História Vives En Mi - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Personagens Originais, Simón
Tags Romance
Visualizações 46
Palavras 804
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


~ Oi Unicórnios.
~Preparados? Espero que sim.

Capítulo 6 - Soy Ámbar, Sobre Ruedas.


Fanfic / Fanfiction Vives En Mi - Capítulo 6 - Soy Ámbar, Sobre Ruedas.

Buenos Aires - Argentina
20 de Julho de 2016

Já se havia passado dois dias desde que cheguei aqui na Argentina, desde então não tenho visto aquele garoto, ainda bem, não queria discutir com ele novamente, não queria arrumar problemas para meus pais. Nesse exato momento eu estava patinando em uma praça próxima a mansão, já que eu ainda não sabia onde ficava a tal pista. Eu estava fazendo alguns novos passos, que eu havia aprendido, até que esbarro em uma menina fazendo ela ir direto para o chão.

_ Meu Deus, me desculpa, eu não te vi, eu estava distraída.

Ajudei a mesma a se levantar e ela parecia assustada.

_ Por favor, eu não fiz por mal, me desculpa.

_ Não, tudo bem, eu que sou distraída, eu que devia ter ido pelo outro lado.

_ Não, você não tem culpa, eu que não deveria estar patinando aqui, eu deveria dar um jeito de ir até a famosa pista que todos falam.

_ Jam & Roller?

_ Você conhece?

_ Sim, todo mundo conhece ela.

_ Eu cheguei a dois dias, eu ainda não descobri onde é.

_ Eu posso te levar até la se quiser.

_ Eu adoraria. A me desculpa, não me apresentei. Sou Luna.

_ O prazer é todo meu, Sou Nina.

Fomos conversando até chegar no Jam & Roller, era incrível, eu estava encantada, que quase fiz um dos garções derrubarem o suco que estava na bandeja.

_ Vem, vou te levar até a parte da pista.

Segui ela com os patins em mãos. Já que eu não podia entrar de patins la dentro.

Quando chegamos, ela disse que ia ficar sentada na arquibancada.

_ Não vai patinar?

_ Eu? Não. Eu não sei. Prefiro ficar aqui olhando.

Dei de ombros e coloquei meus patins e fui patinar, essa pista era muito linda, era melhor pessoalmente do que por fotos.

Tinha uma garota loira patinando e ela patinava muito bem, fiquei encantada com os passos dela e fui tentar fazer, porém eu devia ter ficado quieta apenas olhando, eu levei um tombo e tanto.

_ Está tudo bem com você?

Disse o garoto que falou comigo no México, acho que ele se chama Simon.

_ Sim. Está tudo bem.

_ Vem.

Ele me deu a mão e me ajudou a levantar, ele até quis me ensinar o passo, mas eu disse que era melhor eu não arriscar novamente. Porém ele disse que era caindo que a gente aprendia tudo. Ele tinha razão, eu não era uma pessoa que desistia fácil.
Ele me ensinou algumas técnicas sobre o tal passo e no final acabei conseguindo.

_ Viu, eu disse. Eu sabia que você iria conseguir.

_ Obrigada, sem você acho que eu não teria conseguido.

_ No começo eu também era péssimo. Com o tempo fui aprendendo. Gostou da pista?

_ Eu estou maravilhada com ela, eu não sei nem oque dizer.

_ Quando eu vim para cá também fiquei encantado com ela. Agora é meu lugar favorito.

_ Você não era daqui?

_ Não. Eu vim do México, faz alguns meses.

_ México. Eu amo aquele lugar.

_ Você sempre morou lá?

_ Sim. Eu nasci lá.

_ Eu também. Lá é incrível.

Ele me chamou para tomar um suco, procurei Nina, mas ela tinha sumido, então fui tomar um suco com Simon. Fomos o caminho todo conversando sobre o México, é tão bom ter alguém para conversar sobre o México, principalmente se a pessoa sabe como é.

_ A esqueci de entregar o cartão.

_ Que cartão?

_ Para você ter passagem livre na pista.

_ Você pode fazer isso?

_ Sim. Essa semana estamos dando esses cartões para novas pessoas, para elas aprenderem a patinar e entrar na equipe.

_ Vocês tem uma equipe?

_ Sim, como você deve saber, competimos. Então temos a equipe montada, porém a Tamara nossa treinadora quer uma nova equipe, com novas pessoas.

_ Meu sonho é poder ser patinadora profissional.

_ Então se prepare porque seu sonho vai se realizar.

Eu sorri. Eu estava tão animada. Que eu não sabia mais oque falar. Só que meu sorriso sumiu assim que vi Matteo entrando pela porta, de mão dadas com a Loira.

Eu tinha me esquecido que ele patinava aqui. Então a loira é namorada dele. Como será que ela faz para aguentar ele?

_ Parece que você e o Matteo não se dão bem também.

_ Ele se acha. Pena que não é nada.

_ Ele sempre foi assim. Se acha o dono do mundo. Porém ele e a Âmbar são o Rei e a Rainha da pista.

_ Quem é Âmbar?

_ Eu sou a Âmbar.

Disse a loira aparecendo em minha frente, com uma cara de metida. Agora entendi como ela aguenta ele. Ela é da mesma laia.

 


Notas Finais


~Até a Próxima unicórnios.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...