História Vidas diferentes! - Fanfic lésbica com Demi Lovato - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Little Mix, Miley Cyrus, One Direction
Visualizações 334
Palavras 1.347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boaaa leituraaaa divaaas!!

Capítulo 44 - Meg? Meg!


 Acabei adormecendo e nem percebi, só acordei, pois os pés gelados da Lovato entraram em contato com os meus.

(S/n): Tava com os pés na geladeira? - perguntei rindo e me virando para ela.

Demi: Ah, desculpa te acordar.

(S/n): Tudo bem - disse dando um selinho dela - boa noite meu bem.

Demi: Boa noite amor.

Me aconcheguei nos braços da Demi e acabei dormindo enquanto ela fazia um cafuné na minha cabeça.

Acordei com batidas na porta, me levantei e caminhei até a porta, quando abri era só o Zayn.

(S/n): Fale Zaza.

Zayn: Vamos almoçar?

(S/n): Que era horas são?

Zayn: Quase meio dia.

Demi: Bom dia - disse se aproximando de nós.

Zayn: Se arrumem, vou esperar vocês na recepção.

(S/n): Okay.

Zayn saiu e fechou a porta.

(S/n): Dormiu bem?

Demi: Siiim - disse Demi me dando um beijo logo em seguida.

(S/n): Vamos nos arrumar para ir almoçar? - perguntei enquanto separava o beijo.

Demi: Vamos sim.

Nos arrumamos e caminhamos até a recepção, quando chegamos lá Liam, Leigh-Anne, Zayn e as meninas estavam sentados esperando a gente.

Dinah: Eu quero comer xis.

Demi: Porcaria essa hora não.

(S/n): Eu apoio a Dinah.

Zayn: Também.

Liam: Tem um restaurante aqui perto que eles fazem xis e tem buffet de comida também.

Leigh: Acho que vamos nesse, né?

Demi: Sim, mas não gosto de você incentivar a Dinah comer besteira - disse olhando para mim.

(S/n): É uma vez só, deixa a menina.

Demi: Ta - disse ela me dando um selinho.

Fomos até o restaurante, depois de almoçarmos, voltamos para o hotel e nos arrumamos para passar a tarde na praia. Leigh e Liam disseram que cuidariam das meninas hoje para nos deixar sozinhas. Acho que pelo fato da Leigh-Anne não poder ter filhos acaba com que ela meio que adote as nossas meninas, mas isso é bom, sempre que tenho algum palno com a Lovato, a Leigh fica com elas.

Eu e Demi estávamos na recepção do hotel até que ela segura meu braço.

(S/n): Anh?

Demi: Esqueci o protetor solar, acho bom eu ir lá buscar, não vai nada legal se nos queimarmos.

(S/n): Verdade, lembro da última vez - disse rindo.

Demi: Não ri, já volto.

(S/n): Okay - disse enquanto a puxava pela cintura e dava um beijo nela - corre.

Demi pegou o elavador, fiquei ali mesmo de pé esperando. Demorou bastante tempo até, o elevador subia e descia com várias pessoas, mas nenhuma delas era a Demi, finalmente eu vejo ela.

(S/n): Mas que demo...- ela não deixou eu completar a frase e começou me arrastar para fora do hotel, mas antes observei que no elevador estava a Meg.

Assim que saímos do hotel fomos para a praia. Passamos a tarde passeando pela cidade do México, era bom e divertido, só o fato de não me preocupar com a Dinah e a Normani era perfeito, mas já estava com saudade das meninas. Quando eu voltei para o hotel junto a Demi, nós tomamos banhos e nos vestimos, ficamos vendo uma série qualquer esperando o pessoal voltar, Demi estava meio mal, com dor de cabeça, não deve ser muita coisa, mas resolvemos ficar ali apenas. Senti meu celular vibrar e o peguei.

*Mensagem On*

Zayn: Estamos num restaurante de comida chinesa, você e a Demetria vem?

(S/n): Vocês estão no México para comer comida chinesa? Só vocês shuashau A Demi está mal, vamos ficar aqui.

Zayn: Melhoras para ela, beijos.

(S/n): Beijos.

*Mensagem Off*

Demi: Quem era? - disse se aconchegando em mim.

(S/n): Só o Zayn dizendo que estavam comendo comida chinesa e nos convidando para comer também.

Demi: Falando em comida, tô com fome.

(S/n): Também estou, tem um restaurante aqui na frente do hotel, eu passo lá comprar algo para nós e mais algum remédio mais forte para a sua cabeça, okay?

Demi: Pode ser.

(S/n): Não demoro, te amo - disse dando um beijo nela e me levantando da cama.

Calcei meus tênis e sai. Fui até a farmácia, comprei um analgésico, depois caminhei até o restaurante onde comprei a comida e depois voltei até o hotel. Meg estava na entrada,  como ela me encarava resolvi sorrir, ela retribuiu e venho caminhando até mim.

Meg: Ah... Sra. (S/n)?

(S/n): Só (S/n), por favor.

Meg: Ta, você se lembra de mim, do ano passado?

(S/n): Lembro - lembrava mais ou menos na verdade, bem vagamente - por quê?

Meg: Eu preciso falar com você.

(S/n): Por? Aconteceu algo com a nossa reserva?

Meg: Não, está tudo bem com a reserva.

(S/n): Então... O que é?

Meg: É uma coisa pessoal mesmo, eu não sei se devo contar...

(S/n): Então quando estiver decidida sobre falar ou não, venha até mim, com licença, tenho que subir agora, minha esposa está me esperando.

Tomei rumo ao elevador e fui até o quarto. Sim, eu estava curiosa, mas talvez fosse apenas uma pegadinha, o que ela pode saber de mais sobre minha vida pessoal?

(S/n): Amoooooor, cheguei - disse abrindo a porta do quarto.

Demi: Ainda bem, to morrendo de fome.

Larguei a comida em cima de uma mesinha que havia ali, Demi venho e se sentou na cadeira, peguei dois copos e levei até a mesa e os depositei ali, abri o refrigerante e nos servi, larguei um comprimido do lado do copo da Demi.

(S/n): Toma, vai se sentir melhor.

Demi: Obrigada.

(S/n): Tranquilo, tudo por você, meu anjo - disse sorrindo.

Comemos enquanto víamos um filme qualquer que passava na TV. Demi foi até a mala e colocou seu pijama.

(S/n): Vai dormir?

Demi: Vou sim.

(S/n): E a dor?

Demi: Ta passando.

(S/n): Ótimo, vou ver como estão as meninas, okay?

Demi: Vai sim - ela me deu um selinho e se deitou na cama - manda um beijo por mim para elas.

(S/n): Pode deixar.

Assim que coloquei o pé para fora do quarto, observei e Meg estava caminhando no inicio do corredor, ignorei e segui caminho até o quarto das meninas, assim que cheguei bati na porta e Normani gritou "Quem é?".

Abri a porta anunciando que era eu.

(S/n): Como vocês estão?

Dinah: Eu to ótima - disse enquanto escovava os dentes.

(S/n): Como que foi o dia de vocês? - disse depositando um beijo na testa da Normani.

Mani começou me contar super animada como tinha sido o dia delas, Dinah estava atirada na cama, deve ser por conta do cansaço.

(S/n): Boa noite meninas, arrumem as coisas, pois a gente volta amanhã de tarde, então já deixem organizado, okay?

Normani: Siiim.

(S/n): Dinah?

Dinah: Ainnn, ta, boa noite mãe.

(S/n): Beijos, beijos, amo vocês - disse abraçando e beijando cada uma - qualquer coisa só ir no quarto onde estou - disse saindo para o corredor.

Quando cheguei na porta do quarto escutei Demi falando com alguém, abri a porta devagar e entrei, vi pelo reflexo do espelho que ficava no guarda-roupa ela e Meg.

Demi: Sai daqui.

Meg: Você não disse isso antes.

Demi: Ano passado, foi ano passado.

Meg: E agora? Você não me quer?

Demi: Eu não quero você, eu não queria.

Meg: Vai dizer que você não gostou - disse se aproximando de Demi e a puxando pela cintura.

Demi: Sai daqui, Meg.

Meg: Sua mulher não faz tão bem quanto eu, não é?

Demi: Ela é melhor.

Meg: Tão melhor, que você me procurou e traiu ela?

Demi: O que você está falando?

Meus olhos já se encontravam marejados, mas eu passei a mão evitando que qualquer gota de lágrima se formasse, cerrei os pulsos e caminhei ficando a vista das duas.

Demi: A-aa-amor.

(S/n): Amor? Você me traiu!

Demi: Isso foi ano passado.

(S/n): Você me enganou todos esses anos, com certeza a Meg não foi a primeira.

Demi: Deixa eu explicar.

(S/n): Não, você não tem o que me explicar.

 Sai do quarto, bati a porta com força para ter certeza que ela não me seguiria, sai o hotel e fiquei caminhando pelas ruas, até que resolvo ligar para o Zaza.


Notas Finais


Eu ein, sou bem loka mesmo, até o próximo capítulo, amo vocês!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...