História Você disse que queria morar comigo na lua. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Hopega, Sobi, Sope, Sugahope, Yoonseok
Exibições 38
Palavras 324
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Slash
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Não faz sentido nenhum.

Capítulo 1 - Imaginativo.


És um viajante, Hoseok, sua mente nunca para. Hora está aqui, hora está em plutão, hora na Groenlândia, sempre em lugar nenhum. Pois esta é a verdade, não estás em lugar nenhum, em hora nenhuma. Teu olhar é vazio, assim como teus pensamentos e teu coração.

Não sente nada, gostaria de sentir, até finge sentir, mas não sente.

É tudo vazio, não é? Por mais que tudo pareça bom, não tem mais sentido. Eu sei como tentamos fugir disso. As palavras também não fazem mais sentido, não é?

Mas eu ainda me lembro. Me lembro de quando tudo ainda tinha sentido, pra você, pra mim. De quando tua risada era alta e de quando tudo parou de girar, teus olhos ainda brilhavam. Me lembro também daquele dia que estávamos largados em alguma praça da qual não fazíamos a menor ideia qual era e não fazíamos a menor ideia de como achar o caminho de casa – mesmo que nenhum de nós quisesse realmente voltar para casa –, e você parou de andar e olhou diretamente para o céu, sem se importar se havia alguém pra nos olhar torto. Os meus braços estavam em volta do seu pescoço e minha cabeça apoiada nos seus ombros quando você olhou um pouco para baixo e disse: “um dia eu e você vamos morar na lua, hyung”. E eu sorri, junto com você, porque naquele momento tudo fazia sentido.

Você fazia sentido, porque ainda estava aqui e porque tudo ainda girava.

Agora eu vejo que eu deveria ter sido como você, porque talvez assim eu tivesse me tornado um viajante também. Estar aqui não é tudo isso que dizem, não chega nem perto.

E porque talvez, só talvez, se nós estivéssemos na lua as coisas fizessem mais sentido do que agora. Talvez tudo ainda girasse.

Talvez o enorme vazio da lua fosse grande o suficiente para disfarçar o nosso enquanto ainda havia tempo.

Mas você já partiu, sem mim.


Notas Finais


Talvez porque eu também não faça.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...