História Vizinhos? - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 289
Palavras 802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Festa, Lemon

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pessoinhas mil desculpas por não ter postado.
Ontem estava muito corrido e na minha vó não tem internet 😂😂😂
Mas vamos ao capítulo

Capítulo 19 - Verdade e desafio pt2


Fanfic / Fanfiction Vizinhos? - Capítulo 19 - Verdade e desafio pt2

Jin- Te desafio a falar um segredo seu.

    -Oxi! Nem conheço vocês direito. E você ainda quer que eu conte um segredo meu?

    -Sim

    -Quero outro desafio.

    -Ta bom, então.... BEIJA O TAEHYUNG!

    -QUÊ?!

Tae- Oi?

    -Escolhe. Ou conta o segredo. Ou da um beijo no Taehyung -Ele falou dando um sorriso - não PERA. INVENTEI OUTRO DESAFIO.
  Ficar só de roupa íntima.

    -Minha mão na sua cara que eu vou ficar só de roupa intima. Eu conto o segredo.

-Ok, pode falar que eu tô  ouvindo.

Ai mas que Desgraça!! O que eu ia falar?A primeira coisa que veio em minha  mente foi o meu tio. Mas obviamente eu não iria falar isso.

Kook-  VAMOS S/N.

    -Calma! Estou pensando.

Eles ficaram gritando para eu ir rápido. Eu já estava com raiva. Então eu gritei:

    -EU SOU VIRGEM. PRONTO FALEI. POIS É TENHO 21 ANOS E SOU VIRGEM. PONTO!  - MEU DEUS!! Acho que eu não sabia o que eu estava falando. Mas saiu da boca pra fora. Eu estava irritada. E eu era virgem mesmo. E a parte do meu tio? Essa não conta. Só sei que meninos estavam me olhando com cara de assustados. Não sei se era porque eu gritei ou pelo o que eu falei.

Kook- Meu Deus!! Calma minina!!!

    -Ok -Eu disse rindo MUITO. Ai vocês sabem o que aconteceu. O bagulho do porco.

Jin- Vai! Sua vez de escolher.

    -Eu escolhi o... - Bem nessa hora o meu celular toca. ~número desconhecido~ Desliguei. - Eu escolho o... - A porcaria do celular toca de novo ~número desconhecido~ dessa vez eu resolvo atender. - Já volto.

Todos- Ok

Jimin- Posso escolher no seu lugar? Posso ?

    -Pode Jimin! - Eu falei indo para a sala. Meu celular continuava tocando. Atendi. -Alô?

   -Oi, como vai? - Era uma voz rouca claramente de um homem que eu não fazia ideia de quem era.

    -Quem é?

    -Nossa! Fico triste de saber que saber que você não me reconhece somente por voz. Passamos tanto tempo juntos - Ai a ficha caiu.

   Paralisem fiquei branca pode parecer exagero mas eu estava tremendo, só minha tia sabia o que ele havia feito comigo.

    -CRETINO!
 
    -Não fale desse jeito com o seu tio! Quando eu te encontrar você terá a punição que merece.

    -Você não vai encostar um dedo em mim. Espero que você seja esquartejado vivo! Afogado no seu próprio sangue! Você vai pro inferno!

    -Sua pirralha! Eu vou acabar com você. Eu já sei a onde você esta! Consigo ver tudo o que você faz. Sei que você esta branca agora. Estou te observando. Se você sair de casa sozinha eu posso te pegar sabia? Posso te matar depois disso. As janelas eu abro tranquilamente sem fazer nenhum barulho - Olhei para os lados assustadas. Como ele sabia ? - Merda!! Estraguei a surpresa! Mas enfim.... Nos vemos em breve. Se cuide. Sabe que eu estou aqui...

Nessa hora meu celular caiu no chão. Filho da puta! Desgraçado! Idiota! Eu estava sentindo as lágrimas chegarem em meus olhos. Eu queria evitar isso. Eu poderia ficar ali chorando o dia inteiro. Mas qualquer olha ele podia me pegar e me levar pra longe. Mas minhas pernas ficaram bambas e eu cai no chão. Comecei a chorar em silêncio. Para que os outros não me ouvissem.

Jimin on.

    -Gente. Ela esta demorando né? 

Nam- Pois é.

    -Vou lá ver o que esta acontecendo.

Eu fui para dentro. Primeiro fui na cozinha. Ela não estava lá. Bati na porta do banheiro. Ninguém respondeu. E também eu não vi nenhum pé por baixo da porta.
Fui para a sala.
Achei!  Ela estava abaixada e claramente ela estava chorando.
  Eu sou meio froxo pra essas coisas. Se eu fosse lá eu ia chorar junto. Mesmo não sabendo o motivo. Pensei em chamar o Hoseok que na minha opinião era o mais próximo dela até agora. Mas eu acho que ele é froxo que nem eu. Optei por chamar o Taehyung porque na minha opinião também ele era o segundo.

    -Ela esta no telefone ainda - Voltei e sentei em uma rede. - Taehyung posso falar com você?

    -Claro.

Fomos para o canto da cozinha.

    -Olha... Eu fui lá ver ela. E... Ela estava chorando.

    -Oi? - Ele falou já indo para a sala. Mas eu segurei ele.

    -Ei! Não! Você não pode falar isso.

    -Por que não?

    -Não sabemos qual é o motivo dela estar chorando. Pode ser algo muito pessoal. E eu sei que se você ir lá  você vai ficar enchendo o saco dela perguntado o que aconteceu. Então você não vai!

    -Posso chamar o Hoseok?

    -Por quê?

    -Porque eu acho que ele sabe o motivo.

    -Certeza?

    -Acho que sim.

    -Então chama ele.

    -Ok mas eu quero conversar com ele a sós esta bem?

    -OK...


Notas Finais


❤💛💚💙💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...