História Você é meu e eu sou seu-vkook - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Vkook
Exibições 196
Palavras 1.578
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


hello. gente amanha sai o primeiro ep, da minha nova fic de yoonmin e mais um ep dessa de vkook, vamos pra fic, espro que vcs gostem !!

Capítulo 28 - Seu perfume


Fanfic / Fanfiction Você é meu e eu sou seu-vkook - Capítulo 28 - Seu perfume

p.o.v tae

eu e o jimin fomos pra sala, e logo em seguida o suga e o kokkie entram, eu sentei com o kokkie, e o suga com o jimin, logo o professor entra, estava prestando atenção na aula, quando o kokkie me passa seu caderno, e nele estava escrito:

“ oi taetae, que tal de tarde nós fomos na sorveteria, to com saudades de passar esses tempos com você”

Eu li e escrevi pra ele de volta...

“ pode ser kokkie”

Vi o mesmo dar um sorriso de lado, gosto do sorriso dele, ele é meu coelhinho,continuamos prestando atenção na aula, passou mias 3 aulas, e bateu o sinal, eu guardei meu material, e fui no meu armário, esperei o kokkie sair da sala e deixar suas coisas e seu armário, o mesmo chegou, me deu a mão e fomos pro portão, lá estava o yoongi, e o jimin, ué cadê o hope? Acho que ele teve que sair mais cedo, os meninos disseram que teriam que ir pra algum lugar, o jimin me disse que ia me ligar assim que comprasse o presente, e eu assenti e eu e o kokkie fomos embora, chegamos em casa e fomos e eu peguei minha mala e desci, o kokkie me olha e diz

JK- não vai almoçar tae?

V- não amor, eu vou comer com a minha mãe... desculpa

JK- tudo bem.. olha se quiser desma- não deixei ele falar

V- eu vou pra casa, arrumo tudo e depois nós podemos ir pode ser- o mesmo assenti, aproximei do kokkie- tchau amor- deu selinho nele, estava saindo mais o mesmo me puxa e me beija, ele repousa suas mãos na minha cintura e eu fico acariciando sua nuca, ele pediu passagem com a língua e eu cedi, o beijo estava muito bom, mais o ar fez falta

JK- tchau meu bebe- ele me da mais um selinho, e antes de eu sair da casa, o mesmo pisca pra mim, eu fui andando mesmo, minha casa não era tão longe, cheguei, finalmente, depois de quase 4 meses, estava eu lá, na frente da minha casa, entrei e vi minha omma,ela estava vendo TV e quando me viu correu pros meus braços

Omma- taee, que saudades filho- ela me abraça e eu retribui- nunca mas faz isso, me avise quando viajar e demorar muito pra chegar

V- desculpa omma, foi por impulso, demorou mais eu consegui, agora voltou tudo ao normal-digo sorrindo- omma vou guardar minhas coisas- ela assenti e eu subi, meu quarto não havia mudado nada, eu entrei nele e joguei minha mala na cama, abri ela e comecei a guardar as coisas, passou uma hora e eu havia acabado, olhei no relógio e marca 15:20 no mesmo, fui tomar um banho, quando acabei coloquei uma calça de couro, uma blusa branca de marca curta com botões na frente e meu all star branco, arrumei meu cabelo, passei um perfume e escovei meu dentes, fui na cozinha e como sempre, toda vez que eu ia ao mercado eu comprava uma caixa de chiclete de menta, e lá estava ela, peguei um, minha chaves, dinheiro, fui em direção a sala e minha omma me viu

Omma- a onde vai tão gato?

V- eu vou sair com o kokkie, vou voltar depois das 10:00, mais eu virei dormir aqui- de um beijo na testa da mesma e me despedi, fui em direção a casa do kokkie, chegando lá eu toquei a campanhinha, e depois de alguns minutos a hyuna atende

Hyuna- oii tae, não sabia que viria entra- ela diz dando passagem para eu poder entrar

V- a sim eu e o kokkie vamos dar uma volta- digo sorrindo

Hyuna- bom ele esta tomando banho.. pode subir- assenti e subi as escadas, chegando lá bati na porta e ninguém respondeu, foda- se, entrei e me joguei na cama dele, o mesmo estava tomando banho então eu fiquei deitado na cama dele..

P.o.v kokkie

O tae tinha ido, então eu fui fazer algo pra eu comer, preparei tudo, e depois comi, limpei a cozinha, e subi, deitei na cama e adormeci, acordo e já era 14:58, descido tomar um banho, eu acho que daqui a pouco o tae deve estar ai, entrei no boxe e comecei a tomar meu banho, estava tão bom, desliguei o mesmo, e me sequei coloquei a toalha na minha cintura chegando lá eu vi um alien em cima da minha cama, totalmente folgado

JK- nem é folgado você- digo rindo

V- eu imagina- ele ri colocando a cara no travesseiro, que fofo, vejo ele respirar fundo- eu nunca vou me cansar de seu perfume kokkie- ele diz respirando fundo de novo, sorrio, ele estava tão fofo, vou no meu armário pego uma Box e minha roupa, coloco minha Box, e vejo que o tae tira a cabeça do travesseiro e fica me encarando, ele morde os lábios, a taetae faz isso não, acabo de me troca, arrumo meu cabelo, passo um perfume, e escovo meus dentes, vi que o mesmo ainda estava deitando

JK- vamos amor?

V- vamos- ele levanta

JK- mas antes...- eu o beijo, desço minhas mão até a cintura do tae, e o mesmo pedi passagem, ele acariciava minha nuca, as vezes ele dava uns puxões, e eu apertava sua cintura, infelizmente o ar fez falta, demos um selinho demorado e descemos, encontrei minha omma, na cozinha e avisei a mesma que eu e o tae estávamos de saída, peguei minhas chaves e fomos pra porta, fechei a casa, e dei a mão pro tae, íamos a pé queríamos aproveitar, fomos andando de mãos dadas, e então quando percebemos havíamos chegado, nós entramos e eu pedi uma casquinha de menta e o tae de limão, eu paguei ele ficou bravo, mas eu convenci ele, pegamos o nosso sorvete e fomo pra uma pracinha bonitinha cheia de flores, com um lago, e um banco, era primavera então havia algumas folhas no chão era tão bonito, sentei com o tae e ficamos observando a paisagem..

V- kokkie, posso experimentar seu sorvete- ele pedi manhoso

Jk- claro bebe, toma- ele pegou um pouco- gostou

V- é muito bom amor- ele diz sorrindo- experimente o meu- Eu peguei um pouco, e comi estava mesmo bom,

Jk- é bom- digo com um sorriso- acabamos nosso sorvete e o tae deitou a cabeça na minha perna, e ficou brincando com meus dedos

V- eu te amo tanto meu coelhinho- ele diz abrindo um sorriso

Jk- eu também meu bebe, te amo muito- digo dando um selinho no mesmo, estava quase anoitecendo então conseguimos ver o por do sol, foi realmente lindo, então decidimos voltar pra casa, chegando lá, subimos pro quarto, e o tae literalmente se jogou na minha cama, eu deitei com ele,e fiquei fazendo cafuné no mesmo, ele estava com seus olhinhos fechados e suspirava, tão meigo, o tae do nada recebe uma mensagem e começa mexer no cel, sem me dar nenhuma atenção.. ele não deixava eu ler eu já estava ficando um pouco.. irritado..

P.o.v tae

O kokkie estava fazendo cafuné em mim, estava tão bom, suas mãos macias em meu cabelo, e seus carinhos no meu rosto, adoro esse jeito dele, estava quase dormindo quando meu celular apita, olho e vejo que é uma mensagem do jimin:

Jm- oiie tae consegui achei o Kumamon pra ele

V- iai comprou??

Jm- simm, ai estou com medo, você acha que ele vai gostar?

V- não..

JM- *-*

V- ele vai amar ainda mais vindo de você

Jm- eu espero que sim

V- bobo

Jm- bom eu vou ter que sair, amanha eu falo com você na escola

V- okay

JM- tchau

Jimin off*

Você off*

Vi que o kokkie olhava pra mim com um pouco de raiva, eu acho que é por que não estou dando atenção pra ele, e por que eu não deixo ele ler a conversa, mais é que.. o jimin não quer que eu conte a ninguém então..

V- amor- ele não me respondeu- kokkiee- vácuo- olha pra mim porra- digo puxando seu rosto pra ele olhar pra mim

Jk- o que você que.. volta pro celular-ele vira cara... ele ficou mesmo chateado

V- amoor- digo manhoso- desculpa

JK- não eu não te desculpo- diz ele fazendo bico

V- a por que?

JK- por que não

V- mas por que não é resposta

Jk- foda-se pra mim é- sento no seu colo, e o beijo, eu peço passagem e é cedida, coloco as minhas mãos em volta do seu pescoço, e o mesmo na minha cintura, ficamos nos beijando, até que meu bateu um sono

V- você perdoa o taetae- digo fingindo estar triste

JK- aff, eu sim, eu te perdoo- eu sorriu e abraço o mesmo, desço pro seu pescoço onde dou um beijinho e depois e respiro seu perfume..

V- tão bom- eu coço meus olhinhos

Jk- ta com sono bebe?

V- sim me põem pra dormir daddy

JK- vem aqui vem- ele me puxa coloca minah cabeça em seu peito, e fica fazendo carinho em mim, me da um beijo na testa, e eu durmo..

“Ultimamente eu tenho pensado, sobre o que nós tivemos

Eu sei que foi difícil, isso é tudo que sabemos, yeah

Você já bebeu para fazer a dor ir embora?

Eu queria que eu pudesse te dar tudo que você merece

Pois nada nunca poderá substituir você

Nada pode me fazer sentir como você faz”


Notas Finais


gostaram? comentem aqui em baixo sobre o que vcs estão achando! e se eu devo continuar o parar com a fic bjss <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...