História Vidas trocadas - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sense8
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Drama, Romance, Sense 8
Visualizações 0
Palavras 772
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção Científica, Luta, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Rafael


Fanfic / Fanfiction Vidas trocadas - Capítulo 4 - Rafael

Vejo as luz do sol entretando pela janela que eu não fiz questão nenhuma de fechar olho para o lado olhando a bela mulher ao meu lado mas que eu não consigo lembrar do nome

Me levanto ainda nu e vou pegar uma água na geladeira, que dor de cabeça

- ei Rafael volta para a cama

- já vou baby

Término minha água e vou até ela

Vejo que ela me abraça, só queria dormir vejo que ela dorme denovo e Afasto para o seu lado da cama odeio dormir Abraçado não sei porque toda vez que eu transo a pessoa acha que vamos ter um relacionamento e me abraça não pode ser só uma foda precisa envolver sentimentos  coloco minha roupa da empresa sem graça e saio ela já é Grandinha nao precisa que eu a espere acordar, vou para o metro para mais um dia intediante coloco meu fone para me desligar do mundo a minha volta tantas pessoas e nenhuma delas tem algum significado, chego na impresa e me sento na minha cadeira vejo que fui um dos primeiros ligo meu computador e verifico meu email vejo mensagens da minha família de Feliz aniversário, mas hoje não é meu aniversário vejo a data no canto direito 7 de agosto e parece que eu tinha esquecido

- ei Rafael Feliz aniversário

Vejo meu amigo com um cup cake na mão com uma velinha

- ei cara Obrigado

Me levanto dando um abraço nele

- então como esta se sentindo

- normal eu só me liguei que era meu aniversário a alguns minutos

- você e muito desligado

- e porque não sou muito ligado nessas datas

- então o que acha de um jantar lá em casa hoje o edu está louco para jogar aquele jogos novos que comprou

- a não sei eu ia para casa fazer alguns trabalhos

- trabalhos ilícitos no caso né

- não me dá sermão disso se eu eu sou bom em uma coisa porque não aproveitar

- um dia podem te pegar

- ninguém vai me pegar eu limpo meus rastros e tem peixe maiores para eles se preocuparem eu sou um mero hacker

- ok senhor racker

Ele sai deixando o bolinho com a vela em cima da mesa fico feliz comigo mesmo de ter um amigo tão bom ele virou a minha família na adaptação no Japão trabalhava nos EUA e ganhei uma oferta para trabalhar na nossa sede porque sou muito bom e não recusei estou ganhando melhor e no lugar em que sempre sonhei em viver claro que o meu trabalho e chato mas é só uma fachada que eu preciso mas não esperava encontrar jin e ganhando outro amigo edu seu marido, quando vejo já está na hora de bater o expediente nem tive tempo de pensar se ia ou não

- então vamos ?

Jin pergunta animado

- ok só vou passar em casa e tirar esse roupa ridícula

- então eu te espero lá me manda uma mensagem quando chegar

- beleza

Vejo ele sair e vou ma direção oposta para minha casa por sorte o metro não está cheio hoje consigo chegar rápido e quando abro a porta vejo que tudo esta igual vejo minha cama desarrumada e sem ninguém sem nenhum bilhete, também não esperava nada vindo dela tomo meu banho coloco uma roupa mais bonita já que é meio aniversário e pego um ônibus até a casa do jin falo com o porteiro que já me conheci das várias vindas aqui e mando uma mensagem para o jin

Estou subindo já prepara o vídeo game.

Quando bato na porta de número 15  não escuto nem um barulho então abro a porta que só estava encostada

- que escuridão e essa jin

Ligo o interruptor quando instantaneamente parace que surgem várias pessoas conhecidas

- surpresa

A não ele não fez uma festa só queria jogar vídeo game e conversar com eles encontro jin e edu na multidão

- Parabéns cara

Ele me abraça

- Obrigado mas não precisava de uma festa

Jin me enterompe

- claro que precisava

Ele diz com um sorriso aberto vindo dele eu já esperava que tivesse muito rosa já que é a cor favorita dele, a música começa a tocar algumas pessoas vêm me cumprimentar

- você ganhou alguns presentes deixei no quarto de hóspedes Onde você dorme as vezes

- valeu jin

Vou procurar alguma coisa para tomar e fugir um pouco das pessoas acho uma garrafa de cerveja na geladeira e pego vou até a varanda que está mais vazia e fico olhando a vista, esta uma noite tão bonita.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...