História Vida longa ao mal - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Descendentes
Personagens Carlos de Vil, Doug, Evie, Jane, Jay, Mal, Príncipe Ben
Tags Ben, Descendentes, Descendentes 2, Mal
Visualizações 30
Palavras 1.325
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OI GENTE!!!
HOJE TEM AULA MAL, AULA COM QUEM? COM A EVIE, BORA VER O QUE ACONTECE.

Capítulo 7 - Reconciliação???


POV Mal

Acordei (como sempre) com a minha mãe escandalosa. 

-MAL, ACORDA HOJE E SEGUNDA, VOCÊ TEM QUE IR PRA ESCOLA! 

-TÁ MÃE, JÁ ACORDEI. 

Pessoa chata, caralho é impressionante, não pode trocar de mãe nem um pouco. Levantei e fui pra minha suíte tomar um banho e me arrumar, terminei de me arrumar então desci para tomar café. 

-Toma seu leite. 

Fiquei quieta, a última vez que agradeçi perdi minha melhor amiga, então agradecer na frente da minha mãe, não isso nunca mais vai acontecer. Terminei de comer e eu estava me levantando quando minha mãe me segurou pelo pulso e sussurrou no meu ouvido. 

-Sem agradecer. 

Olhei pra ela que me olhou com um olhar de morte, então fiz que sim com a cabeça, fui pegar minha muchila e sai de casa indo em direção a escola. Quando cheguei lá tinha gente do lado de fora conversando e o portão fechado, ótimo cheguei atrazada. Droga e agora, fui até a secretaria pra poder perguntar. 

-HE, o moça que horas eu vou poder entar? 

-Só na segunda aula. 

-Valeu. 

Sai e fui sentar em frente ao portão a única coisa que posso fazer e esperar, peguei meu celular e fiquei jogando um joguinho que eu tinha ali. Minha bunda começou a doer de tanto tempo que eu tava sentada no chão, então me levantei um pouco e só fiquei encostada e continuei mexendo no meu celular. 

-Melhor quardar daqui a pouco já vamos entrar. 

Olhei pra frente e era o Jay. 

-Onde você tava eu não te vi, estou aqui faz tempo. 

-Eu acabei de chegar, quando vi que eu tava atrasado voltei a dormi e só cheguei agora. 

-Você poderia ter dito isso. 

-Eu ia saber que você chegou atrasada. 

-Ai tá bom idiota, e falando em idiota, foi você que mandou o Ben ir lá em casa né besta. 

Falei dando um tapa no ombro dele. 

-Só to apanhando. 

-Foi o primeiro tapa que te dou nessa semana. 

-A Evie também me bateu quando... EH acho que o sinal tocou. 

-Não, não tocou, vai fala. 

-Quando vocês brigaram, ela acha que a culpa e minha. 

-Entendi. 

-Você não ficou brava? 

-Não. 

-Mas... 

Agora o sinal tocou, eu e o Jay fomos pra sala de Artes, bati na porta. 

-Bom dia professora. - Jay. 

-Agente pode entrar? - Eu. 

-Sim, sentenses aqui na frente. - Professora. 

-Na frente?  Mas... - Jay. 

-Mas ta bom prof. - Eu. 

Nos sentamos,  eu na primeira carteira do lado da parede e o Jay bem atras de mim. 

-Só está feliz de sentar aqui na frente porque fica longe da Evie. 

Ele diz baixo

-Cala a sua boca. 

Tambem sussurrei, para a fessora não ouvir. 

-Não é a verdade. 

-Não acredito que vai arrumar treta só porque teve que sentar na frente.

-A culpa e sua. 

-OH, não fica bravo não bebê. 

-Cala a boca Mal. 

-Ta com biquinho. 

-Não estou. 

-Silêncio vocês dois aí. - Professora. 

-Ta bom. - Jay. 

POV Evie

Eu olho pra Mal e não parece que ela ta triste, abalada ou alguma coisa do tipo, bem diferente de mim, parece que eu perdi metade de mim. 

A aula acabou e todos sairão da sala e foram para seus armários pegar os livros e cadernos da próxima aula, e eu também fui pro meu armário, sorte a Mal não tava lá, não ia ter o que falar. 

POV Mal. 

Já estava indo pra sala quado alguem me puxa pelo braço ate o outro corredor que estava vazio. 

-Já conversou com ela? 

Quando finalmente consegui ver o rosto da pessoa, era o Ben. 

-Sim ou não Mal? 

-O quê? 

-A Evie, você já falou com ela. 

-Todo esse alvoroço por nada. 

-Sua melhor amiga e nada. 

-Não,  mas... 

-Você ainda não respondeu, falou com ela? 

-Não, vou falar com ela no intervalo. 

-Sei. 

-A Ben você acha mesmo que eu ia ficar perdendo tempo de falar com ela. 

-Você podia falar com ela quando agente saiu da sala. 

-Eu até tentei mas ela já tinha saido. 

-Tentou é? 

-Não acredita em mim? 

-Não, porque você e muito cabeça dura. 

-Muito obrigada. 

-De nada. 

-Bobo, vem vamos pra sala. 

Falei puxando ele, entramos e sentamos perto um do outro. 

-Vou ficar de olho pra ver se vai falar com a Evie. 

Ele cochichou no meu ouvido. 

-Eu já disse que vou. 

-To de olho. 

-Não ta não, porque agora você ta prestando atenção na aula. 

-Engraçadinha. 

Ele falou se virando pra frente. 

POV Evie. 

Agora não to entendendo mais nada, eu briguei com a Mal por causa do Ben, mas ela ta coladinha nela, então briguei com ela por nada foi isso, ai ninguém merece, eu to indignada. 

POV Ben. 

A aula acabou e bateu o sinal do recreio, eu e a Mal saímos em direção ao refeitório. 

-Vai falar com ela. 

-Ela nem chegou ainda. 

-Mal para de enrolar. 

-Você disse ontem que não ia me pressionar. 

-Pra outras coisas. 

-Idiota. 

-É você. 

Ela bufou. 

-O ela ali, junto com os meninos, vai lá Mal. 

-Mas... 

-Agora. 

-Você ta parecendo minha mãe e isso não e bom. 

Ela falou se distanciando de mim e indo em direção a mesa que a Evie e os garotos estavam. 

POV Mal. 

Ai eu odeio o Ben, fui chegando perto da mesa onde eles estavam e sentei do lado da Evie. 

-EH, bom Evie será que agente pode conversar? 

-Claro. 

Ela falou tão empolgada que parece que vai explodir. 

-Da pra vocês sairem. 

-Já estamos indo Mal. - Carlos. 

Eles saíram e só ficou eu e a Evie. 

-O que você quer falar. 

-Primeiro desculpa, segundo desculpa e terceiro eu fui muito burra você só queria me ajudar, e eu, eu fui dura com você. 

-Primeiro ta perdoada, segundo ta perdoada e terceiro a culpa não e só sua eu tambem errei, eu fui muito precipitada, queria ver você com o Ben e acabei passando dos limites. 

-Pra falar a verdade, você também errou mesmo.

-Na cara assim mesmo. 

-Você sabe como eu sou. 

-É, você não e igual as outras garotas,  você e melhor. 

-Valeu, você também é. 

Olhei para o Ben que fez "OK" com a mão. 

-Vocês tão bem juntos né? 

-O que? Não, claro que não. 

-Mal, você não me engana. 

-Tá, sim agente tá se entendendo bem. 

-Só? 

-Só, senhora Evie. 

Ela riu, mesmo estando amigas ainda e bem difícil ter aquela amizade de antes. 

-Vou poder contar com você pra tudo de novo? 

-Que pergunta Mal, e claro que sim, somos melhores amigas de novo. 

-Valeu, e eu preciso te contar uma coisa depois. 

-Conta! 

-Aqui não é uma coisa mais pessoal. 

-Sobre? 

-Eu e o Ben, não grita pra escola inteira ouvir. 

-Como você sabia? 

-Por que você adora shippar Malen. 

-Você criou esse nome? 

-Sim, porque ta ruim? 

-Você mesma tá se shipando com o Ben. 

-Isso é culpa sua, olha o que você fez. 

-Por isso que eu me adoro. 

Ela falou mostrando a língua pra mim. 

-Falando em Ben, podemos ir lá falar com ele.  

-Porque? 

-Ele que pediu pra mim vim falar com você. 

-Então você só veio falar comigo por causa dele?

-Não, eu já tava pensando em falar com você,  antes de ele ir lá em casa. 

-Ele foi na sua casa? 

-Era o que eu ia te falar, tem outros detalhes, conto pra você depois, anda vem os meninos tão lá também. 

-Beleza.  

Fomos em direção aos meninos que estavam conversando. 

-Falando sobre o que? - Eu. 

-AH, oi Mal! - Ben. 

-Ai Romeu a Evie também existe. - Carlos. 

-Deixa o apaixonado. - Evie. 

-EVIE. - Eu. 

-Parei. - Evie. 

-Ficou bravo por que Mal, ficou com vergonha. - Jay. 

-Cala a boca. - Eu. 

Todos riam menos eu, todos aqui sabem que odeio que me pressionem pra ficar com o Ben, mas agora não é hora de dar um soco na cara de ninguém, é hora de diversão. 





Notas Finais


Gostaram???
ELAS VOLTARAM A SER AMIGAS, EEEEEEEBBBBBBBAAAAAAAAAAAAAAA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...