História Viver Para Sempre Com Você ! - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Ian Harding, Keegan Allen, Lucy Hale, Pretty Little Liars, Sasha Pieterse, Shay Mitchell, Troian Bellisario, Tyler Blackburn
Personagens Ashley Benson, Ian Harding, Keegan Allen, Lucy Hale, Sasha Pieterse, Shay Mitchell, Troian Bellisario, Tyler Blackburn
Tags Emison, Pll, Sasha Pieterse, Sashay, Shay Mitchell
Exibições 204
Palavras 1.377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Capítulo 31


 

Sasha estava lá fora esperando Hudson, ele havia ligado e disse que estava indo lá para conversar com ela. Ela estava sentada em uma outra parte da fazenda, mais afastada, mas era próximo ao jardim.

 

Ela estava sentada quando viu ele se aproximar. 

 

 Hudson: Oi Sash! (sorriu)

 

Sasha: Oi Hudson, senta ai.

 

 Ele puxou uma cadeira e se sentou.

 

 Hudson: Eu quero conversar com você.

 

Sasha: Eu também, mas pode falar primeiro.

 

Hudson: Olha, eu quero pedir desculpas por ontem, eu acho que não vale a pena brigar assim, estamos brigando muito, nosso namoro ta ficando abalado.

 

Sasha: Olha Hudson, ontem eu falei uma coisa pro Ken, e vou te falar agora também. Ontem quando viemos embora nem conversamos e eu não tava mais com cabeça também. Só que eu to cansada sabe, to me cansando de vocês dois brigando assim, implicando um com o outro, ficam nessa disputa pela minha atenção e esquecem de mim, do que eu sinto, de como eu fico.

 

 Hudson abaixou a cabeça pensativo.

 

 Sasha: Não quero mais brigar com você por isso, porque como você disse isso ta abalando nosso namoro, e eu não posso ficar no meio dessa birra de vocês dois, porque eu não posso escolher, eu não quero ter que escolher.

 

Hudson: Eu sei Sash. E foi pensando nisso a noite toda que eu resolvi falar sobre isso, não quero que você escolha. As vezes me deixo levar pelo ciumes, Sash você e Ken foram namorados, todo mundo sabe que ele é apaixonado por você ainda, como você acha que me sinto tendo que ta sempre ouvindo sua família falando disso? É natural que eu sinta ciumes, ele ta sempre te abraçando, junto de você, me desculpa, só que sou seu namorado e não tem como eu não sentir isso.

 

 Sasha: Eu sei, mas você tem que confiar em mim, e pelo amor de Deus, Ken não é apaixonado por mim, vou ter que sair desenhando pra todo mundo entender isso?

 

Hudson: Sash eu só tenho medo.

 

Sasha: De que?

 

Hudson: De que um dia o que você sentiu por Ken volte.

 

 Sasha riu.

 

 Hudson: Porque ta rindo?

 

Sasha: Porque isso não faz o menor sentido, escuta, Ken não sente nada por mim, e nem eu por ele, somos como irmãos. Foi um namoro de criança, a gente era mais novo.

 

Hudson: Olha meu amor, eu paro de implicar com ele, se ele parar também.

 

Sasha: Não precisam ser os melhores amigos do mundo, mas só quero que parem com essas implicâncias bobas.

 

Hudson: Vou me esforçar, prometo!

 

 Ela sorriu beijando o rosto dele.

 

 Sasha: Obrigado amor, to feliz por isso (sorriu).

 

 Eles ficaram ali namorando, na verdade Sasha não tirava os beijos de Shay da cabeça, a cada hora que Hudson a beijava vinha os beijos dela em sua cabeça, isso a deixava incomodada, e sua consciência pesava muito, afinal estava o traindo, mesmo não buscando isso, mesmo não sendo sua intenção, para ela era algo muito errado o que estava fazendo, perdida nesses pensamentos acabava ficando longe dali e Hudson percebeu.

 

 Hudson: Amor, você ta aérea, meio distante, ta chateada ainda?

 

Sasha: Não amor, eu só to preocupada com umas coisas, mas esquece.

 

Hudson: Com o que meu amor?

 

Sasha: Nada não. Bom, vamos lá pra casa? Daqui a pouco o tio Fausto ta indo embora com a tia Laura e quero me despedir deles.

 

Hudson: Tudo bem, vamos lá.

 

Chegando perto da casa, Dulce passou por eles, ela estava saindo pra ir a cidade. Ela olhou para os dois, e um pouco mais para Sasha, elas não falaram nada, apenas se olharam. Shay com cara de enjoo achava os dois uma melação. Sasha não falou nada, só a encarou, e ao ver o namorado e ela juntos, ficou meio nervosa, isso era muito novo pra ela, nunca se imaginou nessa situação.

 

 Shay ligou para Lucy avisando que estava indo pra lá, logo depois montou em sua moto e seguiu para a cidade. Uns quarenta minutos depois chegava ao apartamento de Lucy e os outros. Lucy estava sentada com Ian em um sofá, Tyler e Troian estavam sentados no outro, iam assistir um filme e estavam apenas esperando Shay chegar pra começar a assistir e preparar as pipocas. 

 

 Tyler: Deve ser a Shay.

 

 De pronto Lucy se levantou para abrir, já com um enorme sorriso no rosto.

 

 Lucy: Deixa que eu abro.

 

 Ela seguiu até a porta abrindo, Ian já gelava, pois sabia que ela ia cobrar dele se ele já tinha contado a verdade para Lucy. Ele estava sem coragem e não sabia como começar a contá-la. 

 

 Lucy: Minha morena! (sorrindo)

 

Shay: Oi minha vida! (sorrindo)

 

 Já se abraçaram, quem via assim parecia que não se viam a dias.

 

 Shay: E a cambada ta ai?

 

 Lucy deu espaço e ela entrou com seu capacete na mão.

 

 Lucy: Ta todo mundo ai. (fechou a porta)

 

Shay: Fala meus amores! E ai Ian.

 

 Ela se aproximou dele e se cumprimentaram com beijinho no rosto, depois ela colocou o capacete em cima da mesinha de centro e já se enfiou no meio de Tyler e Troian no sofá, quase sentando no colo dos dois, na perna de cada um.

 

 Tyler: Mas é folgada essa morena.

 

 Troian e ele se ajeitaram no sofá dando mais espaço pra ela. E o sofá era daqueles que tinha lugar só para dois. Ela passou os braços em volta de cada um sorrindo.

 

 Shay: E meu beijo?

 

 Os dois deram um selinho na bochecha dela, um de cada lado e ao mesmo tempo.

 

Tyler: Pentelha! (rindo)

 

 Lucy: Senta aqui Shay, tem mais espaço. (batendo a mão no espaço do seu lado)

 

 Ela se levantou e se sentou do lado dela, na verdade só sentou com Tyler e Troian pra encher o saco deles.

 

 Shay: E ai, bora começar a sessão cinema?

 

Tyler: Demorou!

 

Shay: Eu faço a pipoca, me ajuda Tyler?

 

Tyler: Opa, só se for agora. Vamos lá!

 

Troian: Bom, eu vou ajeitar o DVD aqui enquanto isso.

 

Lucy: E eu e o Ian ficamos olhando. (rindo)

 

 Ian sorriu, na verdade ele estava meio sem jeito depois que Shay chegou, estava nervoso, sabia que na primeira oportunidade ia cobrar ele se falou com Lucy e temia que ela pudesse falar já que ele ainda não tinha dito. Shay e Tyler foram pra cozinha e enquanto Troian foi no quarto buscar o filme pra verem, Lucy olhou pra Ian o observando, percebeu que ele ficou quieto desde que Shay chegou, ele é sempre falante, parecia que não estava muito a vontade.

 

Lucy: Ian, o que foi, ta tudo bem? (acariciando a mão dele).

 

Ian: Como assim linda?

 

Lucy: Você ficou estranho, ficou quieto do nada, parece que ta sem jeito.

 

Ian: Eu? Que isso meu amor, é impressão sua. (sorriu forçado)

 

Lucy: Não, você é todo falante, risonho, do nada ficou sério e foi desde que a Shay chegou.

 

Ian: Amor não viaja, tem nada a ver, é coisa da sua cabeça, vem cá vem!

 

 Ele puxou ela a beijando pra nao dar mais oportunidade dela falar e fugir do assunto. Ela correspondeu. Troian voltava do quarto com o filme, quando ia entrando na sala viu os dois se beijando, parou de andar e deu uns passos pra trás. Ficou observando os dois juntos, formavam um casal bonito, torcia pra Lucy finalmente esquecer Shay e ser feliz com alguém, ela merecia alguém especial pra fazer ela feliz como merecia. 

 

 Troian: Ian, Ian, cuida bem dela hein.

 

 Angelique queria tanto que Lucy fosse feliz, que tinha vontade de conversar com Ian como se fosse dar uma `aula` do que Lucy gostava, de como ela gosta de ser tratada, de ser cuidada, falar de todos os seus gostos pra ter a certeza que ele saberá fazer ela mesmo feliz, e acima de tudo de como ela realmente deve ser tratada, porque para ela Lucy merece ser muito amada, pois ela é uma menina diferente das outras, aliás, uma pessoa diferente das outras que merecia toda a felicidade do mundo. Já viu ela sofrer tanto por causa do que sente pela Shay, que não quer mais ver ela assim. Assim como Lucy estava apostando suas fichas em Ian. Depois de observa-los um pouco entrou na sala.


Notas Finais


100 favoritos 😍 vocês são incríveis 💗
Vou tentar postar mais 2 capítulos hoje 💗

Comentem 💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...