História Vūlk - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hashirama Senju, Hidan, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Jiraiya, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Karui, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Kisame Hoshigaki, Konan, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Manda, Matsuri, Mei, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Mito Uzumaki, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Pain, Personagens Originais, Rin Nohara, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikaku Nara, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Shisui Uchiha, Shizune, Suigetsu Hozuki, Tamaki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Zetsu
Exibições 80
Palavras 2.881
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


me desculpe a demora leitores... semana de prova e esta tudo agitado na minha vida...
mas aqui esta um capitulo pra voces espero que gostem porque vem treta pela frente U.u
desculpe pelos erros...............

Capítulo 7 - Sakura vs Karin


Fanfic / Fanfiction Vūlk - Capítulo 7 - Sakura vs Karin

" Sakura caminhava em direção a montanha, estava um dia bem insolarado, um lindo dia de primavera. 
Olhou ao redor vendo um vulto preto encolido em cima da montanha mais alta, se aproximou para ver o que era e sentiu suas pernas falharem e sua respiração acelerar, nada da quilo fazia sentindo. O animal tinha a forma de um lobo, seu pelo era negro como a noite. Sakura viu o animal levantando com cuidado e percebeu que ele estava protegendo algo que não conseguiu identifica. 
O lobo era maior que ela, sentiu um arrepio em seu corpo quando viu o lobo olhando-a detalhadamente de cima a baixo. Ele fez uma pequena reverencia a sakura que ainda estava paralisada, e deu as costa pegando o que ele escondia. 
sakura estava tranquila, ate a quele momento.
Ele carregava uma bela criança que estava sentada em sima de si, ela era linda, mas isso não foi o motivo do espanto da rosada. A menina que vinha em cima do lobo tinha cabelos rosas igauis aos seus, sakura pensou em ter se visto quando era criança, mas o fato era que a bela menina tinha cabelos curtos e os olhos, há os olhos mas escuros do que a escuridão da noite..
-Mamãe!-a pequena criança susurrou, e sakura percebeu a quem ela chamava.


___________________________________________________________


Abriu os olhos espantada, estava condificuldades de respirar não era possivel que tinha acabado de sonhar com seu futuro, um futuro que ela nem sabia se realmente podia existir. Olhou o moreno deitado ao seu lado dormindo serenamente, sorriu, ele era um homem lindo.
Tocou nos cabelos negros de sasuke fazendo cafune, e se lembrou do pelo do lobo do seu sonho. - e igual ao dele. -ela pensou.
Sentiu o moreno se mecher e fechou os olhos rapidamente finjindo que estava dormindo.
-Eu sei que esta acordada. - ele diz com um tom de preguiça na voz. sakura sorriu ainda de olhos fechados. Como e que ele sabia? 
-Oi dorminhoco. - ela fala, sasuke por outro lado nao gostou do tom de voz que sua flor deu, o tom de medo e preucupação. - O que aconteceu? -ele pergunta sem rodeios.
Sakura ficou surpresa, pensou se estava tão na cara que estava com medo de seu sonho. Estava certa que queria uma familia, mas e o que explica o lobo que viu? nada fazia sentindo.
-Tivi um sonho estranho só isso, não se preucupe. - ela diz se mechendo na cama.
Sasuke sabia que isso iria acontecer, os sonhos estavam ligados com ele para ele fazia tudo sentindo, ele só não sabia qual era o tipo de sonho que ela teve com ele, e isso ele não sabia. Os laços estavam ficando mas fortes, ele conseguia sentir cada musculo do seu corpo se intensificando mas, parecia que estavam rasgando, quando se transformace ele iria correr mas rapido e ia ser o mas forte.
- Que tipo de senho? - ele pergunta interesado.
Sakura não quaria falar sobre o sonho, mas viu que o moreno não ia sai até que ela falace.
- Eu sonhei que estava indo para montanha que sercava o vale, e chegando lá eu via algo. - ela diz fazendo uma pausa. - Ou melhor, eu via um lobo, ele era muito grande e tinha uma pelagem escura como a noite e ele me analisava com a queles olhos vermelhos que pareciam que estavam desvendando minha alma, ele me dava as costas e pegava algo que ele estava escondendo. - ela diz.
- E você ficou com medo dele, ou do que ele foi pega? - o moreno pergunta.
- Não, por icrivel que pareça eu não fiquei com medo dele. Ele me transmitia paz. - ela deu um mini sorriso. - E quando ele se levantou ele trazia uma criança. - ela diz calma.
E dessa vez foi a vez de sasuke sorri. - ela viu nosso filho. - ele pensa.
- Ele caminhou ate mim com a crinaça, era uma menina, uma linda menina eu achei que tinham me visto, mas não, não era eu. Ela tinha cabelos roseos estava com um vestidinho azul, e seus olhos eram.. eram... pa...- ela diz olhando nos olhos do moreno que eram os memos que via na criança em seu sonho.
-Eles eram parecidos com os seus. - ela diz corando. Sasuke pesndou que ela iria ficar que nem um tomate de tando vermelha que estava, mas se sentia feliz, sua filha, sua amada filha iria ter os cabelos da mãe e os olhos do pai. - Os olhos de um uchiha. - ele pensou.

Ouviram batidas na porta, sakura viu que o uchiha não iria se levantar para ver quem era, ela viu ele bufando quando ela saiu de seus braços ajeitando o vestido e indo em direção a porta. Sakura abriu a porta vendo o imenso sorriso que a matriarca uchiha tinha, ela ja sentia seu rosto esquentar de tanta vergonha que estava sentindo.
- Bom dia senhora uchiha. - a rosada diz colocando seu sorrio mais lindo nos labios.
- Boa tarde querida, o almoço esta pronto. Espero que vocês tenham tido um ótimo sono. - ela diz sapeca.
- Ho meu Deus, me desculpe senhora uchiha eu não devia ter... ho merda. - a rosada diz se amaldiçoando, era uma idiota mesmo.
- Não se preocupe querida, você merece esse descanço depois de tudo que voçê passou, e creio que sasuke adorou isso. - mikoto diz fazendo sakura cora.
- Mamãe você eta deixando ela vermelha. - sasuke diz abrindo mas a porta e dando um beijo calido no rosto de sua mãe.
-Se arrumem e desçam, não podemos nos sentar sem vocês. - ela diz saindo deixando uma rosada muito constrangiada.
- Me desculpe por isso, ela e louca pra que eu me case o mais rapido possivel. - ele diz sorridente vendo a rosada fica mais vermelha. - e você seria perfeita pra ser minha mulher. - ele diz beijando o rosto corado de sakura.

Sakura desceu as escadas timidamente, teria que encarar todos e uma ino porca fazendo piadinhas, sem falar na cara que sua madrinha deveria esta por causa do seu mal comportamento na casa dos uchihas, teria que fala com ela sobre o ocorrido. Entraram na cozinha que estava vazia, sakura estranhou a falta de movimento quando se deparou com a cozinha sem ninguem, olhou para sasuke que fazia um jesto para que ela o seguise e assim o fez. passaram pela porta de trás que estava aberta e sakura viu a linda mesa perto das sombras das arvores do jardim da esposa de fugaku.

- Até quem fim, já estava morrendo de fome em ter que esperar o casal acorda. - naruto diz malicioso. 
Sakura ouviu sasuke balbuciar algo como idioto para o loiro que sorri muito.
-Desculpem o atrasado. - o moereno diz se aproximando mas da mesa levando a rosada com sigo.
Sakura olhou todo mundo e viu que ino iria soltar mas umas de suas piadinhas.
- Nem começa sua porca. - ela diz para loira que esta indignada.
Viu os olhos de sua madrinha lhe observarem detalhadamente, era a hora de enfrentar a fera.
Se afastou de sasuke vendo ele reclamar baixinho só para ela escultar, e prometeu volta pro lado dele depois.
Caminhou até aonde sua madrinha estava, e viu ela se afasta aos poucos para outra arvore. - Ela quer conversar. - a rosada pensou.
Tsunade não estranhou que ela voltase pro café, nem iria brigar com a rosada. Ela sabia que sua afilhada teria um papel importante ao lado de sasuke e estava orgulhosa, mesmo que a rosada não saiba ainda.
- Madrinha eu posso explicar, eu não fiz nada tá eu e... eu.. ham ... descúlpe por isso. - ela diz, por outro lado a loira estava se segurando para não ri.
- Não se preocupe, eu sei como é esta apaixonada. 
- Mas eu não estou. - a rosada diz rapida
- Tem certeza? não parece. Mas deixando isso de lado. Sakura o que eu vou lhe fala e inportante, preste bem atenção.- ela diz mas seria do que o normal.
- Você já deve ter percebido que sasuke e uma pessoa muito importante aqui no vale, e pelo que vejo ele se encantou por você e eu sei que ele numca mais vai larga do seu pé. - tsunade diz. 
- Madrinha aonde quer chega com isso? - sakura pergunta temerosa.
- Ele vai precisa de uma mulher forte como você. E mesmo você o rejeitando tudo que você fizer vai lhe levar para ele, entende?. - a loira fala
- Hum, e um pouco complicado eu acabei de conhecer ele. - ela fala corando.
- Mas eu sei que você sente que o conhece melhor do que ninguem, estou certa! - tsunade afirma fazendo a rosada corar mais ainda.
Sakura sabia que sua madrinha estava certa, ela só não queria admitir que sentia como se conhecesse o moreno a séculos.
-Madrinha eu vou deixar fluir, tudo bem?- ela pergunta dando por encerrado o assunto. A loira se contetou, o que ela podia fazer? ela sabia que sakura não iria se segurar por muito tempo, sabia que o corpo da rosada iria pedir por mais contatos com o moreno, sim ela sabia, afinal ela era uma marcada de um lobo também.
Voltaram para mesa, sakura percebeu que todos ja estavam em seus devidos lugares ela observou aonde iria sentar. Olhou ao redor da mesa vendo dois lugares vagos, um era do lado esquerdo da mesa ao lado de kushina e o outro era do lado da cadeira aonde sasuke estava sentado bem na ponta, sakura andou em direção a cadeira que estava ao lado de kushina mas sua madrinha foi mais rapida.
-Desculpe querida, esse lugar e meu. - a loira diz sapeca fazendo a rosada revirar os olhos.
Mesmo não querendo sakura caminhou para onde a única cadeira vazia a esperava.
Sasuke se levantou puchando a cadeira para que a rosada sentase confortavélmente, ela por sua vez amou o jesto do moreno.
Todos na mesa se serviram do bom e do melhor que foi oferecido pela matriarca uchiha, sakura não deixou de notar que todos estavam com os semblantes felizes, estavam alegres, era a verdadeira forma de dizer que eram uma familia feliz, e assim como todas as familias passavam por lutas e dificuldades, mas no final sempre estavam juntos.
Depois de saborear de suas refeições, todos permaneceram centados trocando conversas e relembrando do desastre que naruto era.
- Sério, eu não tive culpa cara.. a mulher tava paradona na minha frente, como e que eu ia adivinhar que iria queimar o pé?- ele pergunta fazendo cara de retardado.
- Deveria ter prestado mais atenção, se tivese pelo menos o bom senço teria me escultado. - sasuke diz bufando por lembrar do fastival do fogo.
Sakura notou que naruto iria falar mas algo em sua espreção mudou.
- Sasuke, eles voltaram. - o loiro diz indiferente.
- Eu já sei. - sasuke diz.
A rosada que está sem entender olha as espreções dos rostos de cada um e muitas ali não são boas.
Antes que podese pergunta o que estava havendo, o porque todos estavam tenços uma foz feminina ecoa vindo de trás da rosada.
- Sasu querido voltei!
Sakura sente seu coração aperta com a quelas meras palavras.
Sakura se ajeita na cadeira para observa melhor a figura ruiva parada atrás de sasuke sorridente. Olhou o moreno que não esboçava expressão nem uma em sua face, de alguma forma sentiu que ele não gostava dessa mulher tanto quanto ela, e ainda não tinha trocado nem duas palavras com a estranha.
Sakura ve um homem correndo em direção a mulher, estranhou a cor do cabelo era de um to cinza quase branco, ele usava uma mascara que encubria sua boca.
- Sasuke me desculpe.... ela eu tentei segurar ela, mas ela e uma droga.. - ele diz o fegante e apontando pra mulher que faz uma careta.
- Amor sentir sua falta. - ela diz indo abraçar sasuke por trás que ainda não falou nada.
- Não me toque. - ele diz se levantando bruscamente assustando a rosada.
- Mas.......mas o q.. o que eu fiz? não esta feliz em me ver? eu voltei pra ficar do seu lado, pra lhe ajuda. - a ruiva fala lagrimando.
Sakura a olha sem expressão já sabendo qual era o jogo da estranha de cabelos vermelhos.
- Karin vou lhe dizer mais uma vez, e espero dessa vez isso entre em sua mente. - ele fala calma de mais. - VOCÊ NÃO E NADA PRA MIM, ENTENDEU.... - ele grita
Uma risada involuntaria surgi no meio da confusão, sakura olhou para dona da quela risada timida, viu que hinata estava se segurando para não gargalhar. O que deixou karin com mais raiva por essa atitude.
- Esta rindo de mim? - karin pergunta. - Quem lhe deu permição para ri de mim, sua vadia burra. - ela fala se aproximando de hinata que ainda esta com o sorriso nos labios.
Naruto percebeu a atitude que sua prima desequilibrada estava para tomar, e ficou atento. Não era só porque era sua prima que não iria defender sua marcada.
- Acha que você tem poder só porque e a vadia do meu querido primo? - karin pergunta, minato, kushina, mikoto e fugaku sente o clima mudar. A natureza estava começando a se reverlar, hinata percebeu isso e tratou de ficar séria, não seria ela a quebrar a quela regrar.
- Em sua cadela, fala, acha que pode tudo só porque geme todas as noites na cama imunda de vocês. - karin diz descontrolada. todos já estavam perdento a paciencia, sasuke estava se controlando para não separa o corpo da ruiva da cabeça. 
- Karin vá embora, como seu primo como você mesma diz quero que vá embora agora. Ou eu vou fazer você ir. - naruto fala com uma friezar na voz, a rosada quase não reconheceu o tom de voz usado pelo loiro.
- Acha que naruto irar te querer por muito tempo? você e uma fracasada, já estão juntos a tanto tempo que não foi mulher o suficiente para lhe dar um FILHO. - ela gritou a última parte fazendo as lagrimas de hinata cairem sem pudor.
Sakura se assustou com o que foi dito, todos menos a rosada sabiam que hinata não conseguia emgravidar, viu no rosto de naruto e hinata e de todos alhi uma tristeza provunda por tocarem na quele assunto.
Sakura não aguentava mas as risadas que a ruiva dava e viu que nem mesmo sasuke estava com cabeça depois que karin gritou que hinata não podia ter bebes. 
Vendo que ela não iria parar de rir, sakura se levantou com ódio nós olhos e caminhou a passos duros ate a onde karin estava. E o que aconteceu a seguir surpreendeu a todos.
O som da mão direita da rosada se chocando num forte tapa no rosto da ruiva fez todos lhe olharem incredulas.
- Se abrir a merda dessa boca mas uma vez eu vou encher sua cara de alegria até você pedir para parar. Não fui com essa sua cara de cachorra sem dono, não gostei de como tratou a esposa de meu irmão, na hora certa ela poderar gerar uma criança, você não e Deus para definir o futuro de ninguem, quando não consegue nem os seus. - a rosada diz raivosa.
Todos na mesa estão espantados, sasuke quase colocou pra fora tudo o que tinha comido quando sentiu a raiva que sua marcada estava transbordando. Fugaku gostou do que viu, ele era um homem de poucas palavras mas para ele, alhi estava uma verdadeira mulher.
As mulheres observavam chocadas, Tsunade estava normal sabia que sua a filhada tinha valores e não gostava de ver ninguem sendo humilhada, ela teria feito pior se estivese no lugar da rosada. Ino, Gaara, Nejji, TenTen, Naruto, Hinata, Kakashi e Mikoto estavam espantados. Mikoto viu o sorriso que seu esposo deu aprovando a atidute da rosada e se permitiu relaxar.
Antes que karin pudesem dizer alguma coisa a rosada continuou.
- Se você soubesse o pesso das palavras daria mais valor ao silêncio... - a rosada faz uma pausa e olha bem nos olhos da ruiva que ainda está mentalizando o que fazer. - Porque a resposta perfeita seria um tiro, nessa sua cabeça de mestruação. 
- E você acha que uma mera hunana pode me ameaçar assim, dentro de minha propria casa. - karin fala levantando a mão para bater na rosada que esta de rosto erguido lhe encarando, mas antes que podese se mover karin e segurada por sasuke e ela sente a aurea maliguinada saindo do lobo aoda.
- Ela não e só uma mera humana.- ino fala pela primeira vez. - Ela e Sakura Haruno, afilhada de Tsunade Senju e companheira de Sasuke. Você lhe deve obdiência. - a loira diz por fim deixando uma ruiva atualizando todas as palavras que foram ditas letra por letra.


SASUKE ON
- E do nada ela se tornou meu tudo......e pra sempre e um longo tempo.... mas não me importo de passar ao seu lado...
SASUKE OFF.

 

 


Notas Finais


e aiii o que acharam????????
gente estou me esforçando muito pra fazer o melhor pra vocês espero que estejam gostando mesmo.. obrigado pelos favoritos e os comentarios assim que eu tiver tempo vou responder.. bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...