História VKOOK em: um amor sobrenatural - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 30
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Romance e Novela, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi genteee boa leituraaa e desculpa postar tão tarde, muito obrigadaaaa BJUSSS!😍😍

Capítulo 23 - Cadê você amor?


Fanfic / Fanfiction VKOOK em: um amor sobrenatural - Capítulo 23 - Cadê você amor?

Tae on

- Na manhã seguinte -

Eu acordei e acordei o kookie junto comigo para podermos nos arrumar e ir para a aula. Chegando no pátio da escola nós encontramos os nossos amigos e ficamos conversando até o sinal bater para irmos para a aula. O sinal bateu indicando que era para a gente ir estudar, nós chegamos na sala e eu fiquei conversando com o kookie a aula inteira, bateu o sinal para o recreio e nós fomos.

Nós nos sentamos em uma mesa e ficamos conversando.

Eu- kookie compra um lanche pra mim por favor.

Jk- o que eu ganho com isso?

Cheguei perto do ouvido dele e susurrei para ele, ele ficou paralizado por uns segundos com os olhos arregalados e depois voltou ao normal.

Jk- okay já tô indooo.- saiu correndo para fila.

Jh- o que você disse a ele?

Eu- você já deve imaginar o que é.- sorri malicioso e eles riram.

Kookie voltou com meu lanche e me deu um celinho rápido, eu agradeci e comecei a comer.

Sg- GENTE que tal sairmos hoje?

Jin- que susto garoto, não precisa gritar não! Mas sim bora sair.

Nam- pra onde?

Jm- PARQUE DE DIVERSÃO!

Eu- por mim tudo bem.- todos assentiram.

Jin- então tá hoje a noite as 18:00 pode ser?

Todos- sim.

O sinal bateu de novo indicando que era para voltar para a sala de aula, mas quando eu levantei da cadeira eu olhei para trás e vi Lisa me encarando perto da nossa mesa... Eu hein não deve ser nada não. E assim passou o dia inteiro depois eu e os meninos voltamos logo para o dormitório e começamos a nos arrumar para ir ao parque.

Nós encontramos os meninos no refeitório e fomos todos para o parque. Chegando lá nós compramos tickets para irmos aos brinquedos.

Eu- vamos na montanha-russa!

Jh- ah não mano.

Todos- sim.

Puxamos o j-hope e fomos todos para montanha-russa eu sentei ao lado de kook e o suga ficou atrás do hobi e do jimin.

Os carrinhos começaram a andar e foi muito divertido, o hobi coitado quase desmaiou no brinquedo.

Eu- amor, amor vamos naquela barraquinha com aqueles bichinhos de pelúcia.

Jk- claro amor, GENTE EU E O TAE VAMOS FICAR SOZINHOS UM POUCO TÁ?!

Todos- TÁ!

Nam- vamos passear só a gente também Jin.

Jin- sim.

Sg- vamos gente?

Jihope- bora!

Eu e o kookie fomos para a barraca e eu gostei muito de um leão de pelúcia e o kookie percebeu isso.

Eu- amor olha esse leão.

Jk- Você quer?

Eu- SIM!

Tem uma arma e várias coisas para derrubar de longe se você conseguir derrubar todas, você consegue um bichinho de pelúcia gigante.

Jk- moço eu quero jogar.

Moço- okay.- ele dá a arma para o kookie e explicou para ele o que tem que fazer.

Jk on

Eu peguei a arma e o moço me explicou como eu tenho que jogar.

Eu tenho uma mira muito boa eu começei a atirar e acertei tudo pelo mozão.

Moço- parabéns meu jovem o que você vai querer?

Eu- eu quero aquele leão de pelúcia gigante por favor.

Moço- aqui está.

Quando ele deu para mim eu virei para o tae e os olhos dele estavam brilhando, eu dei pra ele e ele ficou muito feliz, ele ficou pulando igual uma criança eu fiquei rindo dele ele pulou no meu colo e me deu muitos beijos nós paramos depois de um tempinho, fomos em outros brinquedos, nós dividimos o algodão doce que o mozão pediu, o soverte e várias outras coisas que a gente comprou, nós tiramos várias fotos, ficamos trocando beijos carícias e começamos a  brincar de pique-pega.

Tae- amor tem que bater 1 2 3 no chão.

Eu me abaixei

Eu- 1 2 3!

Ele saiu correndo e eu sai atrás dele, eu me escondi atrás de uma barraca, não tinha muito movimento ali, mas agora não tinha ninguém. Eu fiquei esperando o momento certo, ele parou de correr e ficou me procurando e virou de costas, esse é o momento perfeito para eu ir lá e pegar ele, quando eu ia começar a correr sinto um pano em meu rosto, ouço o tae me gritar e vejo ele me procurando preocupado, eu tento gritar e fico lutando para eu sair e chamar a atenção dele ou de mais alguém, mas minha visão começa a ficar embassada, eu fico fraco e desmaio.

Tae on

Parei de correr e vi que kookie não estava mais atrás de mim, ele deve estar se escondendo. Fico parado olhando para os lados bem atento a procura dele, mas ele está demorando muito, então comecei a andar e a chamar ele pelo parque muito preocupado mesmo.

Eu- JUNGKOOK PARA É SÉRIO SE VOCÊ ESTIVER SE ESCONDENDO PARA!- Ele não me respondeu.- JUNGKOOK!- sem resposta.- JUNGKOOK APARECE POR FAVOR ESTOU PREOCUPADO!

Ele não me respondeu, fiquei olhando por todos os lados muito preocupado, até que eu avisto Lisa me encarando com muita raiva e desligando o celular, provavelmente em uma chamada. Ela deu um risinho cínico olhando para mim, guardou o celular no bolso da jaqueta e foi embora com as mãos nos bolsos da calça.

Eu- merda.- sai correndo pegando o celular e indo até os meninos.








- Cadê você amor?

...













Notas Finais


Espero que tenham gostado, até o próximo cap e muitooo obrigadaaa por lerem até aqui BJUSS!😍😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...