História Vida Preciosa - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Personagens Gon Freecss, Hisoka, Illumi Zoldyck, Killua Zoldyck, Kurapika, Leorio Paradinight, Personagens Originais
Exibições 13
Palavras 869
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Sei que demorei, porém finalmente fiz uma capa para essa fic.

Boa leitura. ~ ;3

Capítulo 9 - Vida Preciosa


Fanfic / Fanfiction Vida Preciosa - Capítulo 9 - Vida Preciosa

~ LUKE ~

Bom, eu queria me confessar agora mais, melhor agora não... Já sei irei leva lá ao parque de diversões! E ao anoitecer irei me confessar para ela, ou não me chamo mais Luke, chega de ser um covarde nesse tipo de assunto! Vamos lá novo ou antigo “eu”, sei que tu consegue quando quer!

- Ei Cari-chan, gostaria ir ao parque de diversões comigo? – a pergunto corado e complemento – Soube que ele irá abrir daqui a pouco.

- Vamos! – Carina me respondeu animada.

Então seguramos nossas mãos e chegamos bem na hora em que ele abriu. Andamos nos brinquedos por horas e horas. E por fim decidimos passar nas barraquinhas, e logo notei que ela estava olhando um coelho preto.

- Você quer aquela pelúcia? – Eu disse comprando as fichas para participar e conseguir.

- Sim. – Carina disse corada, e ela estava tão fofinha assim...

- Se você derrubar tudo pode levar a pelúcia que quiser. – disse o dono da barraca me dando uma espingarda com três munições.

Então após o dono da barraca falar acertei os três tiros na base pirâmide de forma que derrubasse tudo de uma vez.

- Escolha a pelúcia. – disse o dono.

- O coelho preto. – Eu respondo educadamente.

Então o dono me entrega o coelho e logo em seguida eu o entrego para Carina dizendo:

- Aqui está, é para você minha princesa.

- O-obrigada! – Carina responde quase fazendo cosplay de tomate.

Então voltamos a andar no parque e depois nos cansamos da multidão e voltamos para o campo florido, que por sinal de noite fica muito mais bonito de noite.

~ CARINA ~

Bom, irei confessar sobre o que eu pensava da minha vida para Luke, espero que ele não se afaste de mim...

- Sabe Luke... – digo tímida.

- O que foi Cari-chan? – Luke perguntou um pouco corado.

- Antes eu pensava e ás vezes penso ainda que minha vida é algo dispensável/descartável, virei uma assassina após um tempo depois de conhecer meu pai adotivo e achei algo útil da minha vida: Matar pessoas extremamente corruptas. Mas após te conhecer você... – respondi confessando meu passado completamente tímida.

~ LUKE ~

Que surpresa! Ela também é assassina? E por essa descrição “matar pessoas extremamente corruptas” denuncia que ela faça parte da No Name também, mais como eu não achei ela em todos esses quatro anos? Vou aproveitar logo esse desfecho e me confessar para ela! Então eu colo as nossas testas, coro e digo tentando me confessar:

- Carina, você pode até pensar assim em relação a sua vida, mais para mim a sua vida é preciosa, mais importante até mesmo que a minha própria vida. Sei que somos amigos há poucos dias, mais eu te amo desde quando éramos amigos de infância e você também me amava tanto que fizemos a promessa de nós casarmos quando éramos pequenos. Sei que eu não sou o melhor rapaz ou pretendente para se ter como namorado mais mesmo assim eu gostaria sempre de te apoiar e estar presente nos momentos mais importantes de sua vida, tanto melhores quanto os piores, e é com esta determinação que eu lhe farei a seguinte pergunta. – dou uma pequena pausa para pegar fôlego e complemento a perguntando – Gostaria de ser minha namorada?

~ CARINA ~

Eu realmente não esperava está confissão tão linda de alguém que eu conheci há pouco tempo, mais de fato eu não posso negar que eu sinto algo por Luke. E de fato após essa confissão eu finalmente sinto que minha vida é algo realmente importante, será que finalmente sinto que sou amada por outra pessoa além do papai Illumi e do papai Hisoka? Eu falarei tudo o que se passa em minha mente em relação a ele aqui e agora!

- Eu irei aceitar esse pedido de namoro, não como uma obrigação por receber palavras tão belas como essas, e muito menos por culpa por ser a menina que você amou por todo esse tempo, mais sim porque sinto algo por você, Luke, a cada mensagem, a cada toque e a cada troca de olhares eu me sinto mais viva do que nunca havia me sentido antes. Eu não esperava que alguém fosse se confessar assim tão cedo para mim, e acima disso falar que dá mais importância a minha vida do que a própria me deu mais vontade ainda de aceitá-lo como namorado, assim me faz pensar que minha vida é realmente preciosa e se eu sou realmente uma garota ideal para ser sua namorada... – respondo com as bochechas totalmente coradas e com as testas ainda coladas.

~ LUKE ~

Nossa, ela aceitou! Ela Aceitou... ELA ACEITOU! Eu acho que irei explodir de felicidade, mais não posso explodir ainda.

Então ainda com o coração quase saindo pela boca de tanta felicidade, eu a beijo apaixonadamente e a mesma retribui.

- Lógico que você é minha garota ideal. - sussurro no ouvido de Carina.

~ CARINA ~

Nossa a primeira confissão que recebo na vida e em seguida meu primeiro beijo. Acho que se eu morresse agora eu morreria feliz!

E então eu sinto uma presença não muito longe de nós dois e então o olhamos para ver quem era...


Notas Finais


Obrigada por lerem até aqui e até o próximo capítulo! ~ ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...