História Vingança - Kim Taehyung - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Kim Taehyung, Original, Romance, Tae
Exibições 193
Palavras 1.095
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Amoooreees <3
Desculpinha pela demora do caramba
Eu não sei vcs, mas eu to pirando com todas as novidades que estão vindo juntos com o novo álbum dos meninos <3
Ainda não sei como lidar em relação ao nosso Tae usando aquelas lentes azuis junto do cabelo loiro <3 <3 <3

Capítulo 9 - Hoseok


Fanfic / Fanfiction Vingança - Kim Taehyung - Capítulo 9 - Hoseok

Devo admitir que Hoseok é um ser adorável de conversar. Era alegre, agitado, sempre me fazendo rir, confesso que não havia deixado o assunto morrer uma vez se quer, e isso era ótimo... Quando reparamos, todos já estavam enturmados com o moreno. O sol já se punha quando decidimos ir embora, com muito custo, já que a conversa ainda parecia fluir.

- Tem certeza que não quer jantar com nós? – pergunto fazendo uma triste expressão para Hoseok.

- Eu adoraria! Mas tenho assuntos para resolver hoje a noite...- diz ele nos mostrando um leve sorriso.

- Bom, então fica pra próxima! – Jimin diz animado.

Hoseok então se dirige primeiramente a Haru lhe dando um abraço acompanhado de um aperto na mão, se despedindo da ruiva. Logo depois cumprimenta Jimin e finalmente chega a minha frente. Os dois já iam se dirigindo ao carro enquanto Hoseok parecia esperar os dois ganharem uma certa distância de nós. Estranho um pouco, franzindo o cenho, logo depois olhando para trás, já não vendo meus amigos atrás de mim.

- Bom, então eu já vou indo – digo sem graça.

- Eu gostei muito de te conhecer... July... – ele diz colocando uma mecha de meu cabelo atrás da minha orelha.

- Também adorei te conhecer – olho para baixo, um tanto constrangida.

Ele segura meu queixo, o levantando logo em seguida. Engulo em seco, temendo o que o garoto pretendia fazer. Hoseok parecia se aproximar, cada vez mais perto. Tento recuar, mas algo me impedia que meu corpo seguisse minhas ordens. Então finalmente, suspiro aliviada ao sentir seus lábios em minha bochecha.

- Posso pegar o número do seu celular? – ele pergunta com um sorriso divertido nos lábios.

Pisco algumas vezes, ainda um pouco chocada por ter pensado que o mesmo já iria me beijar. Por final sorrio, logo jogando minha franja trás.

- Ah, posso? – digo apontando para o celular em sua mão.

Ele me entrega o objeto, e enquanto digito meu número, Hoseok parecia agitado, olhando para os lados enquanto assobiava uma canção qualquer. Entrego seu celular de volta, mostrando-lhe um sorriso leve. Ele continua a me encarar com as mãos nos bolsos.

- É melhor eu ir... – digo lhe dando um aceno.

Ele sorri nasalado, talvez rindo de meu desespero de querer ir logo. Não é como se sua presença fosse desagradável, mas Jimin e Haru logo pensariam besteira ao saber o quanto demorei com o moreno.

- Tchau, July...- Hoseok então segura em minha mão, logo a beijando. O que me fez corar da cabeça aos pés.

Ele seguia seu caminho enquanto eu continuava a olhar na direção em que o mesmo ia embora. Ele não parecia um garoto normal, parecia ser especial, ou talvez até perfeito... Balanço a cabeça fugindo de meus pensamentos.

Abro a porta do carro, logo vendo a expressão animada dos dois imbecis a minha frente.

- Então, como é o beijo dele? – a ruiva me pergunta animada.

- Haru! Ele não me beijou! – acabo rindo da mesma, que assim que a respondo deixa seu sorriso cair no mesmo instante.

- Então o que a senhorita ficou fazendo tanto tempo com Hoseok? – pergunta Jimin novamente com um sorriso malicioso.

- Conversando... – digo colocando meu cinto de segurança.

- Você não me engana July! Mas tudo bem, hora ou outra nós vamos acabar descobrindo – Jimin bagunça meus cabelos logo depois depositando um beijo em minha bochecha.

- Galera, não tem O QUE descobrir – volto a ajustar meus fios rindo da insistência de meus amigos.

Durante o percurso inteiro Jimin não parava de comentar sobre Hoseok, o que acabou por contagiar Haru que dizia a todo momento que hora ou outra acabaríamos por nos tornarmos um belo casal. Pensando bem, não seria uma má ideia. Hoseok era engraçado, fofo e muito bonito. Mas algo dentro de mim, ainda reservava Taehyung dentro de meu coração, e eu simplesmente me odiava por isso. Tudo ainda era muito recente...  

Haru me deixa em frente ao portão de entrada do apartamento, me despedindo dos dois com um aceno. Subo lentamente até a porta de casa, e quando finalmente a abro, me jogo contra o sofá, suspirando fortemente.

Me remexo contra o estofado, pegando o controle da televisão abaixo de minha barriga. Talvez algo naquilo me distraísse por hoje. Me sento corretamente, logo sentindo o celular em meu bolso vibrar.

~ Mensagem de um número desconhecido ~

???: Espero que tenha chegado bem em casa.

Eu: Quem é?

???: A pessoa mais linda que você viu hoje!

Acabo por me lembrar de Hoseok. Parecia algo que o mesmo diria por ser tão convencido.

Eu: Convencido você, não é?

Hoseok: Então você sabe quem é, não é mesmo?

Eu: Não fique se achando por isso, okay?

Hoseok: Como não me achar? Uma garota linda está dizendo indiretamente que me acha bonito!

Eu: Ai meu deus... Mas obrigada pelo elogio!

Hoseok: Está fazendo o que agora?

Eu: Nada de mais, só assistindo televisão. E você?

Hoseok: Indo trabalhar, falando nisso, já tenho que ir.

Eu: Bom trabalho...

 Bloqueio meu celular, me levantando do sofá indo tomar um belo banho. Estava admirada, simplesmente hoje havia sido um dia longo, até demais... É difícil pensar que em um mesmo dia consegui um emprego, acabei por encontrar com Taehyung e ainda conhecer Hoseok. Por mais que meu dia tenha sido resumido em boas lembranças, o que ainda permanecia em minha cabeça era ter reencontrado ele em meu (agora) local de trabalho. Para ser sincera, Taehyung me parecia abatido, mas sabia que não se passava de uma boba esperança minha que o mesmo se quer se importava comigo. Quando me vejo, novamente as lágrimas se misturavam com a água do chuveiro. E o que parecia estar guardado desde hoje cedo, veio à tona, fazendo as gotículas caírem mais rápido. Eu não deveria estar chorando, mas parecia inevitável. Novamente me deixei levar por nossos momentos simples, mas que mesmo assim, fazia-me uma falta gigante.  

 

    ~XX~

 Talvez meus olhos agora poderiam estar um pouco inchados, mas isso não me impedia de procurar por um belo filme na televisão. Não queria algo que fizesse-me sentir carente, como “A culpa é das estrelas”, precisava de um filme divertido, onde acabei por optar “Vizinhos”. Fiz a minha própria pipoca, enchendo a vasilha até a sua boca, buscando também um copo grande de refrigerante, finalmente me sentando de maneira confortável no sofá.

Foi então que a campainha de minha casa tocou.

- Aish! Quem é? – digo irritada ao ter de me levantar.

O sujeito não responde, então finalmente abro a porta.

- Taehyung??


Notas Finais


uiiii


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...