História Vísceras - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Hana, Kyo, Romance, Víceras, Violencia, Yandere
Exibições 13
Palavras 504
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Obrigada por continuar lendo a minha história até aqui, espero que não fique chata ao tempo haha.

Capítulo 4 - O que ela é pra você?


Fanfic / Fanfiction Vísceras - Capítulo 4 - O que ela é pra você?


15:22
-C-como você sabe meu nome?
-... (ela parecia ter algo GRANDE para me falar)
-...Bom, vamos continuar então... 
-Quem é Haruka Oshisaya?
-..É uma aluna da minha classe.
-Quem é Haruka Oshisaya pra você?
-P-porque está fazendo esse tipo de pergunta?
-Apenas responda.
-Ela é... Uma amiga muito importante pois, quando eu estive no hospital... Ela me acompanhou todo tempo... Ela pode ser chata as vezes... (cora) Mas eu nunca á deixaria(sorri).
-... (ela não fazia nenhum tipo de expressão)
-...
Neste momento ela chega perto de mim, eu coro pois... Estava perto demais... Ela põe suas mãos sobre minhas bochechas e acaricia com uma expressão vazia, mas era como se eu pudesse ver raiva no fundo de seus olhos lilás... Ela tira sua mão e continua caminhando mas dessa vez pra frente, eu sinto como se não devia ter feito algo.
-Bom, aqui é seu ponto de partida (á frente havia uma porta para a saída daquele lugar)
-O-oque, por que me chamou aqui então?!
-Você me mostrou um lado seu que eu não conhecia com essas palavras. E eu não preciso mostrar á ele o que temos aqui.
-Do que você está falando!?
Conhecia, Como assim? essa garota é muito estranha!
-Você não conhece nada de mim!
-Talvez sim, talvez não.
-Você é louca?
-Talvez sim, talvez não. (ela abre um sorriso) Uma louca faria isso?
Ela chega perto de mim e nem percebo e sua cabeça está se aproximando da minha... Ela encosta seus lábios e... Estamos.. Nos beijando... Ela está com suas mãos em minha cabeça... E eu sinto uma sensação familiar...
*...-Kyoo-chi, E-eu estou envergonhada... Será que podemos fazer isso mesmo? -Cala boca e se concentre nisso Haan-chi. -E-então seja d-delicado... -V-v-você também.*
Ela desaproximou sua cabeça de mim e com um olhar de dúvida ela esperava a minha resposta. Meu rosto estava muito vermelho.
-T-talvez sim... Talvez não...
-Haha (ela dá um sorriso).
Eu também dou um sorriso de canto.
Logo começa um temporal muito forte, assim fazendo com que nós não pudéssemos voltar a sala, nós juntos fechamos a porta por onde eu supostamente estava prestes a sair e sentamos em umas cadeiras que estavam amontoadas por ali.
-Então, quer dizer que você aceita minha loucura?
-... Eu não disse isso.
-Mas o seu corpo disse.
-...
-Eu consigo ler através de seus pensamentos. (ela parece bem séria)
-... (eu faço uma cara de espanto)
-Brincadeira Hahahaha, Tinha que ver a sua cara.
-Ahh, Você não á faria também se eu pudesse ver os seus?
-Não.
-Sério?
-Sim.
-Será que não há mesmo nenhuma coisa que você queira esconder de mim? Isso é ruim.
-Nada, aliás as pessoas que realmente tem algo á esconder que são o ponto ruim.
-... V-você tem razão.
-(ela abre um sorriso) Viu? Somos tão parecidos no modo de pensar!
-É... Mesmo que á dois segundos atrás eu pensasse de maneira diferente...
-Então... Já que não temos nada pra fazer eu vou agora te mostrar o motivo pelo qual estamos aqui. 
 


Notas Finais


Obrigada por Ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...