História Você é linda sorrindo - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chen, Personagens Originais, Xiumin
Tags Amizade, Amor Juvenil, Drama, Escolar, Romance
Exibições 38
Palavras 967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - HaNi ótima amiga


-Você se senti melhor agora? - Xiumin perguntar passando a mão na minha cabeça. 

-Sim, obrigada. - eu falo

-Não vou lhe obrigar a fala nada, mas quando quiser chorar basta vim até mim.

Aquilo foi meio inesperado, ele parecia preocupado comigo, não sabia o que falar. 

-Oh sim, obrigada. 

-Vamos tá ficando tarde. 

[...]

Quando cheguei em casa minha vó estava na sala.

-Aconteceu alguma coisa minha filha? Você parece machucada. - minha avó pergunta. 

-Não vovó, a aula de ed. física foi cansativa hoje. - mentir 

-Vá descansar então. Ah seu pai ligou, disse para você ligar para ele.

-Tá bom.

Fui  pro quarto, queria muito fala com meu pai, mas não tinha condições de ligar pra ele nesse momento. Estava tão cansada que assim que deitei na cama dormir. 

[...]

Não queria ir pra escola hoje, queria algum motivo para não ir. Mas se eu faltasse meu pai logo saberia que tem algo de errado, e eu não quero que ele fique sabendo. Então me arrumei e fui pra escola. 

Quando cheguei na escola Baek estava no portão de entrada, só que dessa vez ele não estava com aquele sorriso brilhante, mas sim sério como nunca tinha visto. 

-Oi Baek. - eu falo

-Já fiquei sabendo o que fizeram com você e HaNi. - ele fala sério. 

-Tá tudo bem Baek. 

-Não, não está! Xiumin disse que deveria ficar perto de vocês para evitar esse tipo de situação. 

-Não precisa, eu estou bem.

-Não fasso isso porque Xiumin pediu, mas sim porque és minha amiga.  

-Obrigada Baek. 

-Vamos pra sala. 

-Não espera, vamos esperar a HaNi. Não quero que ela entre sozinha. 

-Não se preocupa o Chen disse que ia vim com ela. A casa dela fica no caminho da dele. 

-Sério? 

-Sério. Vamos pra sala agora.

-Tá bom então. 

Quando entrei na sala Minah e suas amigas ficaram me encarando. 

-Vou ao banheiro Baek já volto. - queria uma motivo para sair da sala.

-Tá bom. 

Entrei no banheiro, não por necessidade, mas sim porque não queria vê Minah. Estava começando a ter sentimento de medo e nervosismo quando eu  á via. A aula já ia começar tinha que voltar pra sala, quando eu sair Minah estava bem na porta do banheiro,  logo me veio aquele sentimento de medo. 

-Então você acha que pode fugir de mim? - diz Minah passando a mão no meu rosto. - Ontem foi só o começo, não se iluda você não terá a mesma sorte de ontem, eles nem sempre estarão ao seu lado. 

-Por que você ta fazendo tudo isso? 

-Eu te avisei, fica longe do Xiumin mas você não me ouviu. 

-Você não pode fazer isso.

-Vamos vê o que eu posso ou não fazer! - Minah vai embora me empurrando. 

Meu coração estava acelerado, estava suando, aquele sentimento de medo tomava conta de mim. Voltei pra sala, lá estava Xiumin, Baek, HaNi e Chen. 

-Você demorou Yura. - diz HaNi. 

-Por que você demorou? -Baek pergunta.

-Oh porque o banheiro daqui tava lotado, então eu fui no banheiro do primeiro andar. - eu mentir. 

-Ah sim. - diz HaNi. 

Logo a aula começou e todos foram pros seus lugares. Não conseguia presta atenção direto na aula,  as palavras de Minah não saia da minha cabeça, eu queria pedir ajuda mas não sabia como. Eu estava com medo. 

O tempo passou que eu nem vi, já era o intervalo .HaNi e eu fomos para biblioteca em vez do refeitório.

-Yura você tá com medo né? - HaNi me pergunta. 

-Ontem eu realmente estava com medo, aquilo foi assustador. 

No Brasil eu sofria bullyng, mas nunca fisicamente , aquilo realmente me deixou com medo.

-Me desculpa, desde de que você começou a andar comigo...

-Não a culpa não é sua! - eu a interropo.

-Mas você não passaria por tudo isso, se você não andasse comigo.

-Não vou para de ser sua amiga HaNi. E a culpa não é sua pode ter certeza. - agora já tinha outros motivos para isso.

-Yura? 

-Sim.

-Você nunca fala de você. Já faz um tempo que nos conhecemos, mas não sei nada de você. 

-Não tenho muito o que falar de mim.

-Você não parece ser feliz. 

Acho que posso falar pra ela como realmente me sinto, e o porque eu a entendo tão bem e o meu verdadeiro motivo de está na Coréia. Ela é uma boa pessoa. 

-HaNi? Eu nunca tive amigos, você é minha primeira amiga e os garotos também. Eu e o meu oppa nascemos aqui na Coréia, mas quando eu tinha dois anos eu fui morar no Brasil, cidade natal da minha mãe. Minha mãe é brasileira e meu pai coreano, quando eu ainda era criança comecei a ouvir das outras crianças que eu era estranha e diferente, de início eu não ligava, mas depois elas começaram a fazer piadinhas sobri minha aparência, eu era considerada o patinho feio da sala muitas vezes, e com o tempo só piorava, eu mudei várias vezes de escola. Eu não tinha o padrão de beleza deles por isso sempre me sentir feia.

-Nossa sério? Eu nunca imaginei que você tivesse passado por isso. - HaNi diz surpresa. 

-Ano passado minha mãe morreu, então meu pai acho melhor me mandar pra cá.

-As pessoas de lá não tem noção de beleza,  você é uma das garotas mais linda que já conheci Yura. 

-É estranho, quando alguém diz que eu sou bonita. 

-Mas você é. Os seus olhos claro são muito raro aqui na Coréia, seu cabelo é bem claro também, sua altura e magresa é o tipo ideal de muitos garotos coreanos.

-No Brasil as pessoas sempre zombavam da minha altura e magresa. As meninas de lá tinha um corpo muito bonito e definidos com curvas. 

-Yura você é linda, pode ter certeza disso.

Me sentir tão bem em conversar com HaNi, ela é uma ótima amiga. Ficamos conversando por um bom tempo.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...