História Vida de prostituta (Imagine - Jungkook) - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags ~cheiadeswag, Boate, Drama, Erótico, Hentai, Jungkook, Romance, Sexo, Superação, Você
Visualizações 239
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lírica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello então essa é minha quarta fanfic! Espero que vocês deem muito amor a é essa como dão as outras minhas fanfics ☺. Tive uma idéia do nada de fazer outra fanfic, mas envolvendo a prostituição obrigada que é muito comum hoje em dia. Espero que gostem muito dessa fanfic 💖
Somos 414 favoritos! 🎉🎈
I LOVE BOLINHOS ❤🍚
Boa leitura! 😙📚

Capítulo 33 - Bom saber que você é só minha


Fanfic / Fanfiction Vida de prostituta (Imagine - Jungkook) - Capítulo 33 - Bom saber que você é só minha

Nós nos beijamos. Não foi um beijo qualquer, foi um beijo em que me despertava algum sentimento. 

(S/N): N-nossa, me desculpa

Jungkook: A-ahh... desculpa, foi o calor do momento

(S/N): É... acho melhor você ir

Jungkook: Também acho, até amanhã

(S/N): Até

Ele colocou suas roupas e foi embora, nossa, que homem. Rolou muita coisa entre a gente, e eu estou prestes a tê-lo de volta. Não vejo a hora de viver esse amor mais uma vez.

Jungkook p.o.v

Cheguei em casa e fui direto pro banho, liguei o chuveiro e comecei a refletir de baixo da água caindo sobre minha cabeça. O que está acontecendo comigo? Eu ando meio apaixonado ultimamente, mas esse não é o problema. O problema é com quem eu estou apaixonado. Eu não sei. Não sei se é pela Irene ou pela (S/N). 

Acho que depois dessa noite com a (S/N) eu cheguei a uma conclusão. O que eu sinto pela (S/N) é algo incomparável com o que eu sinto pela Irene. A (S/N) me trás um sentimento tão imenso, tão apaixonado, que é inexplicável. Não que eu não goste da Irene, eu a admiro muito como amiga, como melhor amiga até. E como eu já estou certo sobre quem eu amo, é preciso seguir o meu coração e correr atrás dela. 

Sai do banho, me vesti e fui para uma floricultura. Comprei um buquê de rosas e logo em seguida fui à casa da (S/N). E quando ela abriu a porta para mim, parece que estava surpreendida.

Jungkook: O-oi de novo. Trouxe essas rosas para você. Queria me desculpar pela noite de ontem, eu fui muito irresponsável. Desculpa por deixar aquilo acontecer, eu não deveria ter deixado, deveria ter te levado para casa e só. Prometo que isso não vai acontecer de novo, eu...

-(S/N) interrompe-

(S/N): E quem disse que isso não precisa acontecer de novo? 

Autora p.o.v 

(S/N) puxa ele pra dentro, pega o buquê e deixa na mesa. Logo ela "joga" ele no sofá e começa a beijá-lo por cima dele. Ela tira a camiseta dele e volta para o beijo, mas a campainha toca. 

Jungkook: Você convidou alguém?

(S/N): Que eu saiba, não...

(S/N) viu pelo olho mágico quem era, e era uma pessoa que mal eles esperavam, era uma pessoa que não poderia ver-los juntos, era o Jooheon. (S/N) Pediu para o Jungkook se esconder, ele entrou no banheiro e trancou a porta. Abriu a porta e dessa vez era o Jooheon com um buquê de rosas. 

Jooheon: Eaí meu amooor! Eu tava vindo pra cá e vi essas rosas, achei bem a sua cara, toma, é pra você!

(S/N): Er... obrigada! - O Jooheon olhou para o lado e na mesa tinha um buquê igualzinho o que ele trouxe, mas era o do Jungkook

Jooheon: Hum... parece que alguém passou por aqui, de quem são as rosas?

(S/N): São minhas ué

Ele andou até o sofá e viu uma camiseta branca no chão. Era a camiseta do Jungkook. Não tinha mais como esconder dele... só sei que ele vai ficar furioso. 

Jooheon: Eita (S/NZINHA), já até sei quem tá aqui, mas cê foi bem rápida hein? JOÃO CU MEU BROTHER, PODE SAIR!

(S/N): E-eu, desculpa Jooheon, eu...

Jooheon: Relaxa (S/N), na verdade eu tô aqui para te contar uma coisa, eu conheci uma garota ontem e comecei a ficar com ela, e manooo, ela é maravilhosa...

Jungkook: Certeza que ela é loira, você sempre teve quedinhas por loiras

Jooheon: Sim, acertou em cheio!

(S/N): Que bom, fico feliz por você. Por vocês, sei lá KKKKK

Jungkook: Calma que tô confuso, vocês não namoravam?

(S/N): Não, nunca namoramos!

Jungkook: Ah... bom saber, agora você é só minha

(S/N): Sai garoto - Ele pega na cintura da mesma e da um beijo 

Jooheon: Tchau gente, vela não é pra mim! 

Jungkook e (S/N) passaram a tarde assistindo uns filmes e fazendo muito amor. De noite não foi diferente, eles foram ao mesmo bar de ontem, beberam (não muito), dançaram e curtiram muito.

Saindo do bar, eles planejavam uma noite bem quente no quarto da (S/N). Mas nem tudo que se planeja da certo de verdade, né? Aconteceu uma coisa inesperada antes deles chegarem em casa...

(S/N): Vai ser maravilhoso quando chegarmos em casa... 

Jungkook: Sim, eu vou te foder até você não aguentar mais

(S/N): Hahaha, vou pegar meu celular e ligar pr... MEU DEUS! Não, não, não!!

Jungkook: O que foi??

(S/N): Esqueci meu celular, deve estar na bancada de drinks... 

Jungkook: Fica aqui, eu vou pegar pra você e já volto

(S/N): Ok

(S/N) p.o.v

Eu tava morrendo de frio, só de vestidinho no meio da rua em frente ao bar. De repente, eu ouço uma voz conhecida, mas era a voz que eu nunca mais queria ouvir novamente. 

David: E olha só quem tá aqui... Eu sabia que você era uma putinha que nem a sua mãe, até longe de mim você continuou assim, aceita (S/N), é o seu destino!

(S/N): Cala a boca! O que você quer de mim?

David: Acontece que a boate que era MINHA, faliu. E eu quero você para voltar com os meus negócios

(S/N): Não tenho culpa se você não sabe administrar uma boate, você não vai me obrigar a voltar àquela vida

David: Ah, mas eu vou sim. Vem comigo!

(S/N): NÃO!!

Ele tava bêbado, segurando uma garrafa de cerveja. Eu tava com muito medo, quando eu disse não, ele chegou em mim, segurou em 2meus braços e me empurrou na parede, depois ele se aproximou em mim a bateu na minha bunda. 

Sim, ele fez isso no meio da rua, mas ninguém se preocupava porque todos estavam bêbados e eram pessoas que nem o David. O Jungkook ainda estava lá dentro, ele tava demorando... Espero que ele não venha tão rápido, senão o David machucaria ele. 

"O amor sempre tem um lado ruim, ele sempre é traiçoeiro"


Notas Finais


Opaaaaa eles já estão ficando juntos como antes mas o que será que o David vai fazer? Esse demônio 👿
Avisando que esse é o PENÚLTIMO capítulo, infelizmente 😓
Espero que tenham gostado desse capítulo! 💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...