História Vivendo com o Bangtan Boys 2 - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster
Visualizações 184
Palavras 1.624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Festa, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi Bad Dolls, desculpe a demora pra postar o capítulo, e que eu estou atolada em trabalhos na escolares, parece que os professores fizeram um pacto, pra todos eles passarem trabalhos ao mesmo tempo '-'

Então espero que entendam caso eu demore pra atualizar as minha fanfics, principalmente essa, que eu amo tanto ♡

Espero que gostem do capítulo, desculpe qualquer erro de digitação.

Boa Leitura!

Capítulo 29 - Capitulo 29 - Vou sair!


ㅡ Como assim ir embora?

ㅡ Indo oras, nos iremos pega um avião e iremos morar na França! - Ele disse me fazendo arregalar mais ainda os olhos.

ㅡ França?

ㅡ Sim, tem ideia de um lugar melhor? Por que se for eu estava pensando em morarmos na Sibéria... - Interrompi ele.

ㅡ Sibéria? Ryu, você bebeu? Fumou? Por que você não tá batendo bem da cabeça! - Eu disse e escutei uma risada.

Não minha filha, eu não estou bêbado, posso dizer que estou bem lúcido. Andei conversando com sua mãe, bom agora nos vamos ter três filhos juntos, e estamos pensando em morarmos juntos, vou mandar buscar a Kaesd em Nova York e ela vai com a gente! - Ryu disse e não pude evitar fazer uma careta de desgosto.

ㅡ Agora que eu não vou mesmo! A Kaesd filha da vagabunda da Laiki? Que o diabo a tenha. - Eu disse e fiz um símbolo de cruz e as meninas soltaram algumas risadas.

Tayhung eu sei que ela nos fez muito mal, mas não fala assim!

ㅡ Eu falo do jeito que eu bem entender. Avisa pra mamãe que se ela quiser ir morar com você por mim tudo bem. Mas da Coreia eu não saio! - Eu disse e desliguei e soltei um suspiro.

ㅡ Explica! - Livia disse.

ㅡ Meu pai quer ir morar na França, e quer me levar! - Eu disse e revirei os olhos.

ㅡ Mas você não pode, tem o grupo e você e a líder! - Sofia disse e eu acenti.

ㅡ E eu sei, por isso vou fazer de tudo pra ficar, além do mais, eu já sou maior de idade, já sou dona do meu próprio nariz! - Eu disse e cruzei os braços.

ㅡ Tudo bem, depois vocês conversam mais sobre isso, vamos voltar a ensaiar! - Michelangelo disse.

Horas depois.

ㅡ Ele disse o por que dessa reunião de última hora? - Perguntei assim que entrei no meu escritório.

Meu pai por algum motivo, havia convocado uma reunião com todos os nossos sócios. Eu apenas fui avisada de última hora, pelo meu secretário, tive que sair correndo da Big Hit.

ㅡ Não senhorita, ele apenas mandou avisa-la sobre a reunião! - Min Hyuk disse e eu acenti.

ㅡ Tenho quantos minutos até o início da reunião? - Perguntei e ele olhou em seu relógio e pulso.

ㅡ Cinco minutos!

ㅡ Ótimo, pode se retirar Min Hyuk. Obrigada! - Eu disse e ele apenas sorriu, fez uma reverência e saiu da sala.

Tirei meu celular do bolso e liguei pro Hyun. No segundo toque ele atendeu.

ㅡ Sabe o motivo do Ryu ter organizado uma reunião de última hora? - Perguntei diretamente.

ㅡ Ele quer vender toda as ações dele. Mesmo sabendo que e loucura. Ele quer se livrar da empresa, só por que ele quer ter um tempo a mais pra nossa família.

Revirei os olhos e suspirei.

ㅡ Ele não vai vender essa empresa, eu não vou deixar! - Eu disse e me sentei em minha cadeira atrás da mesa.

ㅡ Você sabe que não pode fazer nada Tayhung!

ㅡ Sim, eu posso. Mesmo que isso custe a minha vida no mundo da musica! Não vou deixar o Ryu vender a empresa pra um estranho qualquer! Espero que você venha pra reunião. Tchau

Desliguei o celular e me reencostei na minha cadeira. Fechei os olhos pensando no que eu iria fazer. Meu pai só podia estar ficando louco, achando que eu deixaria ele vender o patrimônio mais importante da nossa família. Essa empresa não pertence só a ele, mais a minha mãe, minha tia, meus irmãos e principalmente aos meus futuros filhos.

Abri os olhos e me levantei, pegando minha jaqueta branca de couro, a vesti rapidamente, me encarei no enorme espelho que havia em uma das paredes da minha sala. Eu estava usando uma saia preta justa, que ia até acima dos meus joelhos, uma blusa preta a minha jaqueta de couro, eu usava um salto algo preto,  meus cabelos estavam amarados em um rabo de cavalo.

Sai da minha sala, e assim que me viu Min Hyuk se levantou. Passei por ele indo na direção da sala se reuniões, não bati na porta apenas a abri, me deparando com todos aqueles homens vestidos de terno.

ㅡ Boa tarde! - Eu disse e todos responderam.

ㅡ Que bom que você chegou querida, nos vamos começar a reunião agora mesmo! - Meu pai disse e eu dei a ele um sorriso falso. ㅡ Por favor, querida sente-se.

Andei até a ponta da mesa, a onde o presidente das Hujon Company deveria se sentar. E como eu sou a futura presisente, eu me sento ali.

ㅡ Bom já que estão todos aqui, vamos direto o assunto, eu quero vender a Hujon Comapany, além de todas as minhas ações! Podem começar a fazer suas ofertas. - Meu pai disse indo direto ao ponto.

Apenas cruzei os braços e comecei a observar.

ㅡ Dois milhões de dólares ! - Um dos nossos sócios disse me fazendo revirar os olhos.

ㅡ Quarenta e cinco milhões de dólares! - Um outro disse e meu pai fez um sinal para ele começar a aumentar a oferta.

ㅡ Quarenta e sete milhões!

ㅡ Por favor senhores, quarenta milhões e tão pouco, vocês tem em mãos a oportunidade de terem a maior empresa de tecnologia da coreia! - Meu pai disse e eu suspirei entendiada.

ㅡ Sessenta milhões!

ㅡ Oitenta e dois milhões!

ㅡ Oitenta e cinco milhões!

ㅡ Noventa milhões!

ㅡ Noventa e sete milhões!

ㅡ Senhores, mais por favor! - Meu pai pediu mais uma vez.

ㅡ Cem milhões!

ㅡ Cento e um milhões de dólares!

ㅡ Cento e cinco milhões!

ㅡ Quinhentos milhões de dólares, e eu pago agora mesmo! - Um dos nossos sócios disse me fazendo arregalar os olhos.

Tá legal, não achei que esses sócios apostaram tão alto. Mas okay se esse cara quer comprar a empresa eu permito. Até por que eu preciso esperar pra dar o bote.

ㅡ Fechado! - Meu pai disse e o homem sorriu.

O homem começou a assinar o cheque e meu pai entregou pra ele o contrato. Assim que o homem assinou o contrato eu me levantei.

ㅡ Então senhor Kim, quero fazer negócios com o senhor! Quero comprar a Hujon Comapany do senhor! - Eu disse e meu pai me olhou com os olhos arregalados.

ㅡ Tayhung eu te proibo de fazer isso! - Meu pai disse e eu apenas o ignorei.

ㅡ Então senhor Kim, quer fazer uma negociação? - Perguntei e ele me olhou interessado.

ㅡ O que eu ganho te vendendo a Hujon Company? - Senhor Kim perguntou.

ㅡ Bom, eu e o senhor dividiriamos as ações em cinquenta para cada um, além do mais você teria prestígio em ser o vice presidente! - Eu disse e ele semicerrou os olhos.

ㅡ Quero mais do que isso, quero meu dinheiro de volta! - O senhor Kim disse.

ㅡ Você vai ter, pago novecentos e noventa e nove milhões. Mas só se eu ficar com toda as ações e com a empresa também! - Eu disse e todos na sala se surpreenderam.

Isso mesmo sociedade, eu tô entregando e bandeija, quase cem mil bilhões!

ㅡ Fechado senhorita Hujon! - O homem disse e nos apertamos as mãos.

ㅡ Obrigada senhor Kim! - Eu disse e sorri. ㅡ Vou pedir pra prepararem o contrato! - Eu disse e sai da sala.

ㅡ Não acredito que você fez isso Tayhung! - Hyun disse assim que eu sai da sala de reuniões.

ㅡ Eu tive que fazer, o papai queria vender o patrimônio mais importante da nossa família! - Eu disse e ele suspirou.

ㅡ A cada dia que se passa eu te acho mais louca! - Hyun disse e eu sorri.

ㅡ E eu sei! - Eu disse.

ㅡ Sabe que assim que ele assinar o contrato, você se torna oficialmente a presidente da Hujon Company não é? - Ele perguntou e eu acenti. ㅡ E sabe que você vai ter que largar o mundo da musica de vez, não e?

ㅡ E eu sei... - Suspirei.

ㅡ Vai querer continuar com isso Tayhung?

ㅡ Eu preciso! - Respondi.

ㅡ E por que?

ㅡ Você sabe que com e a empresa que nos sustenta, se nos a vendermos, aos poucos nos vamos falir, o papai tem que criar a Kaesed, e você sabe como aquela piralha gosta do que e caro, o nosso pai não vai negar esse luxo pra ela. E isso vai nos fazer ir pra vala mais rápido! - Eu disse e ele suspirou assentindo.

ㅡ Você que sabe, mas acho que tem outro motivo, pra você estar querendo assumir essa empresa! - Hyun disse e eu apenas me virei indo pedir pro Min Hyuk fazer o contrato.

Minutos depois.

Senhor Kim terminou de assinar o contrato e eu suspirei, assim que todos começaram a aplaudir.

ㅡ Parabéns Tayhung, apartir de agora você e a mais nova CEO da Hujon Company! - Hyun disse e eu sorri.

ㅡ Obrigada a todos! - Eu disse e sorri. ㅡ Prometo fazer essa empresa prosperar, espero orgulhar a todos os meus ascestrais e principalmente a minha família e futura! - Eu disse e todos aplaudiram mais um pouco. ㅡ Quero agradecer a presença de todos vocês, mas eu preciso me retirar agora!

Eu disse e sai da sala de reunião.

Desamarei meu cabelo e entrei no elevador.

Após alguns minutos eu já estava dentro do meu carro e digirigindo pra Big Hit, eu precisaca conversar com o Bang PD-nim.

Depois de longos minutos eu estava na frente da porta do Bang PD-nim, bati na porta e entrei.

ㅡ Tayhung a que devo a hora da sua visita? - Ele perguntou e se levantou.

ㅡ Olá Bang PD-nim, eu preciso conversar com o senhor.

ㅡ Claro, sente-se o que quer me dizer? - Ele perguntou e eu respirei fundo.

ㅡ Bom, eu quero dizer que eu não vou mais ser uma Bad Girl, eu vou sair!

ㅡ VOCÊ VAI OQUÊ ?


Notas Finais


Eita porra!!

Espero que tenham gostado do capítulo. Obrigada pelos comentários e favoritos! Desculpe novamente pra demorar a atualizar a fanfic.

Comentem quero saber a reação de vocês sobre esse capítulo!

Bjs e até o próximo capítulo ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...