História Você é como um sonho pra mim - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Restart
Personagens Koba, Pe Lanza, Pe Lu, Personagens Originais, Thomas
Tags Romance
Exibições 13
Palavras 1.543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oieeeeee volteiii
gente sei ue tem tempo ñ apareço por aki. Estava sem computador.
Mas agora ja consegui arrumar o meu e vou atualizar a fic sempre ue possivel.
espero ue gostem.
bjsssss

Capítulo 5 - Você?!


Fanfic / Fanfiction Você é como um sonho pra mim - Capítulo 5 - Você?!

 

POV PEDRO

Depois uma noite mal dormida, acabei levando mais cedo do q o normal,fiz minhas higiene e fui em direção a cozinha, minha mãe levou um susto na hora em q me viu de pé tão cedo:

- De pé assim tão filho? Q milagre.

-Para mãe, não consegui dormir direito.

-Quero é novidade, vc ñ tem dormido bem esses dias.

-É verdade.- me sentei na mesa e servi um pouco de suco.

-Como vai seus namoro com a Gabriela?- Ela me perguntou, respirei fundo antes de responder, acho q é pq meu namoro com a Gabi ñ vai muito bem, estamos brigando muito ultimamente.

-Vai bem eu acho.

-Acha?

-É acho, estamos brigando muito, to ate evitando falar com ela, brigamos a uns dias pra traz, acho q a gente já deu tudo o q tinha q dar.

-Ñ queria falar, mas acho q vc e Gabriela ñ dão mais certos juntos, brigar assim ñ é saudável pra um relacionamento.- Fui obrigado a concordar com minha mãe. Terminei meu café e voltei para meu quarto. Fique deitado la quase q o dia todo.

Por volta das 15:00, me levantei e fui tomar um banho demorado. Sai do banheiro e vesti uma bermuda preta, camisa branca chinelos e meu boné. Fui para a sala e meu pai estava vendo TV, me sentei ao seu lado, sem presta muita atenção no q estava passando.

-Ta tudo bem?

-Não, ultimamente as coisas ñ andam bem pro meu lado.

-Quer conversar?

-É que ...- Fomos interrompidos pela minha mãe entrando na sala:

-Pedro vc ñ vai sai sai amanha ñ né?

- Vou ñ mãe.Pq? 

-Nada so q vamos ter um jantar aki em casa amanhã.- Achei estranho ela me perguntar aquilo, mas achei melhor nem dar importância. Me levantei e fui ate meu quarto, ia pegar meu violão e minha carteira, abri a carteira e peguei uma coisa q ñ via a um tempo, a aliança q usava quando namorava com a Angel. Sinto tanta falta dela, ainda me lembro do dia q ela me disse que ia embora, do nosso ultimo abraço, do nosso ultimo beijo,da sua boca macia, da ultima vez q nossos olhares se cruzaram, foi quando ela embarcou para New York.

Peguei meu violão e decidi ir ao parque q a gente ia quando éramos crianças, foi la q eu dei um selinho nela quando ainda tínhamos 9 anos de idade, parece meio louco mas foi muito inocente pois éramos crianças. Sai e fui em direção ao parque. Chegando la me sentei em um banco qualquer  e comecei a dedilhar umas notas no violão, quando estava terminando escutei uma voz q me fez gelar por inteiro, fiquei arrepiado quando escutei sua voz, levantei o olhar e a vi parada ali.

POV Angel

Não consegui me segurar e disse:

-Pedro q musica linda.- Ele ficou parado me olhando, sem dizer uma so palavra- Ah q isso vai dizer q ñ se lembra de mim?

-Angel? Eu ñ acredito q é vc- Ele colocou o violão no banco e se levantou, mas continuou parado de pé.

-Cadê meu abraço?- Eu disse abrindo os braços e ele veio em minha direção com o sorriso q mais amo nesse mundo e me abraçou, seu perfume era maravilhoso.

-Quando vc chegou?- Ele perguntou saindo do abraço

-Cheguei hoje de manhã.

- Caramba  vc ta muito diferente, ta mais linda- Fiquei vermelha na hora em q ele disse isso

- Obrigada.- Sorri sem graça.

-Quer dar uma volta? Pra gente conversar melhor.

- Claro, vamos.

Fomos caminhando pelo parque ate q avistei a arvore onde sempre ficávamos depois da aula, finais de semana ou ate quando ñ tínhamos nada pra fazer.

-Ownn Pedro olha

- É..é a arvore onde costumávamos ficar e onde eu te beijei e te pedir pra namorar.- Ele disse fitando o chão com um sorriso no rosto

- Ainda tenho minha aliança, sabia?

-Eu tbm tenho, a minha esta aki na minha carteira comigo.

-Serio?

-Sim, olha- Ele disse e tirou a carteira do bolso, pegando a aliança logo em seguida.

Sorri ao ver a aliança e puxei meu colar no qual a aliança estava pendurada e mostrei pra ele q tbm sorriu ao vê-la.

-Vem vamos sentar la na nossa arvore, temos muito o q conversar. Ele me puxou em direção a arvore sem me dar tempo para responder, me sentei, ele colocou o violão de lado e se deitou colocando a cabeça na minha perna e disse:

-So pra ñ perder o costume, de deitar na sua perna.

-Okay.

-Faz cafuné?- ele disse tirando o boné

-Vc  ta muito folgado.

-Sempre fui, vc me conhece desde pequeno e sabe como sou.

-Verdade, mas mudando de assunto, sua mãe convidou eu e a minha mãe pra jantar na sua casa amanha

-Ata, então é por isso q ela me perguntou se eu ia sair amanha.

Continuamos conversando sem ver o tempo passar, estava anoitecendo e decidir ir para casa,Pedro queria me levar em casa mas recusei, achei melhor ir de taxi mesmo.

Cheguei em casa e fui direto pro meu quarto, entrei no banheiro me despi e entrei em baixo do chuveiro deixando a água molhar meu corpo por inteiro. A sensação de ter o encontrá-lo novamente, e saber q mesmo se passando tanto tempo assim ele ainda guarda e se lembra do q fomos no passado um para o outro. Ele me contou q estava namorando, confesso q senti uma pontinha de ciúmes quando ele falou, mas parece q pelo o q ele me contou o namoro ñ vai bem e ele esta pensando em terminar com ela.

Sai do banho e vestir uma roupa qualquer, fui para cozinha e fiz algo rápido para comer. Fiquei vendo TV e as minhas redes sociais ate quase a hora de ir dormir.

-07:00AM-

Acordei bem cedo, hj ia pegar meu carro. Me levantei e fui para o banheiro e tomei um banho,sai e vestir uma calça rasgada com blusa de bolinha e meu vans rosa. Arrumei minha bolsa com tudo q ia precisar. Fui para a cozinha e fiz meu café, comi e lavei tudo. Terminei de me arrumar e chamei um taxi. Fui em direção ao local onde iria pegar meu carro.

Depois q peguei meu carro fui em direção ao ateliê. Chegando la subi direto pra minha sala, e comecei a resolver tudo pra inauguração.

POV Pedro

Novamente passei a noite em claro, mas dessa vez, ñ conseguir dormir pq ela ñ saia da minha cabeça, ñ teve um só momento q parei de pensar nela desde o momento em q a vi no parque.

Me despertei dos meus pensamentos, com o despertador tocando, me levantei e tomei um banho, hj era dia de ir ao estúdio. Sai do banho enxugando meu cabelo. Meu celular apitou, era mensagem da Gabriela, ela estava perguntando do jantar, ñ acredito nisso, como ela ficou sabendo, tenho certeza de q foi a minha mãe q convidou ela. Desmarquei com ela, disse q o jantar havia sido cancelado e qualquer coisa eu avisa pra ela. Terminei de me vestir e fui tomar café e fui em direção ao estúdio.

POV Gabriela

Leni havia me convidado pra um jantar na casa dela e é claro q eu aceitei, Pedro e eu ñ andamos muito bem um com outro, estamos brigando muito. Mas isso ñ me impede de ir ate la. Aconteça  o q acontecer Pedro e eu sempre vamos ficar juntos e outra ELE É MEU!!

Mandei uma mensagem para ele perguntando sobre esse tal jantar e ele me disse q havia sido cancelado, mas tenho certeza q ele so falou isso pq ñ quer q eu vá, mas ele esta muito enganado, se acha q ñ vou aparecer la hj, ele esta muito enganado. Eu vou e ninguém vai me impedir.

POV Angel

Sai do ateliê mais cedo e fui ate um salão fazer minha unhas, pq estavam horríveis, e acabei fazendo meu cabelo tbm. 

Sai do salão  e fui direto pro meu apartamento precisava tomar um banho e me arrumar, minha mãe ia para lá, íamos juntas para a casa dos Lanza. 

Cheguei em casa e minha mãe já estava lá. Tomei um banho rápido, fiz uma make leva e comecei a me arrumar, vestir um vestidinho florido e uma sapatilha preta.

Chegamos no prédio e o porteiro nos anunciou,subimos e eu toquei a campanhinha. Fomos recebidos pelo Pedro, ele estava ainda mais lindo do q ontem quando nos vimos.

Cumprimentei a todos, a filha da Miih é muito fofa. 

Estávamos na sala e o Pedro me chamou pra ir ao quarto dele, eu aceitei.

Ele me mostrou os prêmios q ele tinha e eram bastante. O Restart fez mesmo um grande sucesso. Estávamos conversando quando escutamos a Leni chamando o Pedro. E fomos para a sala.

POV Pedro

Me arrumei completamente, estava muito ansioso pra vê-la.

A companhia tocou e fui correndo atender era ela, ela estava linda [...]

A levei para o meu quarto queria conversar com ela a sós, mas ñ deu muito certo fomos interrompidos pelo minha mãe me chamando. Fomos para a sala ñ acreditei quando cheguei lá, o q ela estava fazendo aki eu havia desmarcado com ela.


Notas Finais


Então o q acharam????
Comentem..
bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...