História Vida Nova! - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 22
Palavras 1.403
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Reencontro!


     ⭐⭐⭐⭐ Min Sook ~on ⭐⭐⭐⭐


Abro meus olhos devagar e vejo aquela cena de sempre quando o Suga acorda primeiro, ele estava me olhando passando a mão no meu cabelo ( olha até rimou kkk ).


Suga: Boa dia minha bravinha - diz me dando um beijo calmo -

Eu: Bom dia meu açúcar - digo com um sorriso nos rosto -

Suga: Dormiu bem? - diz deitando a cabeça no meu peito -

Eu: Dormi e vc? - digo acariciando o cabelo dele -

Suga: Muito bem - diz sorrindo - Adorei a noite - disse com um sorriso malicioso - Vamos repetir? - ele começa a mi beijar -

Eu: Há não Suga, tô com preguiça - digo parando o beijo -

Suga: vc conseguiu estragar o clima - ele bufa me fazendo rir -

Eu: Aé? - digo rindo - quer tomar banho com migo? - digo me levantando me cubrindo com o lençol -

Suga: Tô zangado com vc - ele diz se sentando de costas pra mim -

Eu: então eu já vou - digo sorrindo e indo para o banheiro -

Suga: Tá, eu vou só por que vc tá insistindo - diz me fazendo rir -


Fomos tomar banho com água quente, teve várias mãos bobas e beijos más só isso, terminamos de Banhar e fomos para a cozinha preparar o café, preparamos o café ( óbvio ) algumas torradas com Nutella e geleia de uva, fizemos panquecas com mel bem morninho suco de laranja, ( pra quê tudo isso? ) – meus pais viriam passar o dia com migo estão aproveitando a folga deles e hj é domingo dia da família, o Suga tava me ajudando – terminamos tudo e arrumamos a mesa.


Eu: Obg, açúcar - digo abraçando ele -

Suga: De nada - diz e me dá um beijo na testa - eu já vou indo, seus pais já devem está vindo 

Eu: Tudo bem, nos vemos mais tarde - digo e acompanho ele até a porta, abro a porta e ele me beija, escutei um barulho de alguém fingindo está tucindo e olho pra porta - Omma, Appa - digo meio envergonhada - vcs já chegaram ? 

Appa: Sim 

Eu: Entrem - digo dando passagem pra eles entrarem -

Suga: Eu já vou indo - diz ele me dando um abraço - 

Omma: À onde vc vai? - ela pergunta -

Suga: Pra minha casa 

Omma: Onde vc mora? 

Suga: No apartamento 604 - diz com um sorriso de canto -

Omma: Pq não fica com a gente? - ela pergunta e meu coração quase pula do meu peito - 

Suga: À Sook disse que hj é o dia da família e não quero atrapalhar - diz -

Omma: Quê isso, vc não vai atrapalhar - ela diz levando ele até a cozinha - já tomou café ? - pergunta pra ele -

Suga: Não

Omma: Então vamos tomar todos juntos - ela diz com um sorriso, ela olhou pra mesa e ficou surpresa -

Eu: Que foi Omma, não gostou? - pergunto com receio do que ela vai falar, ela tava olhando tudo que tinha na mesa não só ela más meu Pai tbm -

Omma: Eu só estou supresa, pq vc não costuma fazer café da manhã no dia dá família - ela diz - 

Eu: Eu Não ia fazer.. só que o Suga insistiu pra eu fazer, ele disse eu deveria parar se ser preguiçosa - eu digo e sento na mesa -

Omma: Bom... Obg Suga por ter ajudado a minha filha, sente-se - diz apontando para a cadeira do meu lado -


Ficamos em um silêncio profundo e desconfortável, meus pais estavam encarando eu e o Suga até meu pai falar algu.


Appa: Vcs estão namorando? - ele pergunta e eu quase cuspo o suco que tinha na mimha boca - 

Eu: Não - digo me recuperando -

Appa: Estão Juntos? - eu digo que não com a cabeça - nem ficando? 

Eu: o Senhor que parar - digo olhando para o meu prato -

Appa: Oq significa aquele beijo de vcs hj na porta? - ele pergunta me fazendo olhar pra ele -

Suga: Olha senhor Min é o seguinte, eu gosto muito da sua filha e tenho certeza que ela gosta de mim tbm... - meu pai o interrompi -

Appa: como vc sabe que ela gosta de vc? - pergunta olhando fixamente para o Suga -

Suga: Sei que isso não é um tipo de coisa que se fale para os pais da pessoa que vc gosta ... Más eu e ela ontem à noite a gente... - meu pai o interrompi de novo -

Appa: já sei vcs fizeram amor.. - diz e eu arregalo os olhos -

Suga: Sim, não só por isso tbem temos muitas coisas em comum e eu ... - ele faz um pausa e segura minha mão olhando pra mim e depois para os meus pais - sinto que devo protegê-la - ele diz e aparece um sorriso bobo na minha boca -

Appa: Vc parece um cara muito bom para a minha filha e ela nunca gostou de ninguém  e se ela está com vc é por que ela sente algu muito forte e fez uma boa escolha - diz olhando pra mim sorrindo - se quiserem namorar eu apoio - diz colocando um pouco da panqueca na boca -

Omma: eu tbm, vc são tão lindinho juntos - ela diz -

Eu: Obg Appa e Omma - digo dando um riso pra eles -

Continuamos à tomar o café dessa vez sem silêncio, todos estavam conversando e sorrindo o dia estava sendo muito divertido, já estava tarde e meus pais foram em bora eu e Suga ficando assistindo TV, o sofá era daqueles que virava uma cama então estavamos deitados assistindo  o sono foi chegando e eu dormi mais acordei com batidas na porta, o Suga Ainda estava dormindo então fui abrir, era aquele homem de novo, ia fechar a Porta mais ele não deixa ..


Eu: Oq vc quer? - perguntei seca -

Homem: Conversar - ele diz -

Eu: Mais eu não quero - digo e tento fechar a porta de novo más ele não deixa -

Homem: Por favor me deixa falar com vc - ele diz com a mão segurando a porta -

Eu: Fala logo Luiz - digo sem paciência -

Luiz: Queria te pedir desculpas - disse com a voz baixa -

Eu: vc acha que eu aceitaria um pedido de desculpas a uma pessoa que me maltratou - digo brava e segurando o choro - 

Luiz: Por favor as minhas desculpas são sinceras - diz se aproximando e mim -

Eu: Se afasta de mim - disse já com lágrimas nos olhos - Vai em bora por favor, volta pro Brasil e me deixa em paz.

Luiz: Vc me desculpa? - pergunta com lágrimas caindo no rosto -

Eu: acha que isso aí caindo no seu rosto vai me fazer te desculpar, eu nunca vou te perdoar, nunca, vc fez a minha vida um inferno - disse chorando e aumentando o Tom da minha voz -

Luiz: por favor - diz chegando mais perto - eu tô arrependido - diz se aproximando mais -

Eu: Sai.. eu não vou cair nas suas garras de novo - digo me afastando dele - Sai - digo aumentando a voz -

Suga: Oq que tá acontecendo aqui? - Suga chega atrás de mim e eu o abraço forte - Sook oq houve? - diz ele retribuindo o abraço -

Eu: Manda ele ir em bora por favor - digo chorando -

Luiz: Sook Pf me desculpa me perdoa - ele diz com a voz de choro -

Eu: SAI - grito -

Suga: Vc pode ir em bora - Suga diz empurrando ele pra fora -

Luiz: Quem vc pensa que é? - ele pergunta bravo -

Suga: eu sou Min Young filho do dono desse prédio se vc não for em bora agora eu chamo a polícia - ele diz com a voz grossa e Luiz vai em bora - NÃO VOLTE NUNCA MAIS AQUI - ele grita essa parte e tranca a porta - Sook oq houve? Vc tá bem? - ele vem na minha direção e me abraça -

Eu: Eu Não tô nada bem Suga - disse chorando e molhendo toda a camisa dele - Só quero ficar em silêncio - disse -

Suga: tudo bem - ele me leva para o sofá e deita com migo - Eu tô aqui Sook eu tô aqui - diz no meu ouvido, me fazendo virar pra ele e abraça- lo forte, até que dormir de tanto chorar .....



⭐⭐⭐⭐⭐⭐ CONTINUA ⭐⭐⭐⭐⭐⭐








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...