História Violet - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Lee Taemin, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet, Seventeen
Personagens Baekhyun, Hansol "Vernon" Chwe, Irene, Jennie, J-hope, Jimin, Joy, Lee Jihun "Woozi", Lee Taemin, Lisa, Lu Han, Sehun, Seulgi, Soonyoung "Hoshi", Suga, Taeyong, Wendy, Yeri, Zelo
Tags Bap, Blackpink, Bts, Coréia Do Sul, Drama, Exo, Nct, Red Velvet, Romance, Seventeen
Visualizações 38
Palavras 1.791
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 18 - Chapter 17


Fanfic / Fanfiction Violet - Capítulo 18 - Chapter 17

Convidei a Isabella para ir ao show comigo. Encontramos vários fãs nossos e demos autógrafos, também vimos EXO-Ls olhando para mim com cara feia, devido as minhas fotos com Baekhyun nos Estados Unidos.

— Nossa, olha quanta gente!

Isabella diz olhando ao redor, boquiaberta.

— Sim! Um dia cantaremos para essa quantidade de pessoas também!

— Não estamos muito longe!

Os meninos sobem no palco e iniciam o show, cantando várias músicas incríveis e fazendo as suas danças. As fãs não param de gritar e sacudir o seu lightstick, eu e Isabella não ficamos de fora pois compramos um também. Uma música um pouco mais lenta que a outra começa, revelando ótimos vocais, que me causam arrepios, e em seguida outra mais sexy começa, com direito a dança com uma bengala.

— Achei que eu estava no show do EXO, e não em uma boate para maiores de dezoito!

Isabella começa a gritar e pular, solto uma gargalhada. A performance deles acaba prendendo totalmente a minha atenção, tantos homens lindos dançando dessa forma no palco deixa qualquer pessoa mechida, dessa vez me causando outros tipos de arrepios. Baekhyun tem o seu momento solo, em que ele abre a camiseta deixando à mostra o seu abdômen definido.

 — Nossa...eu nunca tinha visto esse lado sexy do Baek!

— Eu nem imaginava que isso era possível, ele é tão fofo!

— E muito sexy!

Pego minha mente pensando em coisas impuras.

— Agnes, você é um anjinho que não faz nada além de sorrir e ajudar as pessoas, por favor, não destrua os meus pensamentos!

Solto uma gargalhada alta. O show se encerra e nós somos guiadas pelo staff para o camarim dos meninos, sem que nos vissem.

— Agnes!

Sehun fala sorridente e despeja um beijo em minha testa ao me ver.

— Eu vi aquela dança na água...assim o Luhan não aguenta!

Sussurro no ouvido dele e ele ri um pouco tímido.

— Vocês arrasaram!

Bato na mão de todos os meninos sem parar de sorrir.

— Baek, Baek....

Cruzo os braços ao parar em sua frente, ele abre um largo sorriso já imaginando sobre o que é.

— Nunca fiquei tão surpresa na minha vida!

— Gostou da surpresa?

— Óbvio!

Falo por impulso enquanto admiro o seu abdômen mais de perto.

— Pode tocar!

Ele diz baixinho e pega em minha mão, encostando a mesma em seu abdômen, mordo o meu lábio inferior e sorrio. Isabella está em uma rodinha conversando com os outros integrantes um pouco afastados.

— Vocês não sabem o efeito que causam naquelas fãs!

— Claro que sabemos!

— Então precisam comprar calcinhas para elas! Aproveita e compra para eu e Isabella!

Baekhyun me puxa pelo braço para mais perto e segura em minha cintura com firmeza, apertando o meu quadril contra o dele, dando para sentir um certo volume, olho para os seus olhos tão próximos dos meus e depois para os seus lábios, que sorriem e se mantem entre-abertos, de uma forma sexy. Um calor começa a subir em mim e a vontade que tenho é de terminar de arrancar a sua roupa, e sentir ele dentro de mim.

— Para, os seus amigos estão aqui!

— Então me encontre na minha casa que terá apenas nós!

Ele sussurra bem próximo a minha orelha, rossando os lábios na mesma.

— Eu e Agnes ficamos deslumbradas com o ocean das EXO-Ls, não foi, amiga?

— S-sim! Parecia de mentira!

Dou um passo largo para trás, me afastando do Baekhyun, e vejo que ela tenta segurar a risada.

— Bom, obrigada pelo convite, mas precisamos ir agora!

— Já? Poxa! Tchau!

Chanyeol fala um pouco tristonho.

— Obrigado por terem vindo!

Suho agradece sorridente.

— Não há de que!

Jogo beijo para todos e saio da sala de mãos dadas com a Isabella.

— Amiga, o Baekhyun me chamou pra casa dele!

— Sério? Oh meu Deus! Hoje tem!

Os staffs surgem para nos levar até a van e o assunto se encerra.

— Mas tem um problema...eu sou virgem!

Sussurro para ela.

— Isso não é problema!

— E se eu não conseguir?

— Apenas fique calma, e deixe tudo fluir!

— Okay!

Chegamos no nosso dormitório e encontramos uma briga.

— VOCÊ É UMA IDIOTA!

— PAREM! AGORA!

Wendy grita entre Jisoo e Yerim.

— O que está acontecendo?

Olho para o rosto da Jisoo que está sujo de maquiagem, que escorreu junto com as lágrimas.

— ESSA IDIOTA ME BEIJOU!

— O quê?

Isabella arqueia suas sobrancelhas.

— Eu te amo!

— PARA DE FALAR MERDA! CALA A BOCA!

Jisoo se levanta para tentar agredí-la, mas Wendy não permite, barrando ela com seus braços.

— O Taemin veio aqui escondido falar comigo, e foi exatamente no momento em que essa nojenta inventou de me beijar!

— Jisoo...

— ENTENDA QUE EU NÃO TE AMO E NUNCA TE AMAREI DA FORMA QUE VOCÊ QUER! AGORA EU SINTO DESGOSTO POR VOCÊ!

Jisoo cospe as palavras na cara da Yerim, que parece congelar no tempo, ela veste a sua jaqueta e empurra todas nós, saindo do dormitório. Yerim se senta em sua cama e encara o chão, começando a chorar.

— Não fique assim!

Me sento ao seu lado e acaricio o seu cabelo.

— Sai de perto de mim!

Ela me empurra e sai do dormitório.

— Gente...o que acabou de acontecer?

Isabella pergunta tão confusa quanto nós.

— Elas são duas doentes! 

Wendy balança a cabeça negativamente e se deita em sua cama. Paro por alguns segundos e penso em todos os momentos entre a Yerim e a Jisoo que presenciei.

— É claro! A Yerim sempre foi apaixonada pela Jisoo, tanto que ela não pensou duas vezes quando descobriu o meu namoro com o Taeyong, em contar para a Jisoo, porque ela queria terminar com esse amor dela por ele e poder ter toda atenção que desejava!

— E pra isso, ela vendeu a amizade de vocês! 

Isabella cruza os braços.

— Sim! E ela me pediu desculpas quando descobrimos que foi ela, e disse que tinha sido pela Jisoo....agora tudo faz sentido!

Lembro da cena do banheiro ontem na premiação.

— Isso não é amor! Isso é obcessão!

— Meu Deus, eu tenho encontro com o Baekhyun!

— Puta merda, é verdade!

Isabella deixa um palavrão escapar e depois tampa a boca, constrangida.

— Desculpa! Foi adrenalina do momento! Vou te emprestar uma langerie nova que tenho!

Ela corre até a sua gaveta, e eu vou para o banheiro tomar uma ducha rápida. Saio do banheiro e visto a langerie preta, coloco uma roupa simples por cima e passo o meu perfume predileto.

— Está maravilhosa! Não se esqueça de manter a calma e seguir o fluxo!

Isabella me abraça e dá um tapinha em minha bunda, respiro fundo e saio do dormitório, indo para a van, para ir à casa do Baekhyun. Antes de tocar a campainha, penso em tudo que a Isabella me disse, mas ao invés de me acalmar está me deixando mais nervosa.

— Melhor eu esquecer tudo o que ela disse!

Sussurro para mim mesma e aperto a campainha.

— Oi!

Baekhyun abre a porta em segundos, com seu sorriso fofo de sempre estampado em seu rosto.

— Olá!

Sorrio de volta. Entro na casa e me sento no sofá com as pernas cruzadas.

— Vamos assistir um filme?

— Claro! Qual?

— Escolha um gênero!

Ele se senta ao meu lado e apenas a quentura do seu corpo e o cheiro do seu perfume masculino, já me arrepiam.

— 50 Tons de Cinza!

Digo pois é o primeiro que foco ao olhar para a tela.

— Tá bem!

Ele apaga a luz e dá play.

— Dizem que esse filme é bom!

— Espero que seja!

Ele sussurra e me oferece um pouco de pipoca, pego um punhado e como. 

Eu não sei como, mas em poucos minutos de filme, eu e Baekhyun já estavamos nos agarrando. 

Sento em seu colo colocando as minhas pernas uma de cada lado do seu corpo, sem separar as nossas bocas que se beijam loucamente, rebolo em cima do seu pênis e sinto ele arfar entre o beijo. Suas mãos adentram a minha camiseta e tocam os meus seios por baixo do sutiã, arrancando suspiros de mim, tiro a minha camiseta e Baekhyun sorri, passando as mãos pela minhas costas e beijando o meu pescoço, seguro em seu cabelo e volto a beijar os seus lábios, rebolando denovo com um pouco mais de força, deixando um gemido escapar. Baekhyun me deita no sofá e tira a sua camiseta, enquanto isso eu tiro a minha calça, ele se deita sobre mim fazendo a nossa pele se encostar, e o lugar ficar mais quente a cada segundo. O meu celular começa a apitar, avisando que estou recebendo mensagens, mas rapidamente eu silencio para não atrapalhar, mas o celular vibra sem parar.

— Agnes, tem alguém te ligando!

— Alô?!

Puta merda, Agnes! Puta merda!

— O que foi, Isabella?

A Jisoo está fazendo uma live no instagram, falando coisas sem sentido e dizendo que quer morrer!

— O quê?

Empurro o Baekhyun e me levanto do sofá.

Eu to nervosa!

— Caralho! Onde ela está?

Eu não sei! Eu e a Wendy procuramos mas ela não está em lugar algum!

— Porra, avisa para os staffs!

Já avisamos, eles também estão procurando! Os fãs estão apavorados e desesperados, tanto quanto nós!

— Eu vou procurar ela! Tchau!

Encerro a ligação e visto a minha roupa.

— O que aconteceu?

Baek me pergunta confuso.

— A Jisoo está querendo se matar! Me desculpe!

Dou um selinho nele e caminho até a porta.

— Espera, eu vou com você!

Ele se veste e pega uma jaqueta, indo para a rua comigo. Abro o instagram enquanto caminho e assisto o vídeo dela.

Eu amo tanto você, Taemin! Por que quis me abandonar? Eu só tenho você!

Ela está debruçada sobre a mesa, brincando com uma faca, enquanto a câmera está filmando apoiada em algum lugar.

"Eu te amo, não faça isso!" , "Você é linda e suficiente para nós!"...

Ela lê os comentários e ri debochada.

Parem de mentir! Ninguém se importa comigo, nunca se importaram! Pisam no meu coração sem ligar para as consequências!

Minha visão fica embaçada pois meus olhos estão marejados.

— Não faça besteira, por favor!

Sussurro tentando não chorar, enquanto procuro ela com a ajuda do Baekhyun.

Taemin...você me deu forças pra viver melhor, você fez eu me sentir bonita e amada, suficiente! MAS NÃO ACREDITA EM MIM! POR QUE? EU TE AMO!

Ela enfia a faca na mesa de madeira com toda a sua força, e começa a quebrar tudo do lugar em que ela está.

— Ela está tendo um surto! Eu já presenciei uma vez!

Ela começa a se arranhar e gritar sem parar, me deixando agoniada.

— CARALHO A GENTE NÃO VAI ENCONTRA-LA!

Dou um forte chute na porta de uma loja e me sento no chão, Baekhyun passa as mãos pelo seu cabelo e bufa, demonstrando estar nervoso também. Jisoo se acalma e acende um cigarro, comento na live várias vezes, pedindo que ela não faça besteiras, e de repente a live acaba.

— Não...não! NÃO! A live acabou! E SE ELA SE MATAR?

— Calma!

Baekhyun me puxa para os seus braços e me abraça apertado, desabo em lágrimas e oro em todo minuto para que ela fique bem, já que não podemos fazer nada.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...