História Vidas Opostas - Yoonkook - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Yoonkook
Visualizações 173
Palavras 864
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Quatro


Entro no banheiro mesmo relutante e querendo fazer de tudo para não ir nessa tal festa de boas vindas.

Suspiro e termino de tomar banho, me seco e penteio meus cabelos, escovo os dentes e saio do banheiro olhando os dois fazerem guerra de travesseiro.

— Ei - exclamo - O que é isso?

— Guerrinha!- a verdinha grita animada.

— Tá...vocês são doidos - digo e me sento em minha cama.

— Vai de toalha? Vai ser mais fácil para os meninos tirarem - Taehyung dá uma gargalhada e eu reviro os olhos.

— Eu entendi o que você quis dizer, e não. Não vou de toalha, nem sei se vou mais também.

— Ahh o que? Vai sim, já confirmei e o Jungkook vai ficar muito furioso se você não for! - Dahyun diz e abre a porta do meu armário.

— Jungkook?

— É, um moreno bem gato - Taehyung ri e empurra um pouco a verdinha - Ele é o líder do nosso grupinho.

— Só fica longe do Jungkook, ele não é flor que se cheire - Dahyun avisa.

— Nem você.- disparo.

— Eu sei mas eu não quero te beijar.- ela diz e revira os olhos.

— E por um acaso esse tal de Jungkook quer?

— Olha... Não posso te responder. Ele é meio distintos nos gostos dele.

— Não entendi.

— Ele está com a Yerin - Tae diz e se senta na frente do espelho, passando um pouco de maquiagem.

— Oh, como namorados?- arqueio a sobrancelha.

— Não. Ficantes, peguetes. - Dahyun diz e estica uma blusa.- Que horror! Meu avô tem uma igualzinha!!!

— Ei! Ela é super linda!- exclamo olhando para minha blusa de lã lilás

— Claro que é, para um idoso de sessenta anos, ou setenta - ela diz e joga ela dentro do guarda roupa.

— Deixa que eu escolho minhas roupas. Isso foi parte do acordo, senão eu não irei.- me levanto e empurro ela dali.

— Ta né.- ela diz e se joga na cama de Taehyung.- Enfim, Jungkook não namora, jamais.

— Eu não quero saber da vida de quem eu nem conheço, por favor.- murmuro baixinho e ouço os dois rirem.

Vamos ver o que eu vou usar. Uma festa de boas vindas, que tal usar aquele suéter verde que eu comprei pra ir no culto?

— Nem pensar em pegar aquilo!- Tae grita se levantando.

— Eu vou. Aliás... Você nem sabe o que eu vou pegar - digo dando de ombros.

— Sei sim. Aquele suéter horrível.

— Ele é fofo - digo emburrado e cruzo os braços - E quentinho.

— Piorou, se você quer ficar quente ou bebe alguma coisa ou beije alguém.

— Ahh tá. - reviro os olhos e pego um suéter preto mesmo.

Coloco ele, uma calça jeans branca e meu all star preto. Passo um pouco de perfume, coloco dinheiro no bolso e me sento na cama olhando pros dois que estão parados me encarando.

— Aí você está meigo...- Dahyun diz torcendo os lábios.

— Obrigado. Você está... Diferente - digo olhando para seu micro vestido preto e um salto da mesma cor.

— Mas você não pode ir assim, sabe por que? Parece um menininho de treze anos e os garotos logo vão sacar que você é um inocente e vão querer se aproveitar de você.- ela diz séria.

— Por causa de uma roupa?

— Sim, uma roupa diz tudo - ela fala.

— Mas... nem todos os garotos são ruins assim, são?

— Oh meu querido são sim, quando eles querem eles são horríveis.- ela diz e puxa minha mão.

— Me deixe passar um pouco de blush nesse rosto branco.- Tae diz chegando perto de mim com seu kit de maquiagem.

— Não. Sem maquiagem, eu já estou indo pra essa festa.

— Tudo bem, vamos logo que eles já estão esperando - Dahyun diz e puxa a gente pela mão, nos levando pelo corredor a fora.

Chegamos na frente de um carro preto. Ela cumprimenta todo mundo com um beijo no rosto e Taehyung faz o mesmo. E eu? Fico olhando para eles se cumprimentarem, parado olhando para o nada.

— Esse é meu amigo, Yoongi.- Tae diz e aponta para mim.

Todo mundo vira para mim, e eu tomo suas atenções.

— Oi pessoal.- digo e aceno levemente.

— Que garoto estranho - uma menina de cabelos coloridos diz e ri.

— Shh, seja discreta - um menino bonito repreende a arco íris e estende a mão para mim.- Meu nome é Hoseok, seja bem vindo ao grupo.

— Ele não está no grupo.- um garoto misterioso escondido atrás de um capuz, encostado no carro e de cabeça baixa, diz.

— Ora Jeon, deixe de bobeira. Ele é meu amigo agora - Dahyun diz e Jungkook levanta a cabeça e seus olhos escuros me fitam com ódio.

— Foda-se - é a única coisa que ele diz - Era só o que me faltava, uma criança no nosso grupo.

Uma criança no nosso grupo. Aquela garota de cabelos coloridos ri e eu fiquei sem entender.

Uma criança no nosso grupo...eu entrei no grupo agora, então eu sou a...

— Ei - exclamo quando eles começam a andar, corro até o mesmo e seguro seu braço - Eu não sou uma criança!

Ele olha pra mim com raiva e depois olha para minha mão, que aperta seu braço.

— Como ousa encostar em mim?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...