História Violet - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Lee Taemin, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet, Seventeen
Personagens Baekhyun, Hansol "Vernon" Chwe, Irene, Jennie, J-hope, Jimin, Joy, Lee Jihun "Woozi", Lee Taemin, Lisa, Lu Han, Sehun, Seulgi, Soonyoung "Hoshi", Suga, Taeyong, Wendy, Yeri, Zelo
Tags Bap, Blackpink, Bts, Coréia Do Sul, Drama, Exo, Nct, Red Velvet, Romance, Seventeen
Visualizações 48
Palavras 1.230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse cap tem falas muito longas, e talvez seja chato para alguns, mas eu peço que leiam, por favor, porque é importante.

Boa leitura.

Capítulo 19 - Chapter 18


Fanfic / Fanfiction Violet - Capítulo 19 - Chapter 18

— Estou aqui para dizer abertamente, em rede nacional e internacional sobre a Jisoo...apesar de não ser algo fácil para mim!

A mãe da mesma está em cima do pequeno palco que foi montado na grama, se segurando para não chorar, enquanto o seu marido segura em sua mão com firmeza, lhe passando força.

— A Jisoo era uma criança feliz e agitada, como qualquer outra...mas um dia eu cheguei em casa e encontrei ela tentando matar o seu irmão mais novo, Jooheon! Achei que era brincadeira, então separei eles e fui fazer o jantar. No dia seguinte, Jooheon veio chorando até mim dizendo que Jisoo novamente tentou matá-lo, depois de bater nele! Eu fui chamar a sua atenção e ela dizia que vozes a obrigavam a fazer isso, e no meio do seu argumento ela teve o seu primeiro surto!

A mulher começa a chorar e o seu marido pega o microfone para dar continuidade.

— Levamos ela no médico e ela foi diagnosticada com esquizofrenia! Ela cresceu tomando remédios controlados mas nunca mais teve crises. Ao chegar no ensino médio, descobriram que ela tomava remédios e começaram a tirar sarro disso, então Jisoo passou a fingir que tomava os remédios, mas já era tarde demais, o bullying não parou! E não era apenas pelo fato dela tomar remédios, era também por ela ser um pouco acima do peso!

Ele dá uma pausa em seu discurso e olha para cima, em seguida respira fundo e prossegue.

— Jisoo entrou em depressão! Não tinha amigos, apenas nós, e isso não era o suficiente para ela! O seu sonho sempre foi ser idol, e nós apoiamos ela, mas com uma condição: tomar os remédios nos horários certos! Ela concordou e então criamos um acordo! Jisoo começou a emagrecer rapidamente, achamos que ela estava doente, ela chegou a desmaiar várias vezes em encontros familiares, mas como ela estava mais velha, negava ir ao médico e jurava estar tudo bem!

— Então tudo o que ela dizia para nós era mentira!

Yerim comenta e ele acaba ouvindo.

— Sim! Isso era sintomas da sua esquizofrenia, ela criava coisas em sua mente e dizia com convicção que aquilo era verdade! Jisoo era uma pessoa doente, não podemos negar isso, e acho que ela não era capaz de amar ninguém, mas seu amor por taemin nos impressionou, e não há dúvidas de que era verdadeiro!

Os pais saem da frente das câmeras e se juntam à família, Yerim se levanta para dar o seu discurso.

— Eu conheci a Jisoo quando éramos trainees ainda, e na nossa primeira conversa parecia que nos conhecíamos à anos! Eu acabei me interessando por ela, mas como eu nunca conversei com ninguém sobre a minha sexualidade, eu manti em segredo, pois era insegura! A cada dia eu me apaixonava cada vez mais por ela e eu acabei ficando furiosa quando ela começou a falar do Taeyong para mim, sem parar! Ela não tinha mais assunto, era apenas isso, e depois que a Agnes chegou o assunto ficou mais intenso e mais repetitivo! Enfim, eu fiz tudo o que fiz, perdi amigos, tudo por ela, mas não deu em nada! Eu ainda me pego chorando quando penso nela, pois eu realmente a amei...eu conheci a Jisoo de verdade, a Jisoo divertida e a Jisoo esquizofrênica, mas mesmo assim eu a amei e a defendi de tudo! Estou assumindo para vocês que eu sou lésbica...e posso dizer que nunca me senti tão leve!

Yerim solta uma risada nervosa e eu abro um largo sorriso.

— Não espero que me aceitem...só acho que não vale mais a pena esconder isso! Obrigada pela atenção!

Ela se curva e sorri de canto, se juntando a nós, dou um forte abraço nela e as meninas também. Agora é a minha vez.

— Olá! Eu...sei que está sendo difícil para vocês e que isso foi algo muito chocante, não só para vocês fãs, mas para o mundo inteiro, mas estamos todos juntos nessa para superar, e usar a Jisoo como exemplo...e a Yerim também! Falando da Jisoo...eu fico triste em pensar que eu achava que a conhecia, mas não sabia nem 1/3 sobre ela, e com certeza ela era uma pessoa muito boa e com muito amor para dar!

Seco as lágrimas que insistem em cair dos meus olhos e rio, Isabella se levanta e pega o microfone.

— Eu não ia dizer nada, mas preciso! Peço a vocês que peguem menos pesado conosco, que parem de nos julgar por coisas simples como a nossa aparência! Vocês acabam eliminando toda a chance de conhecer pessoas incríveis, que estão cheios de amor para dar, transformando elas em pessoas deprimidas e inseguras! Também parem de controlar os relacionamentos que temos! Somos humanos, nós amamos, e temos direito de amar quem quisermos, seja ela idol ou não, homem ou mulher! 

Balanço a cabeça positivamente concordando com cada palavra.

— Somos um time! Temos que dar forças um para o outro! Sempre que precisarem de ajuda falem com a gente, mas se vocês acham que não iremos ver pois temos muitos fãs, por favor, não tenha medo de pedir ajuda para a pessoa mais próxima de você!

— Acho que primeiro devemos nos amar e estar bem consigo mesmo, para depois passar isso para o próximo! Se você está em um momento difícil e acha que nunca sairá dessa, apenas se tirar a sua vida, está enganada! Todos passamos por momentos péssimos, apesar de parecer que todos ao seu redor estão bem e apenas você está mal!

Vamos dividindo o microfone, cada uma falando um pouco.

— Exatamente! Todos temos fraquezas e feridas, mas que se fecham, apenas se você se abrir e permitir cuidar de si mesma, e ser cuidada por essa pessoa que está do seu lado que te ama, e quer te ajudar mas você não aceita! Ela te ama de verdade, não pense que não! Isso é o seu subconsciente depressivo tentando te levar mais para o fundo, mas você tem forças suficiente para lutar contra!

— Sim! Só você pode tomar essa iniciativa! Se ame tanto quanto você quer ser amada, não espere outra pessoa te amar para ser feliz, porque as pessoas se vão e você fica sozinha novamente!

— É na fraqueza que descobrimos a força que temos! Quer se apaixonar por si mesma? Então aqui vai algumas dicas!

Olho para a Isabella e abro um largo sorriso, que retribui, entendendo a mensagem.

— Leve você mesma para jantar!

— Se elogie sempre que ver o seu reflexo, em qualquer coisa!

— Não compartilhe a sua pipoca com ninguém enquanto assiste filme, coma tudo sozinha!

Isabella diz fazendo algumas pessoas rirem.

— Vá em um museu sozinha, expandir os seus conhecimentos!

— Se apaixone por você! Porque a maior tragédia da vida não é a morte, mas o que você deixa morrer dentro de ti enquanto vives!

Digo e Isabella aplaude discretamente, sendo extra como sempre.

— Quando quiser se matar, se distraia com o que você mais gosta de fazer! Liguem o foda-se quando te julgarem!

— Sim, porque não importa o que você faça, irão julgar você, então não esperem serem amados e apoiados por todos, só exijam respeito!

— Infelizmente perdemos uma pessoa que podia ter vivido mais e tido muitos momentos bons, mas o céu ganhou mais um anjo, que vai olhar por todos os outros anjos que são como ela, tentando ajudar eles!

— Nós amamos vocês! E te amamos, nossa eterna Jisoo!

Todos aplaudem, até mesmo os funcionários que estão cuidando da transmissão.


Notas Finais


Esse cap é um pouco pequeno, (um pouco chato para alguns, como eu disse), triste, mas cada palavra que eu escrevi aqui foi na intenção de também ajudar pessoas que passam por isso!

Preferi escrever em diálogo pois ficaria menos longo, e coloquei poucas ações pelo fato de não ser necessário colocar as mesmas.

Agradeço a todos que tiveram paciência para ler, espero ter acrescentado algo em sua vida.

(Desculpa ter matado uma personagem, mas na vida nada é perfeito!)

AMEM E APOIEM TODOS, NÃO SOMENTE OS IDOLS 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...