Hist√≥ria Viver A vida ūüíö - Cap√≠tulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren
Exibi√ß√Ķes 44
Palavras 513
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
G√™neros: Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta hist√≥ria s√£o apenas alus√Ķes a pessoas reais e nenhuma das situa√ß√Ķes e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma fic√ß√£o. Os eventuais personagens originais desta hist√≥ria s√£o de minha propriedade intelectual. Hist√≥ria sem fins lucrativos, feita apenas de f√£ para f√£ sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiro 💚 Bem Vindos ‚úĆ

Capítulo 1 - 1. Prólogo (Abertura)


(1990) Nascimento Das gêmeas. Miami - Estados unidos da América. Hospital de miami (22:00) PM. 

- Vai Clara! Já posso ver a primeira vindo... Só mais um pouco. Vamos lá... 

E depois de 8 horas em trabalho de parto nasce a primeira herdeira dos Jaureguis. Michelle Jauregui Morgado vem ao mundo com poderosos pulmões e chora indignada afinal quem gostaria de ser suspensa de cabeça para baixo e levar uma palmada no bumbum em suas primeiras horas de vida. O doutor Charles entrega a pequena menina para Michael que segura sua linda pequena e a leva para perto de Clara, que olha a filha emocionada, alguns minutos se passam até que outra poderosa contração faz a mulher gemer de dor.

- Levam a pequena para o berçário! Clara sua outra menina vem ai... Sei que está cansada mas vai precisar fazer uma força. Comigo no 3... 1 2 3 Empurra! 

Clara já chorava ao ter que fazer força, Michael segurava sua mão e olhava o médico com expectativa. O doutor gritava para a jovem mãe fazer força. Clara suava muito e pedia aos céus que sua segunda menina viesse com saúde. Michael apertava forte a mão da esposa e lhe dizia palavras carinhosas em seu ouvido, Até que outro chorinho indignado enche a sala de parto. Lauren chegava ao mundo um pouco menos nervosa que a irmã ainda sim chorava muito... Estava muito bom ficar no útero quentinha, quem aquele alienígena com dez vezes o seu tamanho pensava que era pra lhe tirar de lá? Que audácia. 

Depois de algumas horas uma enfermeira trouxe as pequenas gêmeas para o quarto pra ficar junto de seus pais. Michael pegou Lauren que bocejou em seu colo e lhe deu um sorriso mínino típico de um recém nascido, O jovem pai sorriu emocionado com a delicadeza de sua pequena filha. Clara já amamentava michelle que sugava o seio da mãe com força e balançava as mãozinhas constantemente, A mulher olhava para a pequena nervosa em seu colo e sorria satisfeita. Suas meninas estavam ali com ela e nada no mundo faria elas se afastarem.

- Essa daí é nervosa hein - Michael falou olhando michelle no colo de clara, ele admirava sua pequena porém em sua mente ele imaginava o quanto michelle daria trabalho com esse temperamento que já se mostrava forte desde o nascimento.

- É a minha nervosinha... Mamãe te ama tanto bebê - Clara falou sorrindo para sua pequena. Tirou michelle de seu seio, a recém nascida foi reclamando para o colo do pai que olhou a menina sorrindo. Clara pegou Lauren e colocou a pequena para mamar enquanto Michael tinha a dura tarefa de desviar a atenção de michelle.

- Parece que alguém aqui não gosta de dividir - Falou brincalhão o Pai para sua filha revoltada. 

- Será que elas vão brigar muito quando crescerem? - Clara perguntou sorrindo

- Quando crescerem? To até pensando em colocar essas danadinhas em quartos separados - Michael disse brincando fazendo Clara sorrir

- Eu amo vocês - Disse a mulher para sue marido e suas filhas. Finalmente eles estavam completos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...