História Vmin- Best Friends? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Jimin, Lemon, Taehyung, Vmin
Exibições 47
Palavras 1.095
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Vmin, minha paixão :')
Estamos aqui, para começa essa belezura de fic
Que caralho, eu to ansiosa
Boa leitura!!

Capítulo 1 - One


Fanfic / Fanfiction Vmin- Best Friends? - Capítulo 1 - One

???- Taehyung? Taehyung?? - Eu ouvia a voz familiar me chamar, mas não conseguia identificar.

Resmunguei e senti umas mãos pequenas tocaram no meu braço.

Abri os olhos rapidamente, dando a visão dá sala de aula, com meu professor de braços cruzados e Park Jimin, que sentava na minha frente, tocar o meu braço.

Coço a nuca e volto a atenção pró caderno. Sabia que passar a noite em claro estudando, ou melhor, vendo séries não seria uma boa ideia. Afinal, minha aula logo de manhã não ajudaria com o sono.

Ouvi a voz doce do Jimin

falar comigo.

- Hyung? Por que está tão cansado? - O olhei e sorri fraco.

- Wow... Estava estudando...- Jimin sorriu e riu baixo.

- Não minta para mim Hyung.

Logo o professor chamou nossa atenção que fez Jimin se virar para frente.

- Eu já avisei, eu vou mudar um de vocês de lugar se continuarem assim.

Ouvi Jimin suspira e então abaixar a cabeça.

- Me muda então professor! - Falei um pouco alto.

Jimin olhou para trás com os olhos levemente arregalados.

- Wow, e assim? Yura, lugar de Taehyung, agora!

Senti meu coração apertar quando vi os olhos do menor encher de lágrimas.

Ele não era muito de conversar, mas quando me via se animava um pouco.

Peguei minha mochila e me levantei, indo até Yura que sussurrou um "Idiota".

Apenas ignorei e fiz um sinal para ela vazar dali.

Yura pegou sua mochila e olhou para Hyun que sentava logo atrás.

As duas sorriram um pouco desanimadas e assim Yura foi para seu novo lugar.

Sentei e olhei para a janela, que se encontrava do meu lado. Logo olhei para Jimin que sorriu com um sorriso diferente.

Ele havia gostado disso?

Decidi copiar o resto dá matéria, já que praticamente a sala toda já estava acabando.

[...]

Ouvi o sinal para o intervalo e guardei o material, indo até a porta.

Como sempre eu e Jimin éramos os últimos a sair daquela sala, então acredito que as mãos que senti me impedir de sair dá sala eram dele.

Olhei para trás e vi o menor sorrir, ainda com aquele sorriso diferente.

- Hyung... Vamos ficar na sala hoje? - Ele fez um bico, sendo fofo como sempre.

- OK! - Ele sabia que não gostava de ficar no pátio, no meio de tanta pessoa.

Sentamos no fundo dá sala, em carteiras vagas, um de frente para o outro.

Jimin ajeitou sua calça, que era colada as suas pernas.

Percebi o menor morder os lábios levemente e revirei os olhos.

- Ei Hyung!! - O olhei e o vi tirar o plástico de um pirulito, que não sei de hoje surgiu. - Você quer?

- Não... - Ele colocou na boca e começou a chupa-lo de uma forma... Provocadora?

Engoli um seco e peguei meu celular, dando atenção a ele.

Ouvi barulhos molhados vir de Jimin e o Olhei, vendo o mesmo de olhos fechados.

- J-Jimin! - Ele abriu os olhos e sorriu.

- O que foi? - Perguntou Inocente.

- Nada... - Voltei a atenção pró celular, que logo foi tomado pelo menor.

- Ei Hyung, podemos brincar na minha casa depois?

Não entendi em qual sentido ele disse, já que ele acabou me provocando um pouco, mas sabia que quando íamos lá nos jogávamos videogame.

- Não sei... Seus pais estão?

- Não, eles estão em serviço a esse horário. - Ele sorriu.

Sabia que não seria um ótima ideia aceitar, mas Jimin era Inocente, então não iria acontecer nada demais, né?

- OK, eu vou então.

- Trouxe sua roupa para se trocar?

- Sempre trago. - Sorri e ele sorrio também.

Peguei novamente o celular e desbloqueei, mas logo sinto as mãos do menor passar pelos meus dedos e tirar o celular de mim.

- Aiish Jimin! - Ele se levantou e se sentou em meu colo.

- Hyung, vamos brincar de cavalinho? - Senti um arrepio pelo meu corpo.

- C-Cavalinho?

- Sim... Eu monto nas suas costas e tals... - Vi o mesmo sorrir malicioso, percebendo até onde meus pensamentos haviam chegado. - Tem outro jeito de brincar?

- C-Claro que não... - Suspirei e balancei a cabeça desviando os pensamentos.

- Bem, então quando der a hora de embora eu irei nas suas costas.

- Certo... - Senti o mesmo se "Ajeitar" no meu colo.

Ele voltou a chupar o pirulito e me encarar fixamente. Ele passou a língua sobre o topo do pirulito e começou a rodear a língua ali.

Senti meu membro dá um leve sinal e revirei os olhos.

Ele riu baixo e se levantou, já sabendo que logo acabaria o intervalo.

[...]

Guardei o material e vi Jimin fazer o mesmo. Coloco a mochila nas costas e Jimin veio até mim, entrelaçando nossos dedos e me puxando para fora da Sala, logo, para fora dá escola.

- Cavalinho! Cavalinho! - Ele disse dando pulinhos.

Percebi alguns olhares maliciosos para nós é apenas ignorei, tirando a mochila das costas e o deixando subir na mesma.

Segurei em suas pernas e coloquei a mochila no ombro.

Caminhei em direção a casa de Jimin e depois de muito tempo andando cheguei na mesma.

Abri a porta quando o menor me entregou as chaves e entrei depois fechando a porta com os pés.

Ele desceu das minhas costas e jogou a mochila no sofá, pegando a minha e tirando minha roupa que estava guardada na mesma.

- Vai se trocar Hyung. - Sorriu fofo.

- Certo.

Peguei a roupa e fui para o banheiro que tinha no corredor mais próximo.

Fechei a porta e tirei a camisa, vendo meu corpo no espelho. Logo tirei a calça lembrando de Jimin, sentado nelas. Suspirei pesado e vesti a roupa.

Sai do banheiro e fui até minha mochila guardando a antiga roupa.

Vi Jimin me olhar e me sentar no sofá.

- Hyung deve estar cansado, Huh? - Sentou em meu colo e sorriu.

- Sim... Mas não tanto.

Jimin Sorriu e segurou em meus ombros, começando a rebolar lentamente em meu colo.

Arregalei os olhos e o menor apenas mordeu os lábios.

Senti meu membro dá o leve sinal de novo e suspirei.

- J-Jimin... - Jimin parou de se movimentar e me olhou.

- Ei Hyung, isso parece um cavalo também, certo? - Ele começou a pular no meu colo, ainda sentado.

Engoli um seco e mordi os lábios.

- P-Parece... - O menor riu se divertindo e então parou.

Senti minha ereção maior e então Jimin mordeu os lábios.

- O que quer fazer agora Hyung? - Perguntou com aquela voz inocente dele.

Segurei sua cintura e o fiz se movimentar, fazendo um círculo no meu colo.

- N-Nhay, Hyung... - Ele fechou um olho.

Sabia que minha ereção tinha incomodado ele agora, mas apenas sorri.

- Hyung? Huh? Eu prefiro... Daddy.


Notas Finais


Rs, bem bosta
Eu sei :')
Espero que gostem :v
Vai ser nesse nível mesmo
E pq de madrugada? :')
Pq madrugada me dá fogo :v
Exato, mas bem
Até depois !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...