História Vives En Mi - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Personagens Originais, Simón
Tags Romance
Visualizações 19
Palavras 653
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


~ Desta vez nem demorei haha ♥

Capítulo 7 - Quién es usted cerca de ella? Sobre Ruedas.


Buenos Aires - Argentina
               20 de Julho de 2016

Ficamos nos encarando por um tempo, até ela resolver se pronunciar.

_ Por que quer saber quem eu sou?

_ Por que sim.

Ela revirou os olhos e puxou a cadeira e se sentou.

_ Aqui todos sabem que eu sou e sabem que não deve se meter em meu caminho.

_ Eu não sou todo mundo e não ligo para suas regras bestas.

_ Menina você não sabe com quem você está mexendo.

_ Eu não ligo pra você.

Me levantei e sai a deixando falar sozinha, mereço mesmo. Essas pessoas acham que só porque patinam bem pode mandar nas outras. Se ela pensa que vai mandar em mim ela esta totalmente enganada. Ninguém além dos meus pais mandam em mim.

_ Você é a primeira pessoa que desafia a Âmbar.

Uma menina ruiva me diz assim que passo perto do palco.

_ Vocês tem que aprender que não é só porque ela patina bem que ela manda em vocês.

_ Mas ela é capaz de tudo.

_ Não importa, vocês são livres para dizer oque quiser. Prazer Luna.

_ Sou a Yim e essa é a minha amiga Yam.

_ Que nomes legais. Vocês patinam?

_ Sim. Quase todos aqui patinam.

Sorri para elas e disse que precisava ir, se não meus iam ficar preocupados. Disse que logo estava de volta e poderíamos conversar mais.

Peguei meu celular e mandei mensagem para minha mãe avisando, que logo estava em casa. Ela por incrível que pareceu, não me respondeu.

Fui caminhando com os patins nas mãos e vi várias pessoas patinando em uma praça. Por que será que não estão na pista?

_ Sai da frente Garota. Não está vendo que estamos treinando?

_ Por que não vão treinar na Pista?

_ Não gostamos daquele pessoal.

Dei de ombros e continuar a andar até que sou puxada bruscamente para trás e quando me viro vejo o Matteo. Veio defender a namorada, tenho certeza.

_ Já veio defender a namoradinha?

_ Quem você pensa que é para falar daquele jeito com ela?

_ Sou Luna Valente.

_ Você não é ninguém perto dela garota.

_ Deixa ela em paz Matteo.

_ Simon, some. Ninguém aqui está falando com você.

_ Matteo me solta. Vai atrás da sua namorada vai cachorrinho.

Ele me encarou com fogo nos olhos, acha que eu tenho medo. Ele não sabe oque eu sou capaz.

_ Está tudo bem Luna?

_ Sim. Obrigada.

_ De nada. Esse Matteo está passando dos limites. Essa Âmbar o mudou completamente.

_ Como assim o mudou?

_ Ele era uma pessoa ótima antes de começar a namorar. Ele nunca foi de ir atrás das pessoas, como ele veio atrás de você. Ele nunca arrumava briga.

_ Essa Âmbar se acha a dona de tudo. Vou mostrar para ela que ela não é.

_ Você é uma das únicas que falam assim dela.

_ Vocês não podem ter medo dela. Se vocês tiverem medo ai sim ela faz as coisas. Vocês tem que mostrar que ela não é nada além de uma boa patinadora.

Me despedi dele e fui para "casa". Assim que entrei falei com meus pais e disse que ia para o quarto. Eles disseram que logo levariam meu café. Assim que cheguei no quarto, guardei os meus patins e a mochila e me joguei na cama pegando o celular e mandando mensagem para Nina. Ela havia me passado o número, na verdade deixou um papel em cima da minha bolsa enquanto eu estava patinando.

" Oi Nina. É a Luna. "

" Que bom que conseguiu mandar mensagem. "

" Por que? "

" Achei que não ia achar o papel. Estava com medo de alguém pegar. "

Eu desliguei o celular e fiquei encarando o teto. Espero do fundo do meu coração que essa Âmbar não volte a se meter comigo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...