História Virgin - Luke Hemmings - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5 Seconds Of Summer, 5sos, Cashton, Luke Hemmings, Marshall, Virgin
Exibições 213
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Leiam as notas finais.

Capítulo 10 - Black Dress


Mais tarde, Elizabeth insistiu em ir ao atelier. Era mais uma loja normal e bastante cara, a minha perspectiva.

Durante a caminhada pelo shopping, a procura da loja, Liz resolveu que queria sapatos novos. Ela não parava de falar. Eu, Luke e Michael estávamos quase nos jogando da escada rolante.

Mas ela estava feliz, não queríamos acabar com a felicidade dela.

Bem, eu queria, mas não posso ser mau educada.

Por enquanto.

Depois da loja de sapatos, nós conseguimos achar a loja de noivas. Era algo bem delicado. Eu gosto de coisas delicadas, mas, eu nunca me certifiquei de que os outros soubessem. Sempre foi uma questão de princípios

Uma vendedora veio até nós e se ofereceu para ajudar a mulher.

— Ei, crianças. Vocês podem ir comprar as suas vestimentas em outra loja. Aqui não tem o necessário para vocês.

A propósito, aquilo era uma loja pra gente velha. Mas mesmo assim, fomos fazer o que ela nos pediu.

Michael e Luke não falavam nada, aquele silêncio estava desconfortável para mim. Meu irmão sempre estava me incomodando com alguma coisa, ou falando mal das minhas roupas. De um certo modo, eu estou sentido falta disso. Eu queria ter crescido mentalmente como ele. Mas, será que ainda é cedo?

— Você parece incomodada com algo.

— Cala a boca, Michael.

A essa altura, eu já estava irritada. Entramos na loja e em questão de segundos, Michael sumiu. Eu fui ver alguns vestidos. Eu queria arranjar o vestido perfeito. Ele teria que ser preto.

Curto demais.

Longo demais.

Babados demais.

Brilho demais.

Pequeno demais.

Grande demais.

Quando tive que vencer o meu orgulho, pedi ajuda a vendedora da loja que quis prestar serviço antes de ver a minha dificuldade. Ela certamente sabia que eu não iria encontrar o que eu queria.

— Temos apenas um com essa característica, quer dar uma olhada?

— Quero. PoR FAvoR...

Dei um sorriso torto e suspirei quando ela saiu. Desde quando eu tenho tanta dificuldade em dizer "Por favor", para as pessoas?

Bati na minha própria testa pelo nervosismo e decidi me entreter enquanto ela não voltava.

— Temos este. Ele é peça única.

Peguei a caixa e tirei o tecido de dentro. Eu nunca vi algo tão lindo na minha vida – depois do Luke –.

— Obrigado, vou experimentar.

Passei para ir a ala dos provadores, e vi Luke sentado por lá. Provavelmente esperando para ir embora logo.

— Você não vai escolher nada?

—  Eu já tenho uma roupa adequada.

— Entendi. Você viu o Michael?

— Ele estava aqui agora pouco... Eu te aviso se ele chegar.

Dei de ombros e entrei no provador. Me despi totalmente, depois provei o vestido preto. Ele ficou perfeito em mim, espero que não seja caro.

Me olhei no espelho. Analisei várias vezes, até que decidi fechar o zíper que ficava nas costas.

Depois de muitas tentativas, meus braços começaram a ficar doloridos e eu resmunguei me encostando na parede do provador.

— Michael! Me ajude aqui! — resmunguei.

— Ele ainda não voltou.

— Pode ser você mesmo.

— Não.

— Para de ser chato. Por que você me trata assim?

— Isso se chama cautela.

— Não é como se eu fosse te atacar ou algo assim... Eu prometo que não vou fazer nada.

— Tudo bem.

Ouvi um suspiro e antes que eu precisasse me desencostar da parede, o loiro entrou e eu virei de costas. Foi quando eu senti as suas mãos percorrerem a abertura e puxar o zíper pra cima com delicadeza. 

Seria mais romântico se eu tivesse um cabelo longo e ele obviamente teria de afastá-los. Mas a vida não é como um mangá Shoujo.

Não vou dizer que não me arrepiei com o seu toque. De alguma forma, foi diferente. Calum tinha razão quando disse que ele era diferente dos outros meninos.

Tudo nele é diferente, e isso é extremamente bizarro.

Dei meia volta e consegui encarar ele. Estava um pouco mais alto do que da última vez.

— Andou crescendo, Hemmings?

Revirou os olhos, e eu dei dois passos em sua direção, pois eu tinha certeza que ele iria recuar. Então, suas costas encostaram na parede sem violência.

— Cara... Eu fiquei bem chateada quando você disse que não queria sair comigo. Você quebrou o meu coração.

— Que coração?

Exatamente.

Dei um sorriso sacana e me aproximei dele, nossos rostos bem perto, sua respiração batendo com a minha. Eu estava sentindo como se eu fosse dar o meu primeiro beijo.

— Eu não sou tudo o que falam de mim por aí.

Ele finalmente, deu um sorriso de canto. Eu nunca o vi sorrindo assim, para mim. Então, eu não pude me controlar. Envolvi meus braços em volta de seu pescoço e o puxei para mim, tocando seus lábios nos meus devagar.

Pensei seriamente que ele iria me rejeitar, ou me empurrar, dizer que eu sou maluca. Mas o que me surpreendeu, foi quando ele envolveu seus braços ante a minha cintura.

Sinto que eu definitivamente, vou conseguir conquistar Luke Hemmings.


Notas Finais


Lá vem a autora que demora pra postar. Eu mesma.

Enfim, postei uma fanfic nova e só peço uma coisa: tenham paciência comigo.

Vou deixar o Link por aqui, e espero que vocês gostem tanto quanto gostam de Virgin, porque por mais que eu seja péssima com letras, eu trabalhei uns dois meses na história pra ela ficar um pouco formal.

Procurem no meu perfil se não der certo.

Enfim, eu não revisei, mas espero que gostem. Comentem e favoritem.

Love U All ♥

https://spiritfanfics.com/historia/r-u-b-y-michael-clifford-6722438


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...