História Vida e morte por um fio - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Espiritual, Morte, Pensamentos, Reflexão, Vida
Visualizações 22
Palavras 296
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Reflexão...

Capítulo 1 - Capítulo um


A cidade dorme, uma fina garoa cai,estou no ônibus atravessando-a em uma boa velocidade, mais um dia cheio de obrigações, são tantas, preenche-o todo da manhã a noite,embora saiba o que tenho para fazer, compromissos marcados, pessoas para encontrar... Pergunto-me se seria hoje o meu encontro com a morte, seria hoje? Uma juíza com uma espada nas mãos pronta para intervir em minha luta pessoal, sou eu a minha rival não a morte essa é uma serva leal ao Dono do mundo, não há devo temer, bem certo que já veio me buscar, por piedade conseguir mais um tempo viva, depende mais de mim, tenho ciência disso, acredito que quanto mais sabemos mais responsabilidade temos e mais somos cobrados, existe um detalhe, letras miúdas deste contrato chamado Vida,devemos passar o que aprendemos,devemos cativar as pessoas e sobre tudo aprender.

É natural que eu ao olhar pela janela do ônibus pense e como anda a minha evolução,como venho me desenvolvendo, não muito aceitável,um status razoável …”deu o seu melhor” mesmo que não pareça, sou como a semente de mostarda ainda não dá para ver nada, sei que sou meio eterno meio mortal,condições singulares de minha espécie,ao nascer sou tanto céu como terra, carne e espírito e por fim luz e trevas.  Minha humanidade,uma corrente amarrada a minha alma, o livre arbítrio asas feitas de luz e trevas ou melhor do equilíbrio das duas, quero voar mas, não domino,não controlo ambas as asas, sempre uma bate mais rápido é apressada, enquanto a outra mirrada.

O sol desponta entre os prédios,sua luz brilha refletida em superfícies espelhadas, a garoa continua está frio, pouco agora para chegar,falta  o metrô e estarei no trabalho...Ele havia falado que me viu de meu levantar ao meu deitar, uma vida inteira em poucos segundos...    


Notas Finais


...Livros, artigos e mais de Liz em:
http://backuplonelyk.blogspot.com.br/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...