ouvir isso, tipo muito mas me segurei.

- Ô Taehyung quando eu pego alguém, eu em si não conto pra ninguém já a pessoa a qual eu pego que dai contando e ainda com a linda frade " Transei com um dos alfa mais desejado daqui"- Falei e pior que era verdade mesmo.

- Aham ta.

- Taehyung você vai me deixar te ajudar ou não?

- Eu tenho escolha? Melhor transar com um conhecido chato pra caralho do que um desconhecido.

- Pra sua sorte a minha mãe saiu e só volta amanhã, e agora vem que eu vou te pegar no colo.

- AISH, merda de cio tambem- Falou Taehyung enquanto eu o pegava no colo e sai do banheiro, recebi muitos olhares daquele povo que tava la mais tava pouco me fodendo pra isso, oque me interessa e o Taehyung.

Sai da festa e fui até meu carro que estava estacionando ali perto, abri a porta e colocou Taehyung cuidadosamente no banco do carro depois,entrei no carro e dei partida pra minha casa.

- H-hoseok....

- Hm?

- T-ta doendo muito

- Calma, que já ta chegando.- Se pudesse eu iria fuder ele ali mesmo, mas eu sou bem civilizado e como eu sei que era a primeira vez dele quero fazer especial.

Demorou mais uns minutos e eu finalmente cheguei em casa.

Quando dei por mim ja estava no quarto com um Taehyung gemendo loucamente. Passou um tempinho e eu e Taehyung fomos dormir.

No dia seguinte****

Acordei primeiro que Taehyung, e meu deus ele é muito fofo dormindo então não quis acordar ele. fiquei o observando ate que percebo que o mesmo estava acordando e então me finge que ainda estava dormindo e sinto o mesmo me sacudi.

- Hoseok!!!

- Hum... me deixa dormir- Falei e virei a cara, claro que eu não tava com sono mas né? Tive que atuar.

- Um cú que eu vou te deixar dormir, eu to com dor na minha bunda e eu não consigo me levantar, e então por favor tem como você me levar até ao banheiro pra eu tomar um banho e sair daqui? Isso e pedir muito? - Meu deus do céu que pessoa irritada com a vida, fico imaginando como eu ficaria se eu tivesse mesmo com sono, definitivamente não o trataria bem.

- AISH, a pessoa não pode nem dormir, vem logo- Falei me levantando e pegando Taehyubg no colo e levei ele até o banheiro.

- Hm obrigado.. agora pode se retirar, quando eu terminar te chamo.

- Tá ta bom- Falei e sai.

Como eu sei que Taehyung vai me pedir roupas, separei algumas minhas pra ele. E não demorou ate que escuto Taehyung gritando meu nome.

- Ja to indo!!!- Falei e peguei a toalha, logo em seguida tirei ele da banheira e coloquei Taehyung em pé no chão

- Obrigado, ér.. Hoseok então por acaso você tem alguma roupa que possa me emprestar? É que tipo assim eu não vou usar a mesma roupa de novo..

- Como eu ja imaginava que você ia pedir isso, coloquei umas roupas ali em cima de cama.

- Uhum ok, brigado de novo.

Sai do banheiro e deixei Taehyung la, desci e vi que minha mãe ja havia chegado mas nem liguei muito sentei ao seu lado e ela falou.

- Passou bem a noite sem mim?

- Dês de quando se importa? E sim passei muito bem.- Falei simples e seco, por mas que ela seja minha mãe não sou obrigado a trata-la bem.

- Não fala comigo desse jeito, sou tua mãe.

- Fodasse se você é minha mãe, assim como você não se importa comigo eu não me importo com você- Antes que ela pudesse responder Taehyung apareceu la e ficou parado olhando com uma cara confusa pra minha mãe

- Quem é ele Hoseok?

- Ele se chama Taehyung,mas já esta de saída.

- Acho bom que esteja de saída mesmo- Falou e se virou pra frente. Porque ela falou dessa maneira? Não sei.

Taehyung saiu e é claro eu fui correndo pro meu quarto

Fiquei um tempo pensando em como foi ótimo ter Taehyung só pra mim ontem a noite. Sai de meus devaneios quando escutei meu celular vibrar. Vi que era Taehyung e fiquei converssando com ele.

Ele me conto sobre ter passado a noite comigo , e claro que eu não sou besta perguntei se ele hávia gostado e não deixei de dar um sorriso de orelha a orelha.

So que teve um momento que eu fiquei  pouco chocado, ele falou que achava que tinha visto a mãe dele e eu claro fui saber mas informações. Até que ele me responde que a mãe dele é minha mãe eu sai imediatamente sem responder e joguei meu celular do meu lado e me sentei rapidamente na cama.

Como assim a mãe do Taehyung é a minha mãe???



Notas Finais


Então foi isso, desculpe alguns erros espero muito que tenham gostado^^ e até o próximo :3

Beijoca '3'

~Tia Lu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...