História Victória's Bulletproof ? - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias UNIQ, VIXX
Personagens Cho Seung Yeon, Hongbin, Hyuk, Ken, Kim Sun Joo, Leo, Li Wen Han, N, Personagens Originais, Ravi, Wang Yibo, Zhou Yi Xuan
Tags Comedia, Romance, Uniq, Wenhan, Yibo
Exibições 11
Palavras 1.046
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee~ Estou aqui após séculos kkkk
NOTAS FINAIS*
Boa Leitura!

Capítulo 30 - Ele Mudou... Pra Melhor Ou Pior?


VER DA VICTÓRIA•

- Ahh como eu amo tomar banho! - Sindy exclamou se esparramando na cama.

- Realmente, a água tá ótima. Você quer assistir algo?

- Médicos! Eu ainda não assisti. - Ela diz fazendo bico um pouco triste.

- Tá. - Peguei meu notebook e me joguei debaixo do cobertor junto à Sindy.

- Calma! - Ela gritou e saiu correndo do quarto.

~Quando digo que é doida acha ruim...~

Minutos depois, Sindy voltou com um saco enorme de pipoca e um refrigerante.

- Vamos assistir? - Sorri da ação da outra e a mesma sentou ao meu lado.

- Vamos sim pequena.


•VER DO YIBO•

"Esse é o meu fim? Tudo o que vivi vai ser em vão, pelo menos"

Era noite, eu estava em pé na "meia parede" da ponte, pronto pra sair daquela vida, daquele mundo inútil.

- Adeus...

- EI! EI! Rachel! - Ouço a voz de um cara chamando por alguém.

- Hã? - Viro desequilibrando - me um pouco e no mesmo instante o imbecil que tava procurando por uma tal de Rachel me puxou e caímos no chão.

- O QUE VOCÊ TÁ FAZENDO SEU IMBECIL?! - Grito levantando e empurrando o outro que tentava se levantar.

- Oh, eu pensava que era minha namorada, i'm sorry. - Ele sorriu.

"Esse babaca tá de onda com a minha cara só pode."

- Idiota... - Murmuro subindo a meia parede novamente.

- Ei cara!

- Quê que foi agora? - Pergunto impaciente.

- Você quer mesmo fazer isso?

- Você não tava procurando sua namorada, então vai procurar ela e me deixa em paz, droga...

- Olha eu não uso drogas tá amigo.

- Arh... palhaço, tô morrendo de rir vei, VOCÊ VAI DEIXAR EU FAZER O QUE QUERO OU TÁ DIFICIL COLEGA?!

- Oiaa, posso dizer algo antes? - Ele se sentou na meia parede ao meu lado.

- Não.

- Não seja sem graça antes de morrer amigo.

- ...

- Eu salvo as almas do Han. - O encaro e ele sorrir. Logo volto a minha atenção inicial. - Há 5 anos atrás era eu que estava no seu lugar, prestes à cometer o maior erro da minha vida. Mas um hyung me salvou, fazendo - me descobrir o verdadeiro significado da palavra vida.

- Acabou?

- Cala a boca. Eu era cabeça dura assim como você, mas logo tive consciência do quanto o meu caminho era longo, do quanto eu ainda tinha que viver, que ganhar e que perder, mas no final, arh... No final, tudo dava certo.

- Belo discurso, agora vou me retirar-

- Garoto, pense bem no que está fazendo, porque após um passo, não existe volta. - Ele desceu da meia parede e foi embora.

"Será um erro meu?"

Olhei a vista de Seul à noite e abaixei a cabeça mordendo os lábios. Sem querer meus olhos se encheram de lágrimas.

- Não, não, eu vou fazer isso. - Tentei mover minha perna, mas eu estava paralisado.

Eu estava com medo. Desci da meia parede e no mesmo instante não consegui segurar o choro. Meu coração doía constantemente, mas quanto mais eu chorava isso ia se esvaziando de mim.

"Pois é, eu estava errado. Eu ainda posso dá a volta por cima."

Senti uma mão no meu ombro e dei uma breve pausa no choro, limpei o rosto e virei.

- Boa escolha. - O babaca que me deu uma lição de vida disse sorridente.

- Quem é você?

- Meu nome é Hongbin, e você...?

- Yibo... Wang Yibo.

- Hmm, quer jantar com a gente?

- A gente?


                                 ***

- VOCÊ É UM IDIOTA RAVI! EU VOU ENFIAR O CABO DA VASSOURA NO SEU CU SEU FILHO DA PUTA!

- EI! EI! O QUE TÁ ACONTECENDO AQUI?! - Hongbin chegou gritando vendo a bagunça e correria daquele lugar.

- O Wonsik pegou o pandinha do Hagyeon de novo. - Um garoto estranho respondeu Hongbin com os olhos vidrados no notebook.

- Ravi para com isso. - Hongbin cruzou os braços junto de um suspiro.

- Quê? - O cara alto parou na frente do outro esperando uma resposta rápida.

- PEGUEI! - Outro garoto surge do nada saltando em cima do maior pegando um ursinho da sua mão e sai correndo. - OTÁRIO!

- Hagyeon!

- Que foi?!

- Não tá vendo que temos visita?

- Hm.

Todos se reuniram na sala para se apresentar, mas parecia faltar alguém.

- Cadê o Ken e o Hyuk? - O maior perguntou entediado.

- Não sei. - O doido do panda respondeu com o olhar fixo em algo.

- Eles foram pra Busan. - O garoto estranho respondeu todo à vontade na poltrona.

- O QUE?! - Os três garotos gritaram juntos e eu só pude tampar os ouvidos com a mão.

- Descupe Yibo, COMO ASSIM ELES FORAM PRA BUSAN? - Hongbin pediu desculpas e fez a mesma merda.

- Oxe, eles sairam e disseram que iam pra Busan.

- Aarh... Vamos sem eles mesmo. Ravi, N e Leo, este é Yibo.

- E ae. - Ravi disse estendendo a mão. Correspondo.

- Hmm oi. - N saudou acenando. Curvei um pouco a cabeça.

- Que bom. - Leo ignorou saindo da sala.

- Não liga, ele é sempre mal humorado assim mesmo- - Hongbin disse sentando ao meu lado.

- Mentira. - N disse indo atrás do outro provavelmente.

- Queria saber o que tá acontecendo com esse povo, só isso... aff. - Ravi disse tirando o gorro e bagunçando o cabelo.

- Eu também... Eu também. - Hongbin disse colocando as mãos na cintura.

- Então, eu vou embora já está um pouco tarde.

- Você não quer dormir aqui? - Hongbin perguntou.

- É! Por que você não fica? - Ravi se aproximou.

- Não, valeu. - Agradeci indo até a porta.

- Tudo bem, só não vai fazer bobagens viu garoto? - Hongbin alertou - me.

- Saiba que pra mim, você ainda não é considerado meu salvador.

- Hm... - Ele afirmou com a cabeça. - Só... toma cuidado, Seul esconde coisas que você nem imagina.

- Okay. - Debocho. - Eu sei me precaver.

- Espero.


*2 Meses Depois*

- Cadê o dinheiro moleque?!

- Tá me achando com cara de banco? - Sorrio.

- QUER APANHAR MAIS?

- Relaxa hyung, você bateu tanto nele que o cara já tá inconsciente.

- Isso explica o porquê dele rir desse jeito, o mano nem usa droga.

- CALEM A BOCA VOCÊS DOIS! Eu vou ensinar a esse imbecil, que quando alguém tenta passar por cima de mim... Morre, porque eu sou o único que pode está no topo.


    E um soco foi tudo pra mim cair no chão e desmaiar...


Notas Finais


Psé gente... Voltei pior que b.a.p... Mentira, b.a.p é foda ~NOIR melhor álbum!!!~
É isso que tem pra hoje, sei que o capítulo não compensa o tempo que passei pra postar, mas agora vai ficar mais rápido ~Talvez irei postar 2 capítulo por semana~
É isso, bye~~ 🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...