História Vida de k-idol com BTS (imagine) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Originais
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Bulling, Colegial, K-idols, Romance, Taehyung
Visualizações 41
Palavras 850
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Violência
Avisos: Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heyy voltei cedo eeee! Cap curto mas foi feito em um dia só.

Capítulo 18 - Treta


Depois de comermos, voltamos para a escola, infelizmente atrasados, e tivemos que esperar no pátio a aula acabar pra entrarmos na próxima, com a companhia de Sun Vaca Hee.

-Parece que a otária não é tão santa quanto pensavámos, né S/n?- aish!

-Por que diz isso vac... Sun Hee?- ouço Tae rir.

-Chegar atrasada, faltar muito... Você mudou, ou ta se mostrando a verdadeira vagabunda que você é!- dou risada.

-Olha Sun, a única vagabunda aqui é você, que inveja toda é essa? Não tem limites!  Estou cansada já! Todos esses anos eu aguento você e sua falta de amor próprio, mas chega uma hora em que toda a paciência vai para os ares! Então vê se você se toca e limpa a porra do veneno que escorre todos os dias da tua boca!- falo, me virando para ir embora, mas a piranha pega meu pulso com força, me fazendo virar, e deixa um tapa na minha cara. Vejo Tae se levantar e vir em minha direção, mas faço que não com a cabeça.

-Você não deveria ter feito isso...- falo, sorrindo de lado, psicopatamente, admito.

Com raiva, e muita força, solto um soco em seu nariz, que começa a sangrar, ela grita, mas depois puxa meu cabelo, eu, ao invéz de pegar o dela, depositors um outro soco, mas desta vez em sua barriga, ela urrar e se segurar em mim para não cair, aproveitando pra me arranhar, não sentir nada, pois a adrenalina me alcançava, então não demoro para dar mais uma soco, mas a mesma só me arranhou mais, então como seu pé estava próximo e a deriva, uso o meu pé para derrubar o dela, que cai de bunda no chão, ela puxa meu pé e eu acabo caindo, a mesma sobe em cima de mim, e me da uma tapa, não deixo barato e trocou de posição, deixando um soco na cara dela, eu até daria mais, se braços não me tirassem de cima dela.

-Por que tá me segurando idiota?- olho para trás e me surpreendo ao ver ser minha tia, e o pior é que já se formava uma multidão entre nós, a maioria querendo ver mais, idiotas!

-O que você pensar que está fazendo?-pergunta minha tia, ao lado do Tae e Hyuk, um peguete de Sun Hee, que deve ter chamado a minha tia, aish!

-Tia, eu juro, tentei que nem uma trouxa, aguentar essa ai, mas ela não ajuda, e desta vez, eu não aguentei, ela começou, e eu revidei e então se tornou essa briga, estou cansada dela provocaram todos e nada acontecerá com ela, pode me suspender, me castigar, mas ponha um fim nisso, por favor!- ela me olhavam nos olhos brava.

-Na minha sala agora, as duas, conversamos melhor lá, e o resto, para as salas, já!- bufo e a obedeço.

Já na diretoria, esperávamos pela diretora, que não demora pra aparecer, sentando-se na sua cadeira.

-O que aconteceu?- ela pergunta mais calma.

-Essa aí, vulgo a Sun Hee,  me provocam desde que entrei nesta escola, ou seja, desde o primário! E eu ia aguentando, até hoje, ela vive fazendo bullying com os outros, que não contavam nada pois ficamos com medo, já que o pai dela é um grande advogado, e eu já estou cansada! Pode castigar me depois, mas ela merece bem mais que eu!-

-Isso é verdade, senhorita Sun Hee?-

-Não! Pelo contrário, quem pratica bullying aqui é ela, a mesma aproveita que a senhora é a diretora e vive nos mal-tratando!- minha tia a olha com desdém.

-Boa tentativa, mas eu conheço muito bem a minha sobrinha, e sei que ela não faria mal a quem não merecesse! Aposto que seu pai não sabe que você se aproveita do trabalho dele para fazer mal a outras pessoas! S/n pode ir, Sun Hee, você não vai ser expulsa pois tenho fé de que depois da conversa que seu pai vai ter com você, a senhorita tome outras atitudes, mas você além de ter uma suspensão, vai ganhar uma punição quando voltar, fiquei aí enquanto ligo para seu pai...- não ouvi mais pois estava indo pra aula.

Entrei na sala de aula e os olhares foram pra mim, eu pensei que iria receber um monte de xingamentos, mas me surpreendo por todos agradeceram e me parabenizacem pela surra que ela tomou, e eu inevitavelmente sorrindo com aquilo.

-Que porra foi essa? Isso só no meu primeiro dia!? Que máximo!- dizia Min-a pulando de alegria, quando estávamos na saída.

-Não se acostume, isso não ocorre todo dia...-digo pensativa.

-O que está pensando, S/a?- pergunta Yoongi.

-Que? Onde?- falo, depois de perceber que Yoon falava comigo.

-Você está em outros mundos desde que voltou da diretoria, aconteceu algo?- pergunta Kook.

-Não, eu estava pensando na audição... Será que eu passei?-

-Tenho certeza que sim, não se preocupe assim, linda!- fala Tae, me fazendo corar.

-Amém irmãos? Amém!- falo fazendo todos rirem- Bom meninos, tenho que ir, até amanhã, amo vocês!- falo indo para o carro de meu pai, que veio me buscar.

Assim que chego em casa,  recebo mensagens que me chamam muito a atenção:

Mensagens on~

MinMin: MEU DEUS

S/A ME AJUDA

EU ACABEI DE RECEBER UMA MENSAGEM DA BIG HIT

EU PASSEI

Mensagens off~

Já era.

Eu fracassei. 


Notas Finais


A S/n n ta brava com a Min, se acalmem
Logo vcs vão entender tudo muahahahahahahah


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...