História Vivendo com você - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Como Eu Era Antes de Você
Personagens Louisa Clark, Nathan, Will Traynor
Tags Lou, will, Willou
Exibições 43
Palavras 781
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente, olha eu resolvi dividir esse capítulo em dois, então hoje eu vou postar a primeira parte e amanhã postarei a segunda, espero que gostem.

Capítulo 6 - 6


Chego em casa e tiro meu sapatos e o casaco. Vou para a cozinha e bebo um copo d’água e posso ouvir o som da cadeira de Will se aproximando. 
_Olha só quem chegou – ele diz,  olho para ele que tem um sorriso irônico nos lábios. 
_Papai Noel – digo e ele ri.
_Você não  ne parece um velhinho gordo e barbudo. 
_Isso por que eu sou uma versão mais atualizada. 
_Eu diria uma versão mais gostosa – ele levanta as sobrancelhas sugestivamente. 
Eu dou uma risada e sento no colo dele,  passando os braços ao redor de seu pescoço e brinco com os cabelos dele. 
_Você acaba de entrar para a lista dos malvados – ele sorri. 
_Ah que ótimo,  já  estava preocupado,  pensei que não conseguiria esse ano. 
_Engraçadinho – ele  RI e eu dou um beijo rápido nele,  mas Will como sempre aprofunda o nosso beijo e sinto seus dedos em meu bum bum. Will traynor e suas safadezas. Eu penso. Me Afasto dele meio ofegante e sou presenteada com seu sorriso safado. 
_Como foi o almoço com sua mãe? – pergunto. Ele revira os olhos,  acho que acabo de estragar o clima. 
_Você sabe como cortar minha onda,  Clark. 
_Desculpe – eu rio. 
_Tudo bem. O almoço foi bom – ele faz uma cara de criança sapeca e sei que esta me escondendo alguma coisa – Ela topou me ajudar em meus planos. 
_Que planos?  O que você está  escondendo Will? 
Ele balança a cabeça em negativa. 
_Você só vai saber no tempo certo. 
Reviro os olhos.  Odeio quando ele faz isso,  e ele sabia. 
_Não  gosto que me esconda as coisas,  fico curiosa. 
Faço uma carinha de cachorro pidão,  na esperança que ele me conte,  mas não funciona. 
_Não adianta me dar esse olhar de gato de botas,  Louisa,  eu não vou contar. 
_Droga! 
Levanto da cadeira dele e pego o convite na minha bolsa,  ele me olha intrigado. 
_O que é isso? – ele pergunta. 
_Leia você mesmo – abro o convite e seguro na frente dele,  para que ele possa ler. 
Ele lê tudo com atenção e quando termina,  começa a rir. 
_Por que você está  rindo? 
_Por quê  os nossos ex sempre nos convidam para seus casamentos? 
Não consigo conter e começo a rir também. 
_Eu não  sei,  quem sabe somos amaldiçoados. 
Ele RI. 
_Você  que ir?  
Passo as mãos no cabelo e me sento numa cadeira. 
_Eu não  sei,  e o que Treen me contou hoje,  me deixou mais indecisa ainda. 
_E o que ela te contou? 
Ele se aproxima com a cadeira até suas rodas baterem no meu pé. 
_Treen me disse que,  Patrick e Cristen namoram há 7 meses. Ou seja, ele me traiu com ela, depois que comecei a trabalhar aqui. 
Will ne escutou com atenção e quando terminei de falar ele olhou para o lado,  como se estivesse processando o que eu falei,  depois se virou para mim com o olhar sério,  e eu sabia que estava com ciúmes.  Contive um riso. 
_E como você se sente sobre isso? 
_Na hora eu senti raiva,  nunca pensei que Patrick teria me traído.  Afinal, e até me chamou para morar com ele, mas agora eu me sinto magoada. Patrick e eu não temos mais nada, mas eu fiquei  com ele por sete anos e ele me trai só  porque não quid ir com ele naquela competição. 
_E por que você  não foi? 
_Ora ficar com você. 
Ele da um sorrisinho de lado  e sinto seu ego inflar. 
_Então  você já gostava de mim nessa época Clark?  Mesmo eu sendo um idiota? 
_Sim,  Will eu já gostava de você,  na verdade acho que já amava você, e entenda,  você é e sempre será um idiota.
_É,  mas você ama o idiota aqui não é? 
_Infelizmente pra mim,  eu vou ter que te aturar a vida toda,  por que amo você e não consigo ficar longe. 
Ele da um sorriso vitorioso e eu rio. 
_Bem Clark quanto a isso,  eu só posso continuar sendo esse idiota que você  ama – reviro os olhos – Mas quanto ao casamento do seu ex,  eu no seu lugar iria. Não ligue se ele te traiu ou não,  ele é um idiota que não sabe o que perdeu,  vá nesse casamento e esfregue na cara dele que você está mais que feliz e que eu sou melhor que ele na cama. 
Dou uma risada e me sento de novo no colo dele. 
_Você não m jeito né – ele nega com a cabeça –Bem,  então se você  me acompanhar,  eu vou nesse casamento. 
_Será um prazer,  madame,  e ainda ajudo você a escolher um espelho lindo para dar de presente. 
Ambos rimos e nos beijamos ali mesmo na cozinha. 

 


Notas Finais


Gente eu amo esses doiskkk
Gente eu prometo postar a parte dois amanhã, comentem e deem sugestões, espero que gostem, bjs e até o próximo cap :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...