História Você é a tradução do que é o amor. - Capítulo 100


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate
Personagens Alícia Alencar, André Alencar, Arthur Torres, Benjamin, Chloé, Damião da Fonseca, Dóris Jardim, Felipe Vaz, Fiorina Cavichioli, Flora Cruz, Geraldo Saldanha, Giuseppe Cavichioli, Helena Agnes, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Julia Vaz, Laura Antunes, Letícia Flores, Manuela Agnes, Marina Lopes, Mateus Jardim, Nico, Ofélio Batista, Omar Ferraz, Orlando Junqueira, Otávio Neto, Padre Lutero, Pedro Cavichioli, Personagens Originais, Priscila Meneses, Regina Junqueira, Sabrina, Safira Meneses, Téo Cavichioli, Vicente Alencar
Tags Fic Teobela Isaeteo
Visualizações 20
Palavras 1.307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 100 - Quero um tempo!


Fanfic / Fanfiction Você é a tradução do que é o amor. - Capítulo 100 - Quero um tempo!

Depois que isa sai do quarto,fica um bom pedaço a trás da porta chorando,pois não conseguia acreditar no que ele havia falado pra ela.

__ As horas se passam e já amanhece _

O dia estava ensolarado,téo já havia se levantado,ele iria embora da casa da isabela,por mais que esteja arrependido por ter tratado ela daquele jeito,ainda amava.

_Bom dia teozinho.diz ofélio

_bom dia!

_e ai dormiu bem?

_nem conseguir dormir,ontem falei coisas horriveis pra isabela.

_desafinou e ela?

_me deu um tapa,pensa numa menina da mão pesada.

_hum,os dois parece duas crianças.

_duas crianças que se amam e fazem filhos,é isso ofélio?

_você entendeu,o que tô querendo dizer,bom vamos nos levantar,vai fazer o que hoje?

_vou arrumar a minha mala,pra sair ainda hoje desse castelo e passar no apê pra pegar o resto das minhas roupas,aproveita leva logo as suas,vai ficar comigo lá,vou te colocar no quarto de hóspede.

_você tá falando sério?

_sim,passei a noite toda pensando e já está mais que decidido.

_então tudo bem,vou te ajudar,vamos que horas?

_daqui a pouco.

__Enquanto isso no quarto da isa ___

Isabela estava dormindo,devido o que aconteceu ontem,ela foi dormir já quase de manhã,rebeca entra no quarto da filha e ver ela dormindo e diz

_minha filha!tá sofrendo tanto.

Logo dá um beijo nela e sai,ela sente aquele carinho e sorrir.

Na sala estava otávio e rebeca diz

Rebeca desce e encontra otavio e

_Bom dia amor!

_Bom dia,dormiu bem?

_sei lá,a isa e o téo não estam mais se entendendo,ontem tiveram uma DR,naquela hora,ele levou ela pra escolher a casa dos dois,só que a isa disse que não ia se casar,pra morar com ele lá.

_hum,a isa tem que puxar né?

_ isso serio!

_ eu sei,desculpas!mas tem que concordar que me deu uma canseira,compra casa,não compra,ainda quero ter a nossa casa,essa é da isa,daqui a pouco a manu também se resolve.

_hum,minhas filhas,quero tanto que elas se entendem.

_calma,ela tá chegando,no próximo final de semana,vamos para o aniversário do pedrinho,ai você conversa com elas.

Alguns minutos téo chega junto com ofélio

_Bom dia!

_Bom dia téo,vai viajar?pergunta otávio

_não,tô indo embora!

Os dois se entreolham e rebeca pergunta

_ os dois terminaram?

_ Não,só que pra me já deu,a isa me trocou por essa casa,então que ela seja muito feliz.

_deixa eu conversar sozinho com o téo.diz otávio

_ofélio,leva as minhas coisas para o carro,daqui a pouco vou.

Ele sai pra colocar as malas no carro e Rebeca sobe pra ir até o quarto da filha.

__então,o que você quer falar?

_cara,eu sei que é dificil,a rebeca me deu uma canseira,nesse negocio de casamento,comprar casa e tal,mas o nosso amor,superou tudo isso.

_A isa não me ama,do mesmo jeito que amo ela,sabe só queria construir a nossa vida,só nós dois e os nossos filhos,ter o nosso cantinho,mas ela preferiu essa casa,eu não quero morar aqui.

_hum,entendo!eu também quero meu cantinho com a rebeca.

__Quarto da isa__

Rebeca chega no quarto da isa e bate.

Toc toc.

_pode entrar.

Ela estava terminando de se arrumar

_filha,dormiu bem?

_mas ou menos.

_isa,o téo vai embora daqui,ele já está com as malas arrumadas.

_porque?ele não pode ir para o apê,cadê ele?

_lá em baixo,o otávio pediu pra conversar com ele.

_eu vou lá!

Ela sai do quarto e da escada já encontra os dois sentados conversando.

_Bom dia!

_Bom dia isabela!

_podemos conversar?

_vou deixar os dois a sós.

_o que você quer falar?

_você vai embora?

_sim,vou sair do seu castelo princesa,o bobo da corte cansou de bancar o palhaço.

Ela se aproxima dele e diz

_não fala isso,assim me magoa ainda mais.

_isabela,eu quero te pedir perdão por ter falado com você daquele jeito,não merece uma pessoa que te maltrate com palavras,quero também agradecer por ter deixado fica na tua casa esses dias,esse é um cheque das dispesas que causei.

Ele pega o cheque e entrega a ela,mas não recebe e diz

_não precisa,eu fiz isso por que te amo e faria tudo de novo.

_bom,pensei a noite toda e quero te pedir um tempo pra nós,de uns tempos pra cá,não estamos mais nos entendendo e só estou fazendo você sofrer.

Ele pega na mão dela,a mesma apenas chora pois não queria que nada daquilo estivesse chegado aquele ponto e pergunta

_é por causa da casa não é?tá terminando comigo por causa disso?

_não tô terminando,só quero um tempo,pra organizar a minha vida,eu não quero que sofra por mim mais.

_téo...não me ama mais?

_eu te amo,minha marrentinha,sempre será o amor da minha vida,eu amo dois também,papai só quer um tempo.

Ele beija a barriga dela e a mesma acaricia os cabelos dele,por impulso ele se levanta com dificuldade e abraça ela,os dois ficam ali abraçados por um bom tempo,ela olha pra aliança e tira e o entrega.

_ fica com ela,só quero um tempo,eu amo você,nós precisamos desse tempo,aconteceu muitas coisas,a qual desgastou o nosso relacionamento.

Ela apenas fica calada e por impulso beija ele,um beijo calmo de despedida e sussurra.

_Eu te amo!

Ele volta a se sentar e coloca o cheque em cima da mesinha de centro e sai s olhar pra trás.

Isabela fica parada ali no centro da sala,ela olha pra trás e as lágrimas caem.

Ele vai para o jardim e encontra ofélio e diz.

_vamos!

Ele abre a porta do carro e téo entra,alguns segundos,o carro sai da mansão e segue seu destino.

Na sala isabela se encontrava chorando,ela pega o cheque e rasga,rebeca encontra ela e pergunta

_filha,cadê o téo?

_ele foi embora de novo,ele pediu um tempo.

Rebeca abraça a filha e diz

_logo tudo vai se resolver.

_mãe,eu quero voltar para o litoral.

_tudo bem!quer ir quando?

_ainda hoje.

_tudo bem!vamos vou te ajudar com as malas e o aniversário?

_depois resolvo isso.

_ok,não vou te obrigar.

As duas sobem,para o quarto,pois ainda hoje isabela iria para o litoral novamente.

_ tem que ligar para o caseiro,avisar que vou voltar.

_ tudo bem peço a a laura pra fazer isso.

__ Horas depois no apê___

Ofélio chega no apê e estaciona o carro e pergunta

_vem comigo?

_sim!

Ofélio desce do carro e ajuda téo pra descer e os dois entram no elevador, quando chegam no 22 andar,ofélio abre a porta e ele entra,vai até o seu quarto,pega a mala e o ofélio tira as suas roupas e coloca dentro da mala,quando já esta tudo organizado,ofélio desce sozinho pra deixar a mala,téeo fica sozinho dentro do apê relembrando os momentos que passou dentro dele.

(_vivi momentos especiais aqui,fiz amor com a mulher da minha vida.)pens.do téo

Ele entra na suite e ver a foto dela e diz

_vou te levar comigo,você vai fica na minha nova suite,eu te amo isabela.

E chora sentindo o perfume dela dentro daquele quarto,olha pra cama e se lembra das noites de amor que tiveram,alguns segundos ofélio chega e pergunta

_o que foi téo,tá sentindo alguma coisa?

_não!pega esse quadro e leva ele,vou guardar ele.

_ok!

Téo vai até a cama e pega o travesseiro e senti o cheiro dela,que ainda estava ali e diz

_vou sentir muitas saudades desse perfume.

Logo ele sai e fecha a porta com a chave,ofélio já o aguardava pra ir para a nova casa,os dois descem e segue para o estacionamento.

__ Enquanto isso na mansão ___

Isabela estava se arrumando,pois iria ainda hoje para o litoral.

_Laura e sandro,pode acompanhar a isa de novo para o litoral?pergunta rebeca

_claro,mas é quando?pergunta laura

_agora!o téo pediu um tempo,ela então resolveu passar esse tempo por lá.

_mas esse dois hein?não se entendem mais.

_pois é tomara que as crianças nascem logo,pra ver se resolve alguma coisa.

_ok,só vou me arrumar,já venho.

Isabela já havia descido e pergunta

_e ai eles vão?

_sim,só vão se arrumar.

Isabela já estava mais calma,ela não podia se alterar por conta da gravidez.

_ mãe já ligou para o caseiro?

_ me esqueci!

_ deixa,acho que ficou do mesmo jeito que deixei da ultima vez.

_ mas é bom ligar filha.

_ tudo bem!

Ela pega o telefone e disca o número.

...chamando..chamando..

_ seu josé,aqui a é a isabela,tô indo passar uns dias ai,deixe tudo organizado.

_ ok senhorita.(josé)

Ela encerra a ligação e diz

_ pronto já está avisado.

__ Enquanto isso na mansão C .__

A decoratora da casa do téo já havia começado a decorar a casa,os dois chegam e já se instalam,o escritório era o único que estava completo por enquanto,algumas coisas ainda faltavam colocar.

___ Horas depois,12h da manhã ___

Já era meio dia,quando isabela sai da mansão rumo ao litoral,pois iria passar o tempo,que ele havia pedido no relacionamento por lá.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...