História Vidas Trocadas - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~A-Sad_Girl

Postado
Categorias Karol Sevilla, Lionel Ferro, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna
Personagens Amanda, Ámbar Benson, Ana, Cato, Delfina, Gaston, Jazmin, Jim, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Nico, Nina, Pedro, Personagens Originais, Ramiro, Rey, Ricardo, Sharon, Simón, Tamara, Tino, Yam
Tags Lumón, Ruggarol, Ruggelaria
Visualizações 109
Palavras 1.244
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Pediram hot e ai esta bjs♥♥

Capítulo 7 - Primeira Vez Lumon


Fanfic / Fanfiction Vidas Trocadas - Capítulo 7 - Primeira Vez Lumon


Simón

desperta do transe e Karol(Luna)também

Simón:

errrr.....

Karol(Luna):

desculpa, não sei porque eu fiz isso eu sou uma completa idiota você nem gosta de mim...porque eu fiz isso droga

Simón:

Calma Karol...e como assim eu não gosto de você...você sabe que eu te amo...você não se lembra da música?...da declaração?

Karol(Luna)

:errr claro que eu me lembro...aquela música maravilhosa....a declaração também

Simón:

então como você disse que eu não gosto de você?

Karol(Luna):

bom e que eu pensei que você não gostava mais de mim

Simón:

besteira sua...eu te amo (acaricia o rosto da mesma)

Karol(Luna):eu também te amo

P.O.V Karol(Luna)

Isso Parabéns Luna você e uma genia...você pode amar o Simón mais é a Karol será que ela ama ele....porra Luna você tem que entender que você não é mais você...agora você e a Karol entendeu a Karol....mais foda-se eles vão acabar nos descobrindo....porque eu e a Karol somos tão iguais mais ao mesmo tempo tão diferentes...então por enquanto que eu to aqui do lado do Simón eu vou ficar com ele até meu último dia aqui e quando esse último dia chegar eu vou contar toda a verdade pra ele...

P.O.V Simón

Então finalmente a Karol corresponde aos meus sentimentos...ela tá tão mudada...eu sinto isso parece que nem é a mesma...a Karol me ama eu nem acredito nisso...

Karol(Luna):

err vamos pra casa Simón?

Simón:

vamos...você quer dormir lá em casa

Karol(Luna):

sim...só deixa eu ligar pra minha mãe

Simón:

ok

Karol(Luna):

oi mãe

(não esquecem que Luna agora e Karol então ela tá falando com a mãe da Karol)

Monica: 

oi filha

Karol(Luna):

posso dormir na casa do Simón?

Monica::

Pode...afinal você tem roupas lá....e juízo

Karol(Luna):

tá mãe *revira os olhos*tchau

Monicq:tchau filha

Ligação off

Karol(Luna):

então vamos?

Simón:

vamos

Karol(Luna) 

pegou na mão de Simón e foram patinando até chegar na casa de Simón

Simón:

pronto chegamos

Deu espaço pra karol(Luna) entrar é a mesma entrou e Simón fechou a porta

Karol(Luna):

Simón onde e o banheiro pra mim tomar banho?

Simón:

Karol sério você não se lembra?

Karol(Luna):

Nao

Simón:

Toma lá no banheiro do meu quarto...lembra aonde é meu quarto?

Karol(Luna)

assente negativamente

Simón:

sobe as escadas segunda porta a direita...e suas roupas tão na terceira porta do guarda-roupa

Karol(Luna):

obrigado vou lá. ..toalha tem no banheiro né?

Simón:

sim

Karol(Luna) 

subiu entrou no quarto foi até o guarda roupa e viu seu pijama e pegou o mesmo e arregalou os olhos

Karol(Luna):

sério que a Karol já usou isso na frente do Simón mds que vergonha caramba com que cara eu vou ficar Karol já deve estar acostumada eu não mds...pra dormir com Ruggero eu usava um pijama de ursinho...é olha oque eu vou ter que usar pra dormir com o Simón

(o pijama era preto de alcinha e o short do pijama era um tanto curto)

Karol(Luna):

E Luna e isso ou você fica sem roupa

Karol(Luna) 

vai pro banheiro tira a roupa entra no box toma banho Depois de um banho de 10 minutos Karol(Luna) sai se seca e bota o pijama...sai di banheiro vê uma escova roxa e uma preta do lado deduziu que a escova roxa era a da Karol pegou a mesma e escovou seus cabelos e antes de sair do quarto se olhou no espelho

Karol(Luna):

Puta que pariu oque a Karol tem na cabeça de usar isso aqui na frente do amigo dela meu pai do céu

Luna desde as escadas e encontra Simón olhando tv

Karol(Luna):

pode ir tomar banho Simón

Simón:.

Ok

Simón passou por Karol(Luna) normalmente

P.O.V Karol(Luna)

Não é que ele já tá acostumado a ver ela com esse pijama

Dps de uns minutos Simón desceu só com calção e sem camiseta

P.O.V Karol(Luna)

Mds que homem...que corpo definido...chego até me subir um calor...opa pera aí que isso Luna piro mds

Depois de jantarem subiram olharam um filme até as 23:30 depois deitaram um de frente pro outro e ficam se encarando os dois se beijam os dois ate tentam ultrapassar o sinal mas o fato do Simon nao ter camisinha atrapalhou tudo entao resolveram dormi..


00:30 Hrs...


– Simon.. Tá acordado? – a voz de Karol me tirou dos meus sonhos.

– Agora to... – balbuciei.

– Desculpa, mas eu não consigo dormir – falou manhosa.

– Pesadelo?

– Não... Só não consigo parar de pensar naquilo...

– Naquilo? – ainda estava meio sonolento, mas suspeitava o que fosse.

– Se não fosse as camisinhas, teríamos feito – suspirou – sei lá, não quero me arrepender das coisas que não fiz quando for embora.

– Mudou de ideia? – até abri os olhos, despertando.

– Não sei, acho que poderíamos fazer umas coisas...

– Eu topo o que você quiser... – falei quase em um sussurro e em seguida colei meus lábios no dela.

Rolávamos pela cama desesperados um pelo o outro. Só aquele beijo não era o mais o suficiente para matar nosso desejo. Sem pensar duas vezes rasguei a blusa que ela usava. Imediatamente minhas mãos passaram a apertar seus seios fartos. Os gemidos baixos que ela deixava escapar me excitavam, o que me fez desejar que eles fossem mais altos, por isso desci meus lábios até seus peitos passei a chupá-los, como esperado ela gemeu alto.

– Simon... – ouvi-la chamar por mim me fez parar – Não para...

Suas palavras me deram liberdade para continuar com o que estava fazendo. Em seguida, voltei a beijá-la, nosso beijo nunca esteve tão quente. O que tornava tudo mais difícil para mim, não sabia até onde ela queria ir, mas só o que estávamos fazendo já havia me causado uma ereção.

Fui surpreendido quando ela levou uma das mãos até meu membro que já latejava de tanta excitação, assim que ela passou a apertá-lo por cima da roupa quem gemia era eu. Depois de um tempo me deixando levar por aquele toque, finalmente tirei toda a roupa que restava em seu corpo. Fiz um percurso de beijos até alcançar sua intimidade. Percorri toda sua região íntima com minha língua enquanto ela se contorcia de prazer, seus gemidos gradativamente se tornaram mais frequentes e altos, o que só podia significar uma coisa...

– Ai... Eu acho que... – mal conseguia falar – Vou...

Karol alcançou seu clímax e sentados na cama tornamos a nos beijar. Dessa vez foi ela quem tirou minha roupa. Era como se uma parte dela tivesse sido despertada. Passei a amar essa parte no instante que ela passou a movimentar sua mão em meu membro, me levando ao delírio.

– Eu quero você dentro de mim Simon... – ela falou ao parar o movimento.

– Tem certeza? – perguntei esperando por uma resposta positiva.

– Eu preciso... – ofegava com um prazer nos olhos.

Se deitou na cama com aquela fome no olhar.

– Se doer muito, me fala que eu paro... – sussurrei em seu ouvido e ela concordou.

Levei um dos meus dedos a sua entrada e enfiei devagar para prepara-la para algo muito maior (modéstia parte), ela se contorceu toda, mas não reclamou de dor. Introduzi meu membro devagar e percebi que ela mordia os lábios, mas nada fez para tentar impedir que eu continuasse com o ato. Era muito bom ela ainda ser virgem, sua entrada apertadinha, intensificava meu estado de excitação.

– Dói? – perguntei meio preocupado.

– Dá pra aguentar, continua... – falou em um fio de voz.

Comecei dar estocadas lentamente, um gemido baixo por parte dela me deu mais segurança para aumentar o ritmo.

– Eu te amo... – sussurrei em seu ouvido ofegante.

– Eu também... – tomou fôlego – Mais rápido...

Aumentei mais ainda o ritmo enquanto ela gemia alto, logo eu tinha esquecido que ela era virgem, estávamos na maior celeridade que poderíamos estar e o nível do meu prazer era incalculável. Chegamos ao ápice juntos e selamos aquele momento com um beijo.

Foi então que despertei dando de cara com os olhos verdes de Karol

Lembrei quase que imediatamente que tudo não passara de um sonho.

– Bom dia... – falei tentando não parecer tão contrariado por tudo ter sido um sonho. 



Notas Finais


Eeeeeeee hot mas ... foi um sonho Tadinho do Ruggero e do Simon ne gente? Ta dificil.pros dois kakaka


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...