História Viver por você - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Chiyo, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Haku, Hashirama Senju, Hidan, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Inojin Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Karin, Kimimaru, Kisame Hoshigaki, Kizashi Haruno, Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Matsuri, Mebuki Haruno, Mei, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shizune, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yahiko, Yamato, Zabuza Momochi, Zetsu
Exibições 16
Palavras 4.013
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Mudança


Fanfic / Fanfiction Viver por você - Capítulo 2 - Mudança

 estava seguindo com sasuke para um lue ar que sesmo afirmou que seria bom para me ficar causao sse que eu não poderia continuar  em sua casa pôs logo a policia estaria em minha procura e não seria nada bom ser encontrada em sua residência , eu achei impossível essa possibilidade dos meus avos por a polícia em minha procura. essas pessoas não cumpre o trabalho deles com por exemplo procurar e deter criminosos imagine que ficaria perdendo seu precioso tempo comigo . passei apenas uma noite na  casa de sasuke mais num fundo seria bom pôs eu não queria da problemas a ninguém. durante esse tempo que fiquei em sua presença  eu conseguir descobrir algumas coisas sobre ele . me lembro que o mesmo falou que era um homem de lei, formado em direito, era bastante ocupado por causa de seu trabalho. sasuke tem 23 anos de idade e não mora como seus familiares e nem os vê a muito tempo, foi o que o mesmo me relatou . também sei que ele e sócio de uma empresa bastante influente no país,  não tem esposa filmestavestimação. sobre sua personalidade eu percebi que o mesmo e bastante sério misterioso e meio bipolar , parece se irrita fácil e não gosta de conversa muito principalmente quando  esta fazendo sobre sua vida . e enquanto a sua aparência ele parece um  príncipe de tão lindo , sasuke e alto e forte igualmente aquela heróis dos filmes .  possui cabelos negros olhos onex e pele branca da cor da neve. o mesmo tem um ar de superioridade com aquele nariz empinado e queixo fino.  Quando aquele desconhecido chegou e me salvou eu percebi que que ainda existia pessoas que seimportava comig que ainda tinha uma saida. mesmo não me conhecendo ele se importou com minha vida e se preocupou em me socorrer.   e pôs esse motivo que eu decidir,  viveria apenas por ele.  decidir que daquele momento para frente eu dedicaria toda a minha vida a ele e mais ninguém . agora eu me sinto mais calma sabendo que tenho um motivo para lutar. 

paramos em frente um prédio de no mínimo oito andares. o lugar ficava bastante distante da casa de sasuke , praticamente do outro lado da cidade,  o bairro era simples com poucas lojas e mercados além todos os estabelecimento  serem humildes , ao contrário do lugar onde sasuke mora que era um bairro de ricos e milionários cheio de prédios altos e alojar e restaurantes luxuosos.   Sasuke desceu do carro e começou a andar em direção a entrada do prédio , desci do automóvel e comecei a segui-lo . paramos em frente ao balcão onde uma mulher nos aguardava de pé , o mesmo se aproximou e começou a fala algo com ela e a mesma não desgrudava seus olhos castanho de me e do Kong . dei alguns passos e me escondi atrás de sasuke, eu não me sinto bem em ve as pessoas me encarando dessa forma. 

__ você e o responsável  da garota? __ ouvir a mesma pergunta para sasuke.

__ você e uma recepcionista ou detetive? __ o mesmo perguntou com arrogância. 

__ porque esta perguntando isso? 

__ porque se eu me lembro bem recepcionista trabalha atendendo os clientes e não fazendo interrogações sobre a vida deles. 

__desculpa foi so curiosidade e que...

__ eu não quero saber das suas explicações agora faça o favor de me entregar a chave do meu apartamento. __ o mesmo praticamente gritou e a mulher o entregou a chave com a mão trémula. sasuke pegou a chave da mão dela com rapidez e saiu pisando firme. sai correndo atrás dele tentando acompanhar os seus passos.  ao chegar em frente a porta do apartamento o mesmo a abriu e deu espaço para que eu entrasse. assim que coloquei meus pés lá dentro, sentir um certo apeado aquele lugar. não era grande igualmente a minha casa ou a casa de sasuke mais eu acabei gostando,  as paredes eram pintada de bege e verde claro e na janela  tinha cortinas marrom escura que impedia que a claridade entrasse . o cómodo onde estávamos era uma divisão de sala e coisinha , a decoração era apenas um sofá grande da mesma cor das cortinas  uma estante onde ficava a teve e outros aparelhos e um tapete escuro no chão.  no canto havia uma mesinha com um abajur e alguns enfeites, e no outro lado ficava a pequena coisinha com geladeira fogão armário além de outros aparelhos . ao lado da coisinha   havia um corredor onde levava para o quarto e uma pequena área de sérvios. 

__ bom,  esse e o lugar a qual me referir espero que tenha gostado. 

__ você vai vir me visitar ?? 

__ sim mais apenas quando eu tiver tempo então e melhor não fica esperando por me. você pode ficar a vontade para fazer o que quiser , e se por acaso resolver sair e melhor que não seja a noite,  esse bairro costuma morar pessoas perigosas então acho tente evitá-los. 

__ eu posso usar o telefone? 

__ pode , meu número esta na lista de contatos se precisar de algo me liga. 

__ você já esta indo embora? __ perguntei enquanto observava o mesmo seguir em direção a saida. 

__ sim mais eu voltarei mais tarde para trazer roupas e alimentos para você. __ o mesmo falou da solteira da porta e eu apenas afirmei. 

Assim que sasuke foi embo segui ate o telefone e disquei o número do telefone da minha avo. já fazia dois dias que eu havia fugido de casa e sem dúvida a mesma deve esta preocupada comigo e eu acho justo ao menos avisá-la que eu estou bem. 

__ sakura onde você esta ? eu estou tão preocupada com você.

__ vovó eu liguei apenas para dizer que estou bem. 

__ sakura diga onde você esta que iremos te buscar. 

__ eu não quero volta para casa vovó,  por favor deixe-me ficar aqui, eu estou me sentindo bem como o sasuke...

__ quem e sasuke?  Você e so uma criança sakura não pode decidir as coisas por se propina. será que não percebe que estamos sofrendo por causa dessa trajedoçiace que aconteceu em nossa família ? e ainda que nos causar mais preocupação. eu estou responsável por você agora e não posso te deixar desse jeito.  me responde porque não quer volta para casa ?

__ eu não consigo esquecer do papai e da mãe quando estou ai. deixe-me ficar aqui por favor, o sasuke cuidara de me acredite.

__ quem e esse sasuke sakura?

__ meu amigo , ele me salvou e esta cuidando de me. ele se preocupa comigo. 

__ esta bem então se você realmente confia nesse seu amigo traga-o aqui,  se ele realmente for uma pessoa confiável eu permitirei que você passe um tempo com ele ate que fiquei melhor. 

__ esta bem vovó eu irei falar com ele , so quero que prometa que ira cumprir o que disse.  

__  prometo sim.  se você esta se sentindo melhor e o que importa.  

__ obrigado vovó. 


Assim que a Ligação terminou segui em direção ao quarto onde de agora para frente seria meu ,  coloquei Kong sobre a cama e segui para a o banheiro. enchi a banheira de água quente e entrei , fiquei durante alguns minuto lá dentro tentando relaxar mais as vezes era impossível pôs quando as lembranças do dia do meu aniversário vinha me afrontar era impossível fazer isso. após sair da banheira seguir em direção ao guarda roupa e comecei a procurar algo para vestir , peguei uma blusa social de sasuke.  a mesma era cinza e ficou parecendo um vestido para me mais o cheiro que tinha nela foi o que mais me agradou  era o mesmo perfume que esteve em sasuke quarto o mesmo me abraçou.  segui ate um espelho que ficava de frente para a cama e comecei a escovar meus cabelos. eles e a  parte de me que mais gosto ,são  compridos e  Vão ate a altura dos meus quadris, antes eles eram ruivos mais forma  pintado de  rosa pela a mamãe a alguns meses atrás . fiz uma tranca de lado nelesa debaixo dos enredos. puxei meu amigo Kong para perto e o abracei. ele e o meu único amigo e da gora para frente minha única companhia quando sasuke não estiver por perto. 


estava sentada de frente para o espelho tentando prender a trança que havia acabado de fazer com uma presilhas em forma de laço. virou-se para olhar a porta assim que ouviu o som de batidas , a mesma foi aberta e uma bela mulher de cabelos loiros apareceu com um sorriso gigantesco no rosto. 

__ vamos meu amor , o seu pai já esta esperando lá em baixo._  a mesma falou se aproximando da garota. 

_ e o Kong,  ele não ira com a gente mamãe? 

__há meu bem eu acho que ele não ficara chateado se ficar um tempinho sozinho. 

__ essa e uma noite especial acho que o Kong deveria sim esta com agente. 

__ esta bem se você prefere desse jeito então vamos levar o Kong mais so se o seu pai concordar  _ a mesma falou pegando nação da garota e seguiu para fora sendo acompanhada pela filha. ao chegar nas escadas avistou o homem de pé em frente a ees as observando com um sorriso encantador. 

__ você está perfeitamente linda minha princesa. __o mesmo falou abraçando a garota assim que chegou no último degrau. 

__ obrigado papai. __ disse se afastando do homem para observá-lo. __ pai você deixaria o Kong ir junto com agente, acho que ele também gostaria de comemora meu aniversário. 

__e claro que Kong pode ir , vá buscá-lo rápido. __ o mesmo falou fingindo esta com pressa e a garota novamente subiu as escadas correndo enquanto dava risadas do pai .ao chegar no quarto avistou Kong deitado  sobre a cama , pegou o coelho e saiu correndo pelos corredores em direção a sala Onde o casal estava. quando estava se aproximando das escadas ouviu um barulho estrondoso vindo do andar de baixo então apressou os passos. quando finalmente chegou na escada seus olhos forma direcionado para baixo e se assustou com a Sena. sua mãe e seu pai estavam sendo arrastado escadas a cima por homens vestidos com ternos negros e, cada um tinha uma arma apontada para a cabeça dos reféns. 

__ corre sakura ,vá para seu quarto e tranque a porta , vá!! __ ouviu seu pai gritar enquanto tinha seu pescoço sendo apertado pelo  bandido. a mesma virou-se e saiu correndo novamente em direção ao seus aposentos mais a cada momento que corria parecia que a posta de seu quarto ficava mais e mais longe. 


acordei sentido meu coração batendo desesperadamente e minha  respiração acelerada como se eu não respirasse a um com tempo. passei a mão em meu olhos tentando clarear minha visão, so então percebi que eu estava chorando. olhei para todos os lados assustada para te certeza que tudo não passou de um pesadelo  e dei de cara com sasuke sentado do meu lado com as sobrancelha franzidas. Não conseguir controlar meu medo e acabei o abraçando, de imediato o mesmo ficou tenso mais depois acabou retribuindo o abraço . meu corpo tremia  com se eu estivesse com frio  e eu não conseguia para de chora ,uma das mãos de sasuke começou a acariciar meus cabelos enquanto seu outro braços me apertava mais contra seu peito. Ficamos assim durante alguns minutos ate que finalmente o choro cessou e o meu corpo parou de tremer. 

__ esta tudo bem agora?  __ o mesmo perguntou enquanto tentava ve meu rosto. 

__ estou , obrigado por me acordar eu...

__ não precisa agradecer. eu so fiz porque estava cansado de ouvir seus gritos desesperados. __ disse me interrompendo. 

__ mesmo assim obrigado. __ falei com a voz baixa. 

__você e o Kong sem dúvida estão com fome não e mesmo?  __ o mesmo perguntou com um sorriso torto enquanto olhava o coelho sobre a cama. 

__ Kong não come. __falei observando o mesmo rir e mostrar seus dentes braços. 

__ mais você sim , venha eu irei pedir uma pizza para você. __ disse se levantando e caminhando em direção ao corredor,  levantei-me com o Kong e o segui .  parei ao lado do sofá e fiquei o observando conversar no celular. quando o mesmo desligou o aparelho seus olhos forma direcionado a me , sasuke me mirou de cima a baixo e novamente franziu as sobrancelhas. 

__ nessa sacola tem roupas para você não e bom ficar vestida com as minhas. __ disse apontando para um sacola branca sobre o sofá. 

__ porque não pode usar as suas?  Você tem alguma doença?  

__ claro que não , Minha noiva pode chegar aqui a qualquer momento e não vai gosta de te ve com minhas roupas. não que ela vem aqui mais nada e impossível quando se vem da karin usumaki. 

__ achei que você não tinha esposa. 

__ karin não e minha esposa. 

__ mais vai ser de qualquer jeito não e mesmo? 

__ eu não tenho certeza. 

__ você não gosta dela? esta  indeciso ?  

__  sakura para de fazer perguntas e vai tirar a minha roupa logo. __ o mesmo falou com uma carranca enburrada. 

__ deixe eu ficar com ela apenas hoje eu prometo que não irei mais tocar em sua roupa. 

__porque quer tanto ficar com minha roupa?  

__porque tem um cheiro bom __ falei baixinho e o mesmo me olhou sério. 

Quando a pizza chegou sasuke a pôs em um prato e me entregou. fiquei fritando o prato e lembrando do que minha avó havia falado. 

__ algum problema?  Você não gosta de pizza?  __ o mesmo perguntou me encarando do outro lado do balcão. 

__ eu queria te pedir algo. 

__ e o que seria ??

__ você poderia ir na casa de meus avos comigo? 

__ fazer o que na casa de seus avós ?

__ eu liguei para a vovó e ela jurou que deixaria eu ficar aqui se você fosse conversa com ela. acho que ela quer ter certeza se você e uma pessoa boa com eu havia falado. 

__ eu não sou um pessoa boa então e melhor você não insistir para irmos. 

__ por favor aceite , eu afirmei a vovó que nos iríamos.

__ não deveria te confirmado nada antes de te falado comigo. __ o mesmo ficou com uma expressão nervosa. 

__ me desculpa e que eu achava que você iria. __ baixei a cabeça para não olhá-lo. 

__ esta bem,  nos iremos. __ o mesmo falou após alguns minutos. 

__ obrigado sasuke-kun. 


**


estacionei o carros em frente a casa dos avós de sakura e desci apressado sendo acompanhado pela garota de madeixas rosas. adentramos as grades e caminhamos pela estrada de pedra que levava em direção ao três degraus do grande casarão.  assim que tocamos a campainha uma senhora que parecia te uns quarenta anos de idade abriu a porta. a mesma me observou por alguns segundos e  desviou seus olhos cor de meu para a garota atrás de me. 

__sakura e você meu bem. __ a mulher falou abraçando a garota com ternura.  Assim que se afastaram a mulher dirigiu seus olhos a me. 

__ obrigado por cuidar da minha neta eu estava tão preocupada e..

__e a mesma quase não estaria em sua frente se eu não a tivesse a visto tentando se jogar da ponte de Brooklyn. 

__ com assim  você Tentou se suicidar minha filha ! eu sabia que você estava perturbada mais não imaginei que chegaria a esse ponto.   __  a mesma falou Tocando o rosto de sakura com as mãos trémulas e os olhos marejado. 

__ obrigado por te-la impedido , eu não sei como agradecer. 

__ não precisa agradecer senhora, apenas fiz a coisa certa. 

 __ então você e sasuke o amigo que sakura havia falado ?

__ sim , me chamo uchiha sasuke.__ falei olhando para sakura que observava a mulher  com os olhos esperançoso.  a Mesma nos guiou ate a sala de estar e pediu que nos sentássemos em um dos sofá . sakura sentou-se ao meu lado e ficou calada  enquanto eu e sua avó conversávamos . a mulher praticamente fez  um interrogatório Sobre a minha vida. quis saber de onde eu vim ,  qual era a minha profissão , a minha idade , o motivo de te mudado de Pais ainda adolescente . Confesso que quando a mesma fez essa pergunta eu apenas falei que foi por causa dos estudos. Não poderia simplesmente Dizer a verde. 

__ e então vovó eu poderei continuar com o sasuke-kum?  __ sakura se pronunciou assim que a mulher parou com o interrogatório. 

__ eu não sei , acho que seus pais não permitiriam se estivesse aqui. 

__ o papai e a mamãe não estão mais aqui, eu quero continuar com o sasuke-kum por favor permita-me. 

__ eu entendo perfeitamente o seu apego mais eu não posso te deixas morar com uma pessoa que não conheço direito. 

__ mais você prometeu vovó!  __ a mesma falou com os olhos marejados. 

__ sakura a sua avó tem razão,  você não pode simplesmente ir morar com um desconhecido. eu não estou tentando me livrar de você mais e a coisa certa a faz. 

__ você está me abandonando sasuke-kum? eu so desistir por causa de você. 

__ eu prometo que venho te visitar sempre que poder. 

__ exatamente minha querida , o sasuke ponderar te visitar quando quiser. durante esse tempo poderemos nos conhecer melhor e quem sabe um dia você não possa ir. 

__ você promete que virar me visita sempre? promete que não vai me abandonar ? __ a mesma perguntou se ajoelhado em minha frente e segurando em minhas mãos enquanto me observava com aqueles olhos grandes e verdes. 

__ eu prometo que sempre virei te visitar e não irei te abandonar não  se preocupe. __  falei fazendo o possível para convencê-la e a mesma abriu um sorriso após ouvir minha promessa. 

__ está bem se o sasuke-kum prometeu que vira me visitar eu ficarei aqui. __ a mesma falou se levantando e olhando a avó que deu um suspiro aliviando após ouvir a garota. 

Após me despedir da mulher seguir para fora sendo acompanhado pela sakura, parei ao lado do meu carro e sakura parou de frente para me. 

__ que dia você vira me visitar ? 

__ apenas quando eu estiver desocupado ,  Aqui está o meu número quero que me ligue se precisar de algo. __ falei entregando um cartão para ela. __ mais uma coisa não tente se jogar da ponte outra vez , se você quiser morrer mais rápido basta pular do prédio onde você estava. __ entreguei a chave do apartamento para a mesma. 

__ mais eu achava que você não queria que eu morresse. __ ouvir a mesma sussurrar de cabeça baixa. 

__ e quem foi que disse que eu queira que você morra? 

__ mais você me entregou...

__foi so brincadeira nunca faça isso,  a chave e para você ir para lá se quiser passar um tempo so. agora eu preciso iramais antes não se esqueça que sua vida me pertence. __ falei tocando a ponta de deu nariz.  abri a porta do carro pronto para entrar mais antes que eu o fizesse sentir os braços finos de Sakura ao redor do meu corpo. 

__ obrigado por aparecer na minha vida sasuke-kum. __a mesma falou se afastando para ve o meu rosto. me curvei e depositei um beijo demorado em sua testa. 

__ate brevê flor de cerejeira. __ sussurrei me afastando dela e entrando no carro. Antes de partir dei uma última olhada na garota de longas madeixas rosas e presenciei em seu rosto um sorriso que ainda não tinha visto em seu pequeno rosto. 


**


Sair correndo por entre os carros parados no estacionamento do colégio, sasuke me esperava de pé encostado em um carro preto do outro lado da rua. assim que atravessei o asfalto ,passei pelo mesmo e adentrei o automóvel sem nem ao menos olhá-lo. hoje completa dois meses que eu e sasuke-kum nos conhecemos , durante esse tempo que passou minha rotina mudou bastante, antes eu recebia aulas em casa Pôs eu não conseguia ir pra o colégio por causa da minha síndrome de pânico mais agora que estou fazendo tratamento estou começando a ir perguntou o colégio. As vezes eu vou no psiquiatra, mais as maiorias das vezes Quando  eu quero pôs nem a vovó tisunade nem o vovô jiraia conseguem me fazer ir quando não estou afim. os finais de semana eu sempre  passa com sasuke-kum  o mesmo costuma ir para minha casa e ficamos grande parte do dia juntos. meus avos também se aproximaram bastante  dele e já o considera com um membro da família.  

__ esta chateada comigo?  __ ouvir o mesmo pergunta enquanto dirigia. 

__ eu não quero continuar nesse colégio prefiro receber aulas em casa. 

__ você tem que tentar ter uma vinormal Com as garota da sua idade tem. ao invés de querer viver presa entre quatro paredes. 

__ você so diz isso porquê não e como você sasuke-kum. 

__ não fala asneiras eu sei muito bem o que você sente ,mais eu apenas estou dizendo que você não pode se privar do mundo. você tem que tenta lutar contra o medo ao invés de da oportunidade para ele te persegui. 

__ você não sente medo sasuke-kum? Medo de ser atacado por bandidos , medo das pessoas não gostarem de você,  medo de sofrer, de se machucar, de sentir dor ou ficar sozinho sem ninguém. ..

__ não tenho medo de Nada.  eu Nunca irei ficar sozinho ,sempre tem alguém me rondando. tanto pessoas boas quanto ruins. 

__ então você e muito forte sasuke-kum. 

__ obrigado mais eu sabia disso bem antes de você. __ o mesmo falou sarcasticamente. 

__ porque veio me pegar no colégio e Porque minha mala esta dentro do seu carro ?  __ falei olhando o objeto com desenhos de caveirinhas no banco de trás. 

__ seus avós irão viajar e pediram que eu cuide de você enquanto estiverem fora. __ o mesmo falou sem muito interesse. 

__ mais assim tão derrepente.  espera um momento isso que dizer que eu ficarei vários dias em sua casa! __ gritei batendo palmas e mostrando o quanto estava sastifeita. 

__ não,  você não vai para minha casa ira ficar no apartamento. 

__ mais você disse que eu não poderia fica lá porque meus avos poderiam por a polícia atrás de me , mais dessa vez eles permitiram. 

__  eu sei mais você não pode fica lá com ou sem polícia simplesmente não pode. 

__ você não quer por causa da sua noiva. __ coloquei minhas mãos sobre sua perna e me curvei tentando vê o seu rosto. 

__ não e por isso. 

__ já sei , você esconde algo e não quer que eu veja não e mesmo? 

__ para de fazer perguntas e saia de cima de me não ve que estou dirigindo.  __ o mesmo falou tentando me afastar com a mão que estava sobre a marcha.   

__ eu irei descubrir o que você esconde de me sasuke-kum. __ falei apontando o dedo em sua direção e o mesmo me olhou sério. 

Assim que sasuke estacionou o carros em frente ao apartamento eu desci correndo com Kong em meus braços. parei em frente ao automóvel e fiquei esperando por sasuke-kum que estava pegando minhas coisas. um carro vermelho parou ao meu lado e de dentro dele saiu uma mulher bonita de cabelos ruivos. a mesma me olhou de um jeito estranho e desviou sua atenção para sasuke-kum que tinha acabado de fechar a porta  do carro. quando o mesmo colocou seus olhos sobre a mulher franziu as sobrancelhas e seus lábios se formou  em uma linha reta ,o mesmo não parecia te gostado da presença da mulher. 

__ o que você faz aqui karin? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...