História Você de volta. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Micael Borges, Sophia Abrahão
Personagens Micael Borges, Personagens Originais, Sophia Abrahão
Tags Micael Borges, Rbr, Rebeldes, Romance, Somic, Sophia Abrahão
Exibições 8
Palavras 396
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Saudades inapropriadas.


Fanfic / Fanfiction Você de volta. - Capítulo 2 - Saudades inapropriadas.

Micael:

Hoje é um daqueles dias em que eu evito entrar nas minhas redes sociais, as lembranças e as cobranças que os fãs me fazem em dias como hoje, são no mínimo irritante. Queria que eles soubessem que não há a menor chance de eu esquecer o aniversário dela, então eles não precisam me lembrar e ficarem me torturando com lembranças que destroem o meu coração em mil pedaços.

Pego o meu celular e confiro as minhas mensagens, nada importante até aqui, então decidi olhar o nosso grupo, nenhum dos cinco falaram ainda, devem estar dormindo, então decido não comentar nada, não quero que achem que fiquei pensando sobre isso logo pela manhã, mesmo sendo exatamente o que aconteceu, eles não precisam saber que ainda penso nela.

Aperto no contato dela, que antes tinha o nome carinhoso pelo qual eu a chamava, e para minha surpresa ela estava online, foi nesse momento em que eu percebi que ainda sentia algo por ela, o coração acelerado e as mãos trêmulas e suadas confirmaram a minha conclusão. Pensei em um milhão de coisas para mandar, um simples parabéns não me parecia o suficiente. Antes mesmo que eu pudesse terminar o meu raciocínio, sinto pequenos olhos me encarando, claramente pedindo colo, sua cara de sono não nega que ele acabou de acordar e veio logo a minha procura, como faz todas as manhãs.

- Papai! - Ele me chama, com os braços levantados. 

Pego-o e coloco junto a mim na cama, ele me abraça enquanto o deito em cima do meu peito, quando sinto sua respiração ficar mais calma e lenta, tenho então a certeza de que ele já voltou a dormir. Aproveito para F ficar observando aquela criaturinha pequena, que poderia sem exagero ser considerado o único motivo da minha felicidade. 

De repente eu sinto um grande aperto no peito, uma sensação estranha, um sentimento que a anos eu me recusará a sentir, olhando para o Zion eu percebo o que essa dor significa, estou sentindo saudades, mais especificamente saudades dela, dos seus olhos e do seu sorriso, depois de tanto tempo. Sinto uma lágrima solitária escorrer pelos meus olhos, que estão cada vez mais pesados, luto contra toda a imensidão de sentimentos que está tentando me inundar. Finalmente o sono consegue me vencer e eu durmo com lágrimas nos olhos e o seu nome saindo dos meus lábios.

- Sophia!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...