História Vida em Beacon Hills - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Allison Argent, Chris Argent, Derek Hale, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Lydia Martin, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Personagens Originais, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Vernon Boyd
Tags Sobrenatural, Teen Wolf
Visualizações 0
Palavras 1.633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, olá wolfie! Sejam bem-vindos a minha fanfic sobre a vida sobrenatural da alcateia de McCall. Espero que gostem o tanto quanto eu e se gostarem, comentem para que eu saiba <3

Obs: A série é escrita em português, porém, para esclarecer qualquer dúvida, para os personagens, está em inglês!

Capítulo 1 - Início Escolar


           -Narradora

 

A escola pública de Beacon Hills sempre foi conhecida por suas ótimas festas de início de ano, mas por um imprevisto, as coisas acabaram não dando certo. Com tudo de mal a pior para os alunos, Jackson Whittemore, capitão do time de lacrosse e um dos mais bem sucedidos da cidade, salva os adolescentes com uma grande noite de bebidas e música alta.

 

Na manhã de segunda-feira, as consequências foram piores do que imaginado. O que devia ser uma noite divertida, teve um resultado ruim para quatro amigos. Stiles sempre foi bagunceiro, mas podia jurar que sentia seu quarto de cabeça pra baixo. Rebeka passou o dia inteiro se sentindo voar. Lydia mal conseguia deixar seu olhos abertos, assim como a sua postura correta. E mesmo assim, foram todos com a mesma esperteza para o primeiro dia de aula no ensino médio.

 

Como de costume, Stiles e Rebeka vão com o pai até a casa de Scott, vizinho da rua de baixo da família Stilinski, e passam para levar o amigo. O garoto aparece, e mesmo de longe, ele está bem melhor que os outros. Sem rastros de ressaca, ele com sua caneca de café, bebe e quando chega na escola, deixa guardada no mesmo lugar de sempre. Scott, Stiles e Beka eram amigos de sempre e para sempre, e já estavam mais que acostumados a andar juntos. Sempre se metiam em encrencas e fazer bagunça era típico. E para completar o grupo, esperando na mesa do pátio da escola, a doce ruivinha Lydia Martin era a outra parceira de crime. Os quatro se encontram e assim que o sinal toca, Scott McCall, Stiles Stilinski, Rebeka Stilinski e Lydia Martin estão oficialmente no ensino médio.

 

Com o primeiro horário na mesma classe, Scott e Stiles sentam um ao lado do outro e logo se juntam a bagunça do fundo da sala. O barulho já estava se tornando ensurdecedor, quando o movimento da maçaneta faz com que todos se comportem e vejam a entrada da loira misteriosa que assim que deixa sua bolsa de mão na mesa dos professores, se vira para a turma e solta um longo respiro:

 

Professora: Bom dia. Sou a senhorita Abell, mas se preferirem, me chamem de Elisabeth. Serei a nova professora de Língua Inglesa de vocês. Para os que estão pensando que estou no país errado, o sotaque é britânico mas não irá prejudicar em nada as aulas. O inglês americano é o meu forte.

 

-Stiles bate na coxa de Scott, que está sentando ao seu lado-

 

Stiles: Loirinha britânica precisa de ensinamento americano!

 

 

Scott: Stiles! Você prometeu que professoras, não mais.

 

Stiles: Cara, a loirinha não deve ter mais de vinte anos, dá mole nessa.

 

Scott: A loirinha ainda é sua professora e você vai me prometer que nada vai acontecer!

 

Stiles: Por que eu prometeria isso?

 

-Scott levanta a sobrancelha, e com um simples olhar, Stiles revira seus olhos, com um ar de frustração-

 

Stiles: Ok! Nada de loirinha britânica. 

 

Scott: Stiles...

 

Professora: O que os dois rapazes falam tanto?

 

Scott: Desculpe, professora.

 

-Stiles se reclina na cadeira e morde os lábios, mas logo é cortado de seu sonho erótico com um tapa na cabeça de Scott-

-Scott lança um olhar sério para o amigo, que ri mesmo não sabendo se de brincadeira ou nervoso-

 

                -Narradora

O sinal para o almoço toca e logo os corredores começam a encher de desesperados e famintos correndo para o refeitório. O pior local da escola. Com pouca ventilação, um forte cheiro de comida e desconhecidamente um grande número de pessoas, os garotos não eram tão bestas a ter que enfrentar tudo isso. Enquanto as pessoas se matavam no refeitório, eles já tinham a sua própria mesa no pátio da escola. Rebeka e Lydia se encontram no corredor e vão até seus armários buscar seu almoço:

 

Rebeka: Ouvi dizer que tem britânica loirinha pela área.

 

Lydia: Elisabeth Abell. 23 anos. Nasceu na Inglaterra mas fez faculdade na América. Solteira e bonita, é nossa professora de Inglês.

 

Voz misteriosa: FBI precisa de pessoas assim.

 

-Rebeka e Lydia se encaram e, ao olharem para o lado, uma pequena portinha de outro armário esconde o rosto de uma garota misteriosa-

-As duas, mais espertas e amigas do que nunca, se acertam com um olhar e fecham os armários com força e rapidez-

-Uma garota alta e morena se revela e, com medo das duas, tenta correr-

-Rebeka e Lydia seguram pelo braço da garota e ficam a sua frente, fazendo ela dar lentos passos para trás-

 

 

Rebeka: Perdeu, playboy. Tá achando que pode falar da gente? É novata pelo setor né?

 

Lydia: Então pra não dar outra errada dessas, te liga aí. Nós que manda nessa porra aqui, tá ligada? Não te mete não.

 

 

-A garota aperta seus livros contra o peito, e segurando as lágrimas, vê as duas caírem na gargalhada-

-Ela fica sem entender e planejando sair novamente, elas tentam se explicar-

 

 

Lydia: Desculpa, estamos formando uma quadrilha e precisamos de mais um integrante.

 

-A garota se espanta, como se não fosse a primeira vez que ouvisse-

 

Rebeka: Não da tanta informação, "nós" não é a única no setor. Desculpa, entusiasmo.

 

Lydia: Eu sou a Lydia, ela é a Beka. Qual seu nome, nova laranja?

 

Garota: Allison. Allison Argent.

 

 

             -Narradora

Sem tempo para almoçar com as garotas, Scott e Stiles correm no meio da multidão para o vestuário masculino, com a mochila aberta e ainda ajeitando o uniforme. Era dia de teste para o time de lacrosse. O esporte preferido dos meninos desde que se entendem como gente. Assim que conseguem entrar, os garotos pegam as camisas do time de teste e Stiles acaba notando um grande ferimento na cintura de Scott:

 

Stiles: Que porra é essa?

 

Scott: Cara, sei lá. Foi da festa de ontem. Acordei com minha mãe já fazendo curativo. Não parece tão mal. É uma mordida ou algo do tipo.

 

Stiles: Você tem literalmente uma mordida gigante na sua cintura e "não parece tão mal"? Depois eu que sou o idiota né?!

 

-Scott se irrita e tira o curativo do machucado-

 

Scott: Não tem marcas, não sangra e não dói. Eu me sinto bem e vou fazer o teste!

 

-Stiles arregala os olhos e antes de falar qualquer coisa, o treinador chama os garotos para o campo-

 

                 

                     -Narradora

Lacrosse era o esporte da escola e os alunos sempre valorizaram. Na arquibancada, garotas afim de novos ficantes, garotos que simplesmente gostavam e aqueles que só iam para matar aula. Rebeka, Lydia e Allison estavam na parte de cima, de hora vaga e para apoiar os amigos. Stiles mal conseguia ficar parado, enquanto Scott parecia calmo e concentrado. Os dois, sentados no banco e se preparando para entrar no campo, veem o capitão do time, Jackson, se aproximar:

 

Jackson: Queridos perdedores, vamos poupar tempo e façam favor de irem para casa. O time já tem gentalha o suficiente.

 

Stiles: Faz você o favor de sumir, embuste.

 

Jackson: Meninas, acalmem os hormônios. Papai só está dando uma dica para que ninguém chore mais tarde.

 

Stiles: Sai daqui, mano!

 

-Scott fura a rede de seu taco de lacrosse e solta no gramado, logo indo até o treinador-

-Stiles não entende o comportamento do amigo e quando vai pegar seu taco, é chamado-

 

Treinador: Perdedores, todas as posições estão vagas, menos a de capitão que já está colocada a Jackson Whittemore. Parabéns novamente, garoto. O resto pode se matar para conseguir uma posição. Fila, agora!

 

-O treinador apita e faz com que todos saiam-

-Ele pega no braço de Scott-

 

Treinador: McCall, vai pro gol filho. Depois cê treina.

 

Scott: Ok.

 

-Scott sai com raiva, mesmo sem ter um real motivo-

-Na arquibancada, as meninas conversam-

 

Rebeka: Então, aquele ogro playboy no meio do campo é o Stiles.

 

Lydia: Irmão dela. Gêmeo.

 

Rebeka: Não poderia ser tão bonita e feliz, certo?

 

-Allison ri-

 

Lydia: O moreno no gol é o Scott. Um dos nossos amigos.

 

Allison: Stiles e Scott. Ok! E vocês se conhecem desde quando?

 

Rebeka: Desde que nós entendemos por gente. 

 

Allison: Uou! E vocês sempre estudaram juntos e todas essas coisas?

 

Lydia: A gente faz mais coisas juntos do que você imagina.

 

 

-Allison sorri para as novas amigas-

 

 

Treinador: Atenção!

 

-O treinador apita e o treino inicia-

-O primeiro garoto vai para frente e se prepara para jogar-

-A raiva de McCall desaparece e ele logo fica com medo do time, temendo errar e não ser escolhido-

-O garoto joga a bola e sem mesmo perceber, Scott pega com a maior facilidade-

-Depois de bastante tempo pegando todas as bolas, Jackson assume e deixa Scott nervoso novamente-

-Stiles, que já havia tido sua vez, como todos os outros da arquibancada, olham para os dois com precisão e medo do que possivelmente poderia acontecer-

-As coisas passam a ficar em câmera lenta para Scott, que vê a bola forte de Jackson vir em sua direção e pega como qualquer outra-

-O capitão, frustrado e com raiva, joga seu taco no chão e sai, enquanto o resto do time vai até McCall para comemorar com o garoto-

-As meninas na arquibancada, junto de Stiles, comemoram de longe-

 

           

                 -Narradora

Na hora da saída, Allison acaba indo cedo, sem ter oportunidade de falar com os meninos. Os quatro se encontram no estacionamento e o assunto não saía do treino. Scott, que ficou sério e sem demonstrar um pingo de felicidade em nenhum momento, se despede e diz que precisa ficar sozinho. Mesmo não entendendo, os amigos aceitam e deixam ele ir. Assim que o pai de Stiles e Beka aparece para levá-los, Lydia pega sua bicicleta e assim vai.

 

Com um primeiro dia mais divertido do que imaginado, os quatro, que agora passaria a cinco, mal esperavam pelo o que poderia acontecer.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Obrigada por ler, wolfie! Espero que tenha gostado, comente sua opinião, gostaria de saber!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...