História Vocaloid : A Shelter For You - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Gakupo Kamui, IA, Kaito, Len Kagamine, Luka Megurine, Miku Hatsune, Mikuo Hatsune, Rin Kagamine, Yuzuki Yukari
Tags Coelhos, Gakupoxluka, Iaxyukari, Kaitoxmiku, Lenxrin, Lukaxgakupo, Mikuxkaito, Rinxlen, Vidaloka, Yukarixia
Visualizações 10
Palavras 717
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


QUE SALDADISSSSSS
erros de ortográfia : 5/10

Só leiam logo :v

Capítulo 1 - Sempre no Mesmo Lugar - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Vocaloid : A Shelter For You - Capítulo 1 - Sempre no Mesmo Lugar - Prólogo

P.OV.s  Yukari 

É estranho .

Tudo continua a mesma coisa .

Continuo nesse cubículo .

Quantos anos fazem ?

Parece uma pequena eternidade ...

Seria bom continuar assim .

Sem intromissões na minha rotina .

Mas

O dia iria chegar

Só queria mais tempo ...

Casa , 8:00 AM 

" Mais um dia " pensei enquanto abria meus olhos e avistava o teto manchado e a lampada torta que pairava a cima de mim , " me pergunto se um dia isso irá cair ... " me pus a pensar e , me levantei da cama e fui até meu celular que permanecia na cabeceira ao lado .

Minha cara se fechou ao ver mensagens da minha tia avó de alguns segundos atrás , " Humanos não desistem , né ? " pensei botando meu braço direito em frente aos meus olhos . Depois de alguns segundos , comecei a ler aquelas mensagens frias e duras , era algo sobre eu sair da minha zona de conforto e ver o "sol" .

Me surpreendo ao ver mais e mais mensagens da minha tia que falavam de minha inscrição num colégio particular , que tinha do ensino fundamental até a pós graduação . " Pfft , quem disse que vou ? " , falei fazendo uma careta e bloqueando meu celular , " Eu estou bem assim , não preciso sofrer mais lá fora . " .

Passaram-se horas e eu continuo no meu bom e velho amigo de coração , computador , mas como minha tia , pelo visto , não desiste , ela continua me mandando mensagens e logo após eu desligar meu celular , um barulho ecoa pelo simples apartamento manchado e detonado , era o som de uma campainha , a minha campainha .

Coloquei um simples casaco preto e fui até a porta , para minha surpresa , aquela velha estava falando sério sobre o colégio e tal ,, afinal , ela mandou um caminhão de mudanças para levar minhas poucas coisas . " Essa velha não sabe que eu não vou ?! " pensei , mas quando ia expulsar os homens do caminhão , eles começaram a pegar os móveis e eu continuei parada olhando tudo acontecer .

 

Algumas horas depois . . . 

 

Meu apartamento estava vazio , o que restava fazer era sair e ir pro caminhão de mudanças , faz em torno de 9 anos que fiquei dentro do apartamento , sem sair para comprar comida ou qualquer coisa , agora ver a luz de novo será difícil ... Não ligo se oferecem um apartamento perto da escola ou oferecem um uniforme limpo e passado , eu só quero ficar no meu lugar fechado .

Me lamentei até chegar numa ponte azul e branca que levava para esse tal colégio , em poucos minutos o caminhão parou e eu simplesmente fui atrás do homem que parou em uma porta e abriu a mesma , ele começou a chamar seus homens para pegar os móveis e eu continuei observando , até que vejo algo de meu interesse , uma porta de vidro que levava para uma varanda com painéis de vidro de tom escuro .

Caminhei até a mesma e observei aos redores , as varandas dos vizinhos eram ligadas com a minha mas separadas por um portão de vidro preto que era bem fino como um palito . A varanda da direita me chamou a atenção , tinha varais e caixas espalhadas , o que significa que tenho um vizinho , mas a minha esquerda está vazia . 

Quando menos percebi o sol começava a bater em mim mas eu entrei no apartamento de novo e vi que as caixas e os móveis estavam todos ali , fiz uma reverência de agradecimento para os homens e comecei a arrumar as coisas . " Aquela velha me paga ... ! " pensei frustrada e me joguei no sofá bufando . " Ainda é Dezembro , pra que começar tão cedo ??! " pensei com o mesmo sentimento de antes , na realidade , estou apavorada e ansiosa , mas eu não pretendo sair .... 

Botei minha mão nos olhos e comecei a pensar sobre qualquer coisa , mas , a sorte não estava ao meu lado .

 

 

"Ding Dong " 


Notas Finais


Eu irei trazer Fnaf Lab , ok ?
Eu estava bem desanimada para escrever , já que eu percebi vários erros que não gostei da minha fic
Caso eu não consiga arrumar
Eu irei fazer um reboot dessa fic ( prometo não mudar nada da história :3 )


Bjs com sorveti <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...